Partilhar

Causas da secura vaginal

Por Sara Viega. Atualizado: 10 abril 2019
Causas da secura vaginal

A secura vaginal é um problema comum entre as mulheres que pode aparecer em determinadas etapas da sua vida, sendo muito frequente, especialmente, na menopausa devido à redução de estrógenos. Esta falta de lubrificação natural chega a ser um incômodo muito grande, já que pode provocar dores durante as relações sexuais e o aparecimento de outras doenças na vagina. Para saber detalhadamente o que pode originá-la, no seguinte artigo de umComo.com.br mostramos todas as possíveis causas da secura vaginal. Preste atenção e preocupe-se com a sua saúde íntima!

Também lhe pode interessar: Como tratar a atrofia vaginal
Passos a seguir:
1

A secura vaginal além da falta de lubrificação na região íntima pode dar lugar a sintomas como:

  • Dor, incômodo, ardor ou prurido na vagina.
  • Dores ao ter relações sexuais.
  • Fluxo vaginal leve.
  • Leve sangramento após as relações sexuais.

Trata-se de uma condição que todas as mulheres podem sofrer em qualquer momento das suas vidas, especialmente à medida que forem envelhecendo. No entanto, quando se torna algo prolongado é fundamental ir ao ginecologista para diagnosticar as causas e receber o tratamento adequado para cada caso.

2

A principal causa da secura vaginal encontra-se nas mudanças hormonais que a mulher sofre em momentos muito específicos da sua vida. Estas ocorrem devido a uma diminuição da quantidade de estrógenos, que são os hormônios responsáveis por manter a umidade e a lubrificação vaginal. A redução destes hormônios ocorre, em geral, em etapas como a gravidez, a amamentação ou a menopausa, fazendo com que o tecido vaginal se encolha, se torne mais grosso e, portanto, inflame e apareça a secura.

Especialmente nos últimos meses de gravidez, após o parto ou enquanto estão amamentando, muitas mulheres apresentam este problema, pois os níveis de estrógeno costumam estar abaixo do normal. Nestes casos, a secura desaparece após superar estas etapas, uma vez que os níveis hormonais voltarem à normalidade.

A secura vaginal é um problema bem mais frequente na menopausa, pois, devido à paragem da função ovárica, os níveis de estrógeno diminuem de forma considerável. Naqueles casos em que é mais intenso, é possível que seja necessária uma terapia de estrógeno vaginal prescrita em creme, comprimidos ou anel, ou a administração de estrógenos através de um adesivo cutâneo ou uma pílula. O médico ou ginecologista deve prescrever o melhor tratamento em cada caso. Se, além disso, quiser saber o que fazer perante outras condições próprias desta etapa, aconselhamos você a consultar o artigo Como amenizar os sintomas da menopausa.

Causas da secura vaginal - Passo 2
3

Além do anterior, também há outros fatores que podem desencadear a diminuição de estrógenos e a secura vaginal. Entre eles, estão alguns medicamentos hormonais como as pílulas anticoncepcionais ou os tratamentos farmacológicos utilizados no tratamento do câncer de ovário, de útero ou de mama. Assim, também se concluiu que alguns antidepressivos, antiulcerosos ou anti-hipertensivos, podem ter a secura vaginal entre os seus efeitos secundários.

Causas da secura vaginal - Passo 3
4

O estresse ou a depressão são também transtornos emocionais a serem considerados, pois provocam um aumento na liberação de cortisol no sangue, o que ao mesmo tempo provoca um desequilíbrio nos restantes hormônios. É por isso que isto pode influenciar na redução de estrógenos dando lugar à secura vaginal. Também se destacaram como fatores que aumentam as probabilidades de apresentar esta falta de lubrificação, o tabaco e o consumo de álcool ou drogas.

Causas da secura vaginal - Passo 4
5

Por outro lado, a secura vaginal é algo que pode piorar por maus hábitos de higiene íntima e o uso de produtos inadequados na região. Todos aqueles sabonetes, detergentes, desodorantes ou perfumes íntimos agressivos devem ser evitados, já que poderiam interferir diretamente na boa saúde da vagina. É importante lavar a região com um sabão específico para isso e com um pH adequado evitando as duchas vaginais, bem como fazer um bom uso de absorventes e tampões, lavar a região íntima antes e após manter relações sexuais, usar roupa íntima de algodão e não usar roupa muito justa na parte inferior. Para mais detalhes, consulte o artigo Como manter uma boa higiene íntima feminina.

Causas da secura vaginal - Passo 5
6

Por último, deve ser considerada a importância de manter o corpo bem hidratado, pois isto é fundamental para proteger e favorecer a secreção dos diferentes fluídos corporais. A falta de água no organismo pode, também, dar lugar ao aparecimento de problemas como a secura vaginal. Se esforce para beber entre 1,5 e 2 litros de água por dia e a sua saúde geral será beneficiada.

Leia também: Caroço nos grandes lábios, o que pode ser?

Causas da secura vaginal - Passo 6

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Causas da secura vaginal, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Causas da secura vaginal

O que lhe pareceu o artigo?

Causas da secura vaginal
1 de 6
Causas da secura vaginal

Voltar ao topo da página