Partilhar

Alergias alimentares mais comuns em adultos

 
Por Sara Viega. Atualizado: 4 julho 2017
Alergias alimentares mais comuns em adultos

Os alimentos são necessários diária para uma nutrição adequada e, por sua vez, para que as diferentes partes do nosso corpo funcionem corretamente. Contudo, algumas pessoas respondem mal ao consumo de certos nutrientes e alimentos dentro da sua dieta. Esta resposta negativa é conhecida como alergia alimentar e é produzida quando o sistema imunológico de uma pessoa não responde do jeito normal ao ingerir alguns alimentos, produzindo sintomas e reações nocivas para a pessoa que sofre deste transtorno. Por esse motivo, este artigo do umCOMO explica quais são as 5 alergias alimentares mais comuns em adultos, assim como os seus sintomas principais.

Também lhe pode interessar: Alimentos que mais causam alergia

O ovo

O sistema imunológico de algumas pessoas reage negativamente quando entra em contato ou quando consome ovos. Esta alergia alimentar é produzida em pessoas que desenvolvem anticorpos chamados imunoglobulina E (IgE) no seu corpo, respondendo de uma forma adversa à proteína dos ovos. A alergia alimentar ao ovo é muito comum em crianças desde os 12 meses até aos 5 anos e costuma apresentar com antecedentes familiares, alergia a produtos ou dermatite atópica. A alergia alimentar ao ovo pode continuar depois da criança crescer ou diminuir, mas em muitos caos é provável que aumente ao crescer. Contudo, esta reação negativa pode aparecer em adultos que antes não mostraram sintomas, sendo uma das mais frequentes que surgem desse jeito.

Os sintomas da alergia ao ovo incluem:

  • Coceira na boca e/ou na garganta
  • Vermelhidão na pele
  • Inchaço dos lábios e das pálpebras
  • Diarreia, vômitos e dor abdominal
  • Dificuldade respiratória
Alergias alimentares mais comuns em adultos - O ovo

Peixe e marisco

A alergia alimentar ao peixe e marisco é produzida quando o organismo desenvolve anticorpos chamados Imunoglobulina E ou IgE específica para que, quando se consomem este tipo de alimentos, o sistema imunológico tenha uma reação adversa.

Uma das alergias alimentares mais comuns em adultos é o marisco, embora também surja em crianças. A alergia ao peixe começa nos primeiros anos de vida, podendo durar toda a vida.

Os sintomas mais comuns da alergia ao peixe e marisco são os mesmos ou muito semelhantes aos da alergia ao ovo. Estes sintomas costumam ocorrer quando os alimentos são consumidos ou mesmo quando o vapor do cozimento do marisco é inalado, assim como tocar nas partículas presentes no peixe ou marisco, especialmente nas escamas, cascas e em restos.

Alergias alimentares mais comuns em adultos - Peixe e marisco

Leite e produtos lácteos

A alergia alimentar ao leite e outros produtos lácteos é produzida pelo desenvolvimento da imunoglobulina E específica para reagir de maneira adversa às proteínas que são encontradas nos nutrientes deste tipo de alimento. A alergia alimentar ao leite costuma ser provocada pela lactose e, normalmente, tem antecedentes familiares, ou seja, é transmitida geneticamente de pais e mães para os seus filhos, podendo também ser provocada por fatores ambientais. A intolerância à lactose é muito mais frequente, mas não implica a existência de antecedentes familiares.

Este tipo de alergia surge durante o primeiro ano de vida das crianças. Embora esta alergia possa desaparecer no decorrer dos seguintes três anos, também é uma das alergias a alimentos mais comuns em adultos. Os sintomas da alergia alimentar ao leite são os seguintes:

  • Reações cutâneas (urticária e coceira)
  • Coceira e vermelhidão na pele.
  • Edemas em zonas como os lábios e as pálpebras.
  • Dor no estômago.
  • Vômitos e diarreia.
  • Dificuldade em engolir.
  • Rinite ou asma (menos frequentes).

Estes sintomas podem piorar com o consumo de álcool, se o adulto segue algum tratamento com medicamentos ou se faz muito exercício.

Verduras e frutas

A alergia alimentar às verduras e frutas é uma das mais comuns nos adultos, sendo 33% deles alérgicos às frutas e 7% às verduras. Este tipo de alergia costuma ser provocada por antecedentes familiares, fatores meio-ambientais e alimentares e presença de pólen na zona.

No caso das frutas, as que mais alergias alimentares provocam são as que têm uma cor rosa, como o melão (sendo a fruta mais alérgica), o damasco, as cerejas, as peras, os morangos, entre outras. No caso das verduras, as alergias alimentares mais comuns são provocadas pelas hortaliças como a cenoura, a alface, o pimentão, o tomate ou a berinjela.

Os sintomas desta alergia alimentar mais comuns em adultos são:

  • Coceira em diferentes zonas do corpo
  • Inchaço da língua e lábios
  • Eritema labial, manchas vermelhas ou aparecimento de urticária na pele.
Alergias alimentares mais comuns em adultos - Verduras e frutas

Frutas secas, cereais e leguminosas

As reações adversas provocadas pela resposta do nosso sistema imunológico ao consumo de frutas secas, cereais e leguminosas é uma das alergias alimentares mais comuns em adultos, mas também em crianças. Os sintomas da alergia a frutos secos, cereais e leguminosas costumam ser muito semelhantes aos sintomas de outras alergias alimentares como ao leite e às verduras.

Neste grupo de alimentos, o que provoca menos alergias alimentares são os cereais, sendo mais frequente em crianças e podendo até desaparecer durante o crescimento. Contrariamente, as leguminosas podem provocar mais reações alérgicas, sendo muito comuns em países do Oriente, especialmente na Índia. As leguminosas que costumam provocar mais alergias são a soja, as ervilhas, o grão de bico, as lentilhas e a vagem.

Em relação às alergias alimentares provocadas pelos frutos secos, as mais frequentes costumam surgir com os amendoins, as avelãs, as nozes e as amêndoas, sendo muito comum nos adultos dos países anglo-saxões.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Alergias alimentares mais comuns em adultos, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Alergias alimentares mais comuns em adultos

O que lhe pareceu o artigo?

Alergias alimentares mais comuns em adultos
1 de 4
Alergias alimentares mais comuns em adultos

Voltar ao topo da página