Partilhar

Como ajudar meu filho com dislexia em casa

Como ajudar meu filho com dislexia em casa
Imagem: saludalia.com

Em umComo falamos sobre como identificar a dislexia e também sobre quais são as possíveis causas que a originam. Mas, o que acontece quando temos um filho que sofre de dislexia? É unicamente dever da escola que nosso filho melhore? A resposta para esta pergunta é um não. Já que devemos atuar com nosso filho de forma coordenada com os profissionais que o ajudam, tanto na escola como fora dela. Por isso, em umComo.com.br queremos orientar você sobre como ajudar seu filho com dislexia em casa.

Também lhe pode interessar: Como ajudar o meu filho com dislexia a ler
Passos a seguir:
1

Informe-se sobre a dislexia, vá a eventos sobre a dislexia. Para ajudar, primeiro é preciso entender.

2

Lembre-se de ter uma atitude positiva para a aprendizagem de seu filho, pense que ele só precisa de um ensino diferente. Suas necessidades particulares serão atendidas por um profissional, mas tente ter uma coordenação com seus ensinos para poder seguir o mesmo trabalho em casa com seu filho.

3

Quando ajudar seu filho com os trabalhos de casa, procure um lugar tranquilo, organizado, estruturado. Faça um planejamento se for necessário, de forma visual, organizando os tempos de trabalho e os tempos de descanso conforme as necessidades de seu filho. Tenha claro como vai ajudar, deixe-o perguntar tudo o que precisar e esteja certo de que entende bem as instruções.

4

Não se aborreça se demorar mais em aprender que outras crianças de sua sala, não o compare também com algum irmão ou irmã que não apresente problemas, deixe que tenha seu próprio processo de aprendizagem, respeite-o se ele se cansar e crie pequenos descansos para ele. Repita as instruções tantas vezes quanto forem necessárias e esteja certo de que ele entende tudo.

5

Não utilize ameaças, nem implore nem castigue para que melhore seu rendimento com os deveres da escola. Você só conseguirá efeitos negativos sobre sua autoestima, seu rendimento, e que isso afete a confiança dele em você. Do mesmo modo, é bom elogiar as capacidades e pontos fortes que ele mostra, e, sobretudo, o esforço e a coragem que mostra para enfrentar sua dislexia no dia a dia, sem se esquecer da dor psíquica que pode produzir nele.

6

Apoie seu filho de forma emocional e social. Deixe claro que mesmo que no colégio ele esteja regular, sempre que você veja seu esforço, estará feliz com ele.

7

Incentive a leitura, selecione livros ou textos que sejam de seu interesse, tente que tenham muitas ilustrações e com uma letra grande. Procure um momento adequado para que seu filho leia o texto para você. Uma vez acabada a leitura de seu filho, pergunte-lhe coisas para que veja quanto entendeu da leitura. Mostre mais interesse no texto que quer pôr ênfase nos possíveis enganos que tenha tido ao ler, o importante é ter uma conversa com seu filho. Faça-o entender que apesar das dificuldades que possa ter na leitura, ele é capaz de se superar.

8

Esteja coordenado com os professores da escola e com os profissionais que estão com seu filho. Comunique-se de forma assídua com o colégio para poder detectar possíveis dificuldades e coordenar as estratégias a seguir. Não se frustre. Mantenha a esperança e o bom humor, a dislexia não é motivo para se sentir aborrecido.

9

A agenda diária é uma boa ferramenta para organizar os deveres de seu filho. Adote uma atitude ativa de apoio e acompanhamento de seu filho em seu processo educativo, mantendo vivo e muito alto o interesse, a dedicação, o esforço e o entusiasmo pela aprendizagem, bem como a confiança em si mesmo e a autoestima.

10

Deixe que seu filho se dedique a atividades de que gosta e que possa se desenvolver nelas (esporte, música, desenho...).

11

Reúna-se com outros pais que passem pelo mesmo problema, que tenham filhos com dislexia.

12

Se tiver dúvidas, não hesite em ir a um profissional para que o oriente sobre como ajudar seu filho com dislexia em casa.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como ajudar meu filho com dislexia em casa, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Escrever comentário sobre Como ajudar meu filho com dislexia em casa

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Rozeli de fatima da silva
como posso ajudar meu filho com dislexia ?
Editor umComo.com.br
Oi Rozeli! Já conferiu as dicas do texto?
ADEONE JESUS DE SOUZA
Meu filho tem 7 anos e tem dificuldade na escrita e leitura e também um pouco de dificuldade em pronunciar algumas letras

Como ajudar meu filho com dislexia em casa
Imagem: saludalia.com
Como ajudar meu filho com dislexia em casa

Voltar ao topo da página