Partilhar

Causas da hiperidrose

Por Redação umCOMO. Atualizado: 16 janeiro 2017
Causas da hiperidrose

O suor excessivo ou hiperidrose ocorre quando uma pessoa sua de forma excessiva e de forma aparentemente espontânea, ou seja, sem que as temperaturas tenham subido ou sem que o nervosismo tenha provocado o aparecimento de suor (situações normais nas quais todo o mundo suaria de forma mais abundante do que o normal). As pessoas que sofrem deste problema tendem a molhar a roupa de suor, algo que pode provocar uma situação de vergonha ou estresse social. Por este motivo, em umComo vamos revelar algumas das causas da hiperidrose para que possa entender a origem deste problema e começar a tratar dele o quanto antes.

Também lhe pode interessar: Como tratar a hiperidrose
Passos a seguir:
1

O suor é um processo normal para que o nosso corpo possa transpirar e, assim, manter uma temperatura corporal equilibrada. Mas quando este processo se torna excessivo é quando falamos de hiperidrose ou suor excessivo. O que acontece quando suamos é que a pele libera líquidos pelas glândulas sudoríparas e, desta forma, consegue que o nosso corpo se mantenha a uma temperatura aproximada de 37 graus.

Graças ao suor, o nosso corpo refresca a pele e, por este motivo, quando suamos temos uma sensação de calor porque neste momento a temperatura aumenta para expulsar o excesso de líquido e equilibrá-la. As glândulas que liberam o suor se encontram nas mãos, no rosto, nas axilas e nas solas dos pés.

Causas da hiperidrose - Passo 1
2

Para conhecer as causas da hiperidrose é importante que saiba que existem dois tipos desta doença: a primária e a secundária. A primária (também conhecida como "focal") é a que se produz principalmente nas axilas, cabeça, rosto, pés e mãos.

Este tipo de suor costuma ser hereditário e começa a ser notado durante a infância; a causa exata deste problema é muito difícil de conhecer, já que intervêm fatores genéticos e pode ocorrer sem outro tipo de desencadeante. O único fator que se conhece é que as glândulas sudoríparas têm hiperatividade e, por este motivo, aparece o excesso de suor.

Causas da hiperidrose - Passo 2
3

No entanto, quando existem causas para o suor excessivo então falamos do segundo tipo desta doença (que além de "secundária" também é conhecida pelo o nome de "hiperidrose generalizada"). Este tipo de doença costuma envolver mais partes do corpo e pode ser provocada por diferentes quadros; vale destacar entre os mais frequentes:

  • A ansiedade.
  • Estar passando por mudanças hormonais (como menopausa, menstruação, etc.).
  • Níveis de glicose no sangue desequilibrados.
  • Sofrer de tiroide hiperativa.
  • Sofrer de alguma doença cardíaca.
  • Ter câncer.
  • Tomar cafeína em excesso.
  • Alguns medicamentos também podem provocar um excesso de suor, como por exemplo, a aspirina ou alguns tratamentos antidepressivos.
Causas da hiperidrose - Passo 3
4

Para poder tratar a hiperidrose existem diferentes métodos, dependendo sempre do paciente em particular. Por exemplo, uma das formas mais habituais de aliviar estes sintomas é usar antitranspirantes de venda livre já que costumam conter sais de alumínio e, ao aplicar na pele, conseguem combater o excesso de suor bloqueando as glândulas. Este é o método mais simples para poder tratar este problema, mas existem outras formas de fazer isso.

Por exemplo, também é possível que o médico receite um medicamento oral que costuma ser recomendado para um período concreto, sem que se estenda muito no tempo já que pode provocar alguns efeitos colaterais. Este tipo de alternativa é pensada para um tratamento de choque e para controlar que as glândulas sudoríparas atuem de um modo excessivo.

Causas da hiperidrose - Passo 4
5

Mas além destes tratamentos que indicamos, saiba que também existem alternativas naturais para tratar a hiperidrose. Por exemplo, um dos métodos mais populares é usar bicarbonato de sódio para controlar o suor e, além disso, prevenir o mau cheiro gerado principalmente nos pés e axilas. Para aproveitar os seus benefícios só terá que preparar uma pasta de bicarbonato com água e aplicar na zona onde suar mais; deixe atuar por 10 minutos e retire. Repita o processo diariamente e notará os resultados.

Outro remédio é o aloe vera, uma planta cuja polpa é perfeita para reduzir o suor, além de combater a formação de fungos nos pés ou axilas. Para aproveitar as suas propriedades só terá que aplicar a polpa nas zonas com mais tendência a suar e, de preferência, fazer isso à noite para que a planta atue por mais horas.

Se quiser mais soluções deste tipo convidamos você a ler nosso artigo sobre remédios caseiros para o suor excessivo.

Causas da hiperidrose - Passo 5

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Causas da hiperidrose, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Causas da hiperidrose

O que lhe pareceu o artigo?

Causas da hiperidrose
1 de 6
Causas da hiperidrose

Voltar ao topo da página