Partilhar

Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina

Por Nídia do Carmo. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina

Sabia que a saúde da sua vagina pode variar de acordo com o que você come? É verdade, somos o que comemos e o caso da nossa vagina não é excepção à regra. As vaginas saudáveis possuem um pH naturalmente ácido, assim como bactérias boas que previnem o aparecimento de fungos e infecções. Uma alimentação adequada ajuda a manter a saúde da flora vaginal, enquanto que alguns alimentos específicos contribuem para o aparecimento de maus odores e aumentam as chances de aparecerem probleminhas lá em baixo. Se gostaria de saber mais sobre como a sua alimentação pode afetar a sua vagina, continue lendo esse artigo do umComo.

Também lhe pode interessar: Vagina latejando, o que pode ser?

Alimentos benéficos para a saúde vaginal

Sabe como a sua alimentação pode afetar a sua vagina? A nutrição afeta a saúde vaginal pois condiciona o bom funcionamento do sistema imunológico.

De forma a garantir que a sua vagina está protegida contra infecções e fungos, é essencial manter uma rica em probióticos. Os probióticos podem ser encontrados suplementos em cápsulas ou sachês, leites fermentados e iogurtes sem açúcar. As suas bactérias boas melhoram a saúde da flora vaginal e aumentam a imunidade. A sua ingestão é ainda mais benéfica quando combinada com o consumo de pré-bióticos, que podem ser encontrados em suplementos também, farinha de banana verde e batata "Yacon".

No caso de infecções como candidíase, o tratamento pode ser facilitado com gorduras do bem, encontradas em azeite de oliva, ômega 3, que podemos adquirir através da ingestão de salmão, sardinhas e atum e linhaça. O alho é um alimento igualmente benéfico no tratamento de problemas na região, aumentando a resistência as fungos com ação anti-inflamatória.

Alguns nutrientes básicos devem ser incluídos na dieta, especialmente os que aumentam a imunidade: selênio, zinco, vitamina E e biotina. Dessa forma, é importante incluir alimentos ricos em vitaminas na sua dieta, apostando em frutas frescas, legumes e grãos integrais. Beber muita água é também extremamente importante para garantir a sua saúde vaginal.

Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina - Alimentos benéficos para a saúde vaginal

Alimentos que prejudicam a saúde vaginal

Alguns alimentos prejudicam a saúde vaginal, diminuindo a imunidade e piorando as situações de infecção já instalada. Além de ingerir os alimentos benéficos para a saúde vaginal acima listados, é importante evitar determinadas comidas.

Os alimentos fermentados devem ser evitados, assim como alimentos suscetíveis à contaminação por fungos. Dessa forma, evite paçocas e doces de amendoim, milho, castanha de caju, coco ralado, queijos, cerveja, pães e cogumelos. O consumo de carne também deve ser moderado, uma vez que o animal pode ter ingerido fungos também.

Alimentos ricos em açúcares também prejudicam a saúde vaginal, pelo que devem ser excluídos da dieta os doces, bolos, chocolates, pães, tortas e balas de forma a evitar a proliferação dos fungos.

O leite comum deve ser substituído por leite de soja, uma vez que lactose pode contribuir para aumentar um fungo presente.

Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina - Alimentos que prejudicam a saúde vaginal

Como manter a saúde vaginal

Além dos cuidados alimentares, existem algumas práticas que ajudam a manter a saúde da sua vagina. Confira como pode melhorar o equilíbrio da flora vaginal:

  • Tome atenção aos medicamentos que toma. Os antibióticos, especialmente em uso prolongado, podem destruir a sua saúde íntima aumentando o risco de infecções.
  • Sempre use camisinha nas relações sexuais. Essa é a forma mais segura de se proteger contra fungos, infecções e doenças sexualmente transmissíveis.
  • Evite o uso de absorventes diários. O hábito prejudica a saúde da vagina pois dificulta a circulação e diminui a circulação de ar na região. Isso faz com que o risco de infecções e fungos aumente consideravelmente. Procure só usar absorventes, internos ou externos, durante o período menstrual.
  • Prefira calcinhas de algodão a calcinhas de tecidos sintéticos. Assim como o absorvente, a calcinha de tecido sintético não permite uma suficiente circulação de ar dando origem a problemas na região íntima.
  • Consulte o seu ginecologista regularmente, Essa é a melhor forma de proteger a saúde da sua vagina e detetar potenciais doenças graves como câncer.
Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina - Como manter a saúde vaginal

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina

O que lhe pareceu o artigo?

Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina
1 de 4
Como a sua alimentação pode afetar a sua vagina

Voltar ao topo da página