Partilhar

Como curar uma ferida e evitar cicatriz

Por Sara Viega. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como curar uma ferida e evitar cicatriz

Quando nos machucamos, começamos a preocupar-nos com a nossa pele. Queremos que essa ferida cure rápido e não deixe marcas permanentes ou manchas que deixem o nosso corpo menos bonito ou atrativo.

Por isso é tão importante cuidar muito bem desta ferida durante todo o processo de cicatrização, e aqui falarei um pouco sobre o assunto, junto com os truques e segredos a ter em consideração para curar o mais rápido possível deixando marcas mínimas, às vezes, quase imperceptíveis.

Vale lembrar que estas recomendações são apenas para feridas leves, o joelho de uma criança, um esfolado fazendo exercício, um corte por distração, etc. Para feridas profundas ou com muito sangue deverá recorrer a um médico, pois talvez precise de pontos para ajudar a fechar a mesma e para que as consequências estéticas sejam menores. Continue lendo este artigo de umComo e saiba como curar uma ferida e evitar cicatriz.

Também lhe pode interessar: Como identificar e curar uma ferida infectada

Limpeza de uma ferida: para prevenir as cicatrizes

Assim que se ferir, é importante limpar corretamente a ferida com um antisséptico de eficiência comprovada: a água e o sabão. Assim tiramos do local a areia, terra, bactérias e sangue que possa ter.

Depois de avaliar a ferida deveremos pressionar com uma compressa de gaze esterilizada de uso medicinal, daquelas compradas nas farmácias. Nunca deve usar algodão nas feridas! Poderia sujar ainda mais e infectar. A pressão deve ser firme e constante por pelo menos 4 minutos para parar o sangramento.

Depois de jogar fora o curativo deverá colocar líquido desinfectante para feridas em abundância, pode ser álcool iodado ou água oxigenada, iodopovidona ou algum outro conhecido por seu nome comercial. Não se recomenda usar álcool puro: além de arder, não é tão eficiente como os anteriores.

Com a ferida limpa, há que cobrir com mais gaze limpa e uma fita adesiva especial de papel ou hipoalergênica, não muito apertada e sem esticar a pele. Simplesmente é para não deixar cair o curativo protetor.

Se a ferida for profunda, isto é de 2 centímetros ou mais de extensão, se não pára de sangrar ou se a fez com um metal ou vidro sujo, deverá ir ao pronto-socorro para que deem uma olhada. Pode ser que precise de alguma vacina e antibióticos preventivos, inclusive de sutura.

Como curar uma ferida e evitar cicatriz - Limpeza de uma ferida: para prevenir as cicatrizes

Preparar o curativo de uma ferida para que não fiquem cicatrizes

Deverá limpá-la diariamente com o desinfetante que preferir. Depois de 3 ou 4 dias, se a ferida for de tamanho médio a grande, já terá uma cobertura semidura, a crosta. Aí sim usaremos álcool medicinal para colocar suavemente com uma gaze, pressionando mas sem raspar a ferida. Apenas com pequenos toques. Depois deixe secar.

Se já passaram 4 ou 5 dias pode usar cremes especiais vendidos em farmácias, que dão proteção antibiótica, umedecem e ajudam a cicatrizar. Consulte um farmacêutico sobre qual é o melhor segundo o seu caso. Leia bem as instruções na bula e os cuidados especiais.

Se não tiverem esse creme especial, pode comprar algum com alto conteúdo de vitamina A, também há óleos ou cremes concentrados que cumprem com este nutriente importantíssimo na cicatrização. Aplique ao redor da ferida e não diretamente. Deixe atuar até absorção completa. Recomendo fazê-lo antes de tomar banho e depois, suavemente, com água e sabão, retirando os excessos que possam ter ficado.

Só os cremes especiais que assim o indicarem podem ser colocados diretamente sobre a ferida. Tente evitar os cremes anti-idade, cremes para mãos e pés, e qualquer creme que seja exclusivamente de beleza. Costumam ter ácidos e colágenos refinados que não ajudam a cicatrizar. Perante qualquer dúvida consulte um medico ou farmacêutico.

No caso de levar pontos, peça ao médico que, faça "pontos estéticos". Assim como na costura tradicional de roupa ou tecidos existem diferentes tipos de pontos, o mesmo acontece na medicina. Solicite que tenha o cuidado de cumprir com este requerimento já que, uma má sutura, pode fazer com que as feridas tenham relevo ou fiquem com formas estranhas e pouco agradáveis.

O mais importante: cuidar da ferida adequadamente

Quando começa a se formar essa casca dura, de uma cor vermelha escura, o que se conhece popularmente como "casquinha", com certeza se sentirá tentado a arrancar. Tanto por gosto como por coceira (que é absolutamente normal durante este período de cura), é quando mais devemos evitar fazer isso: se arrancar, deixará uma marca.

