Partilhar

Como é feito o exame histerossalpingografia

Por Samuel Ferraro. Atualizado: 5 julho 2019
Como é feito o exame histerossalpingografia
Imagem: almanaquedospais.com.br

O Histerossalpingografia é um exame de imagem (raio x) que contrasta para fazer uma avaliação da parte interna do útero, assim como das tubas uterinas.

Para fazer esse exame, é injetado um liquido responsável por dar o contraste através da entrada do colo uterino, assim é realizada uma sequência de radiografias para identificar e monitorar o percurso que o liquido (contraste) faz no interior do útero, no sentido às tubas.

Com esse método, defeitos, obstruções, má formações e qualquer anomalia é identificado de forma mais fácil. Esse exame é feito, principalmente, em mulheres com dificuldades para engravidar. Com base nos resultados desse exame é que o médico irá elaborar um procedimento para reprodução assistida de forma mais adequada.

Também lhe pode interessar: Como é feito o exame preventivo Papanicolau

Não é tratamento!

Lembrando que a histerossalpingografia não é um tratamento, e sim um exame que, como falamos na introdução, é usado para identificar causas de infertilidade.

Feitos vários raios-x, e o mapeamento do contraste nos tubos, é possível chegar a resultados que irão guiar e facilitar o processo de fertilização in vitro.

O exame dói?

O conceito de dor, claro, é muito relativo, mas a realização do exame pode sim trazer certa dor e desconforto para a paciente. Mas nada muito forte ou grave.

A realização do exame é feita na mesma posição que é realizado o exame ginecológico. Depois de posicionado, uma sonda penetra no colo uterino e é injetado o liquido. Depois disso que serão feitas as radiografias.

Em alguns casos, pode ser que haja a orientação para o uso de um analgésico cerca de 30 minutos antes ou depois da realização do exame, isso já para a prevenção e cuidado contra dores mais intensas.

Sobre os resultados

Com base nos resultados, pode-se identificar problemas no útero, sinéquias, que são sequelas de cesáreas, miomas ou tubas obstruídas.

Tudo isso pode ter interferência e dificultar a gravidez. Esses resultados servem como direcionamento para um tratamento adequado, e guiam o médico para o alcance de um resultado satisfatório.

Como é o preparo para o exame?

O exame deve ser feito de 5 a 10 dias após a menstruação. É necessário que se tenha total certeza que não se está grávida.

Cuidados um dia antes do exame

Sem relações sexuais

À tarde, se toma um laxante e muito liquido, como sucos variados. Tenha cuidado na alimentação. Suas refeições devem ser leves e sem carnes, pães ou qualquer tipo de massa.

No dia do exame

No dia da realização do exame, a mulher deve estar em um jejum de 4h que antecedem ao horário do exame.

60 minutos antes do exame, deve se tomar 1 Buscopan.

É necessário trazer 1 absorvente íntimo.

Após o exame

O ideal é fazer um repouso de, pelo menos, 8 horas.

Caso sinta dor, você tomar 1 comprimido de IBUPROFENO 400 mg, de 8 em 8 horas, por até 02 dias, e não mais que isso.

Para mais informações, dúvidas e orientações, um médico deverá ser consultado. Uma conversa franca e honesta com seu médico te esclarecerão toda e qualquer dúvida que você possa ter. O exame de Histerossalpingografia é algo que lida com a concepção de uma vida, por isso, o cuidado e atenção.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como é feito o exame histerossalpingografia, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como é feito o exame histerossalpingografia

O que lhe pareceu o artigo?

Como é feito o exame histerossalpingografia
Imagem: almanaquedospais.com.br
Como é feito o exame histerossalpingografia

Voltar ao topo da página