menu
Partilhar

Como diferenciar a gripe da dengue

Como diferenciar a gripe da dengue
Imagem: kk.no

Muitas pessoas que se contagiam com o vírus da dengue podem demorar alguns dias para ir ao médico, porque no começo pensam que se trata de uma simples gripe ou resfriado. Apesar de que aparentemente os sintomas possam coincidir existem importantes diferenças entre ambas as doenças. Por isso em umComo.com.br explicamos como diferenciar a gripe da dengue.

Também lhe pode interessar: Como se manifesta a dengue
Passos a seguir:
1

A gripe e a dengue compartilham alguns sintomas; por esta razão muitos pacientes se confundem e pensam que se trata de um resfriado ou uma gripe comum.

Entre os sinais presentes em ambos casos se encontram:

  • Mal estar geral
  • Apatia e cansaço
  • Dor de cabeça
  • Febre, em casos de resfriados e gripes mais fortes
2

No entanto, para diferenciar a gripe da dengue devemos ficar atentos à intensidade dos sintomas e também à ausência de outros sinais próprios dos resfriados.

O mal estar geral da dengue vem acompanhado de intensas dores nas articulações e músculos, que se apresentam durante vários dias. Não se trata simplesmente de cansaço e apatia, como no caso de uma gripe, mas sim de uma dor generalizada por todo o corpo e de um forte cansaço que aumentará à medida que baixe o número de plaquetas.

3

Outro aspecto importante para diferenciar a gripe da dengue é a dor de cabeça que se apresenta e a duração da febre. Em casos de dengue o paciente sente dor de cabeça e um forte incômodo na região dos olhos, sentindo-os pesados e doloridos ao realizar simples movimentos. Além disso, a febre costuma se prolongar durante vários dias, algo que não é comum nos resfriados e gripes a não ser que tenha uma infecção considerável.

4

Por outro lado é importante ter em conta a ausência de alguns sintomas para diferenciar a gripe da dengue. Quem sofre do vírus ocasionado pelo mosquito Aedes Aegypti não apresenta muco, espirro e nem tosse, sinais típicos da gripe e resfriado.

5

Os sintomas da dengue podem durar vários dias, aumentando sua intensidade à medida que baixam as plaquetas. Se a contagem de trombócitos for inferior a 10.000, o paciente, além de sentir uma intensa fraqueza, poderá começar a manifestar os sintomas da dengue hemorrágica: sangramento nas gengivas, sangue na urina e hematomas na pele. Em caso de apresentar estes sintomas, é fundamental procurar um especialista o quanto antes, pois o acompanhamento médico será importante para a recuperação do paciente.

6

Estas dicas ajudarão a diferenciar entre a gripe e a dengue. Se suspeitar que você foi contagiado com este vírus, é fundamental ir ao médico para uma revisão e um exame de sangue em vez de se medicar em casa. Mesmo que não existir um tratamento específico para a dengue, se forem tomados alguns medicamentos para diminuir o incômodo dos sintomas, como a aspirina, pode-se passar a um quadro de dengue hemorrágico que pioraria o diagnóstico.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como diferenciar a gripe da dengue, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Reinaldo
Muito boas essas informações! Ganhou mais um fã!
Redação umCOMO (Editor/a de umCOMO)
Olá Reinaldo, que bom saber isso ;) Continue acompanhando as nossas novidades! :)

Como diferenciar a gripe da dengue
Imagem: kk.no
Como diferenciar a gripe da dengue

Voltar ao topo da página