A ferida deve ser limpa com gaze "dando pequenos toques", acariciando suavemente a zona mas sem esfregar em excesso, tratando de não danificar ou fazer isso o mínimo possível durante o início desta nova pele. Também é bom que, depois que a casca tiver se formado, a deixe respirar sem vendar por um momento, principalmente após o banho, colocar álcool abundante e deixar ao ar livre até que seque adequadamente.

Lembre-se de aplicar o creme específico pelo menos duas vezes por dia, passando suavemente seus dedos sobre ela, sem unhas ou panos que causem atrito. Deixe penetrar naturalmente; só quando tiverem passado alguns minutos, massageie por fora da ferida, na pele ao redor, para ajudar na absorção. Se precisar de pontos, não os toque nem brinque com a linha. Apenas o médico especialista deverá retirá-los, se fizer errado poderá rasgar a ferida e piorar a situação.

Não adicione nem sal nem açúcar. Eu sei, você já leu em alguns tutoriais, mas se existe algo mais que seja natural além do que já expliquei, é colocar gel de aloe vera natural e recém extraído da sua planta. Nada de artificiais, nem gel neutro com aromatizante, somente o natural.

Se depois de curada a ferida houver alguma marca, não se assuste. É totalmente normal que o corpo demore até 3 meses a recuperar uma coloração uniforme, desinflamando totalmente a zona, ficando bonita e com uma boa textura. Não deixe de aplicar cremes ou aloe vera no mínimo duas vezes por semana.

Avisos sobre as feridas para que não fiquem marcas e cicatrizes

Não menos importante: as feridas NÃO devem ser expostas ao sol até um bom tempo depois de cicatrizadas. Quando já tiver pele nova e a cicatriz for apenas rosada, só então poderá expor essa zona ao sol aplicando proteção solar previamente. Ela fica muito sensível e o corpo continua trabalhando internamente para curar essa ferida para não deixar marcas visíveis, mas se tomar um pouco de sol em excesso, ficará permanente e os cuidados anteriores terão sido em vão.

Se perceber na ferida mudanças de coloração para tons roxos, coágulos ou bolas de sangue muito escuras, um branco esverdeado de aspecto gelatinoso, é hora de ir ao médico. Pode ser uma artéria que está funcionando de forma não desejável, pus infeccioso ou falta de oxigênio nesse pedaço de pele. Vá o mais rápido que puder ao pronto-socorro, o mesmo acontece se tiver febre ou tiver alguma erupção ao redor.

Por último, lembre-se que ficam sempre marcas mais ou menos sutis, esta é uma explicação para tentar reduzir ao máximo as marcas desagradáveis diminuindo os efeitos estéticos de algumas feridas leves que possam ser produzidas no dia a dia. Casos existem muitos, corpos variados e tipos de pele quase infinitos; por isso, em cada caso particular as indicações do médico poderão variar, assim como o grau de sucesso que poderá obter.

Tenha paciência, cuide-se; é preferível ficar com uma pequena marca sutil que possamos esconder e que se lembre do quão frágeis somos diante da vida, mas nos tornamos mais fortes aprendendo e as marcas nos lembram cada aventura vivida. Às vezes podem até ser bonitas, ou ter um grande significado de valor, como ter feito uma cesárea que trouxe uma criança ao mundo.

Como curar uma ferida e evitar cicatriz - Avisos sobre as feridas para que não fiquem marcas e cicatrizes

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como curar uma ferida e evitar cicatriz, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como curar uma ferida e evitar cicatriz

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Deolinda chemane
bom dia, tive uma cesariana no dia 3 deste mês e 7 dias depois retiram os pontos. hoje passam 2 semanas e e três dias, notei que a ferida esta inchada e DOI muito pouco. estou preocupada, o que sera?
Editor umComo.com.br
Oi Deolinda! A recuperação deste tipo de parto é geralmente bem mais lenta do que em um parto normal, os pontos demoram um pouco para cicatrizar e a mulher tende a sentir dores na região, ela deve manter repouso e não fazer esforços físicos intensos como limpar a casa, carregar peso e outros... Se os pontos romperem (também chamado de deiscência) eles poderão demorar para cicatrizar e poderá ocorrer infecções.
Deolinda chemane
o meu bebe nasceu com 2700gramas, fez um mês e já esta com 3300gramas. sera que esta crescer bem? esta com tosse ja ha uma semana, com catarro mas sem febres acima tudo, fui ao pediatra e disse me que é uma gripe passageira, que os pulmões estão bem é só gripe pelo frio. mas o que mas me angustia é a sua respiração, como se fosse engasgar se e catarro que tem na garganta. durante o dia ele dorme muito e a noite fica mas acordado e come mas. o que faço para reverter esse horário? quantas vezes ele deve comer por dia?

Como curar uma ferida e evitar cicatriz
1 de 3
Como curar uma ferida e evitar cicatriz

Voltar ao topo da página