Como devo me alimentar se tenho labirintite

Como devo me alimentar se tenho labirintite

A labirintite é uma doença que afeta o labirinto, mais precisamente a cóclea e o ventrículo, apesar do nome popular lembrar uma infecção ou inflamação, nem sempre a labirintopatia se trata é causada por uma dessas complicações. Se trata apenas de uma doença que se dá no labirinto. Esta, pode ter causas físicas, emocionais e alimentícias.

Uma dieta para labirintite bem elaborada ajuda a conter as crises e também a combater a inflamação do ouvido. Neste artigo, umComo.com.br fala sobre a alimentação, com foco em como devo me alimentar se tenho labirintite.

Como a alimentação influencia a labirintite

Quando o indivíduo sofre de labirintite acontece uma alteração na forma em que ele processa os carboidratos. Em casos de diabetes ou pré-diabetes os corpo apresenta muito mais chance de desenvolver uma labirintite.

A desregulação da quantidade de açúcar que o indivíduo ingere acaba fazendo com que o as estruturas do labirinto fiquem desordenadas, mandando informações erradas para o cérebro e causando a tontura e falta de equilíbrio.

Por este motivo, nossas dicas sobre alimentação para labirintite conter-se-ão em reduções de alimentos que ajudam a conter açúcar, assim como os que contém-no em grande quantidade, e aumento do consumo de alimentos com propriedades anti-inflamatórias e reguladoras.

Alimentos que ajudam a curar a labirintite

Os alimentos que podem ser consumidos quando se tem labirintite são, entre os anti-inflamatórios e anti-oxidantes, aqueles que são ricos em ômega-3. Peixes no geral possuem boas quantidades desta substância, em especial o salmão, sardinha e o bacalhau, mas ela também pode ser encontrada em grandes quantidades nas sementes de chia, que também possui substâncias anti-inflamatórias.

Além destes alimentos também é valido adicionar frutas, legumes e cereais em sua dieta.

Procure se alimentar regularmente, três ou quatro vezes por dia, em menores quantidades, é claro. Isso ajuda a evitar as crises de labirintite uma vez que os seus órgãos estiverem sempre supridos de suas necessidades. A água também é importante, procure manter-se hidratado.

Alimentos que pioram a labirintite

Podemos classificar os alimentos que pioram a labirintite entre aqueles que possuem grandes quantidades de açúcar, aqueles que desregulam o suprimento destas substâncias no nosso corpo e aqueles que ajudam a reter mais açúcar, como a quinina. Entre os alimentos que devem ser evitados se você tem labirintite nós temos, em ordem respectiva:

  • Doces, chocolates, sorvetes e outros alimentos que, como estes, possuem grandes quantidades de açúcares.
  • Frituras, embutidos, cafés e refrigerantes, dentre outros alimentos que possuem quinino ou ajudam a reter gordura e açúcares.
  • Bebidas alcoólicas e alguns tipos de medicamentos que desregulam o suprimento de açúcares.

Além destes, vale lembrar que o sal deve ser evitado ou reduzido na dieta para a labirintite, uma vez que ele aumenta a pressão - incluindo a da região do ouvido - e agrava a inflamação. Prefira temperos como ervas aromáticas, alecrim, salsinha e orégano, por exemplo. Procure consumir massas integrais, se você consegue tirar esta categoria da sua dieta, as suas fibras promovem a lenta absorção das glicoses e açúcares.

Veja também:

  • Remédios para labirintite
  • Labirintite tem cura?
  • Dramin - Indicações, uso e efeitos
  • O que é cinetose
  • Como tratar a labirintite

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como devo me alimentar se tenho labirintite, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.