Partilhar

Como educar o meu filho autista

Por Sara Viega. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como educar o meu filho autista
Imagem: reproduccionasistida.org

Ensinar uma criança com autismo não é fácil, mas educá-la às vezes parece uma tarefa impossível. Mas com constância por parte dos pais e um trabalho coordenado com os especialistas que o atendem, podem ser conseguidos resultados muito satisfatórios para que a vida em casa seja o mais harmoniosa possível. Por isso em umComo.com.br queremos orientá-lo sobre como educar o seu filho autista.

Também lhe pode interessar: Como ensinar meu filho autista

Não exigir dele aquilo que não é capaz de fazer

Na hora de educar um filho autista é importante saber o que deve aprender em função da sua idade de desenvolvimento nas diferentes áreas. Se a criança autista não aprende no mesmo ritmo que as crianças de sua idade, não deve desistir. É importante oferecer a ela diferentes apoios e recursos e insistir sem chegar a pressioná-la.

Devemos ter em conta:

  • Indicar-lhe visualmente o que se espera e o que não se espera dela.
  • O excesso de informação verbal pode chegar a incomodá-la muito, bloqueando-a.
  • Dividir a tarefa em pequenos passos, com suas imagens correspondentes.
  • Insistir sempre com carinho e paciência nas tarefas a realizar.

Instruções

As instruções devem ser dadas de forma apropriada, porque senão, não entenderá as palavras que você diz e parecerá que não o escuta.

Primeiro começaremos com instruções simples: pare, sente, dê para mim, pegue, olhe, guarde, tire da gaveta... O adulto tem que dar a instrução olhando em sua cara com frases curtas de não mais de três palavras (assim nos certificamos de que ela capte a mensagem). Se depois de um tempo a criança não fizer o que lhe pedimos, acompanhamo-la para que ela o faça. Depois de feito é bom parabenizá-la, para que saiba que é isso o que se esperava dela e assim motivá-la para repetir por si só.

Quando for capaz de fazer sozinha, você pode pedir para outros familiares ou conhecidos darem as mesmas ordens para que as cumpra também, sem se cingir só ao pedido do pai ou da mãe. Quando interiorizar as ordens, podem ser incrementadas pouco a pouco as palavras das ordens.

É importante considerar:

  • Não dar instruções quando a criança está distraída.
  • Não dar a ordem desde longe ou quando a criança está fazendo outra coisa.
  • Dar a instrução cara a cara.
  • Não repetir a instrução. Com uma vez basta.
  • Não deixe a instrução sem cumprir.
  • Evite palavras ou frases que possam confundir a criança.

Regras

As regras de comportamento são importantes na casa, como com qualquer outro menino ou menina. Não deve ser usada a desculpa de que tem autismo, é importante exigir-lhe um comportamento adequado.

Antecipe-lhe as condutas esperadas. Ilustrando em uma parte da casa onde se veja bem claro as regras ou hábitos que esperamos dela e quais não.

Trabalho coordenado

É importantíssimo para poder educar seu filho/a com autismo, que tanto os familiares como os profissionais que trabalham com a criança mantenham um trabalho coordenado para lidar com o comportamento indevido, favorecendo a socialização, a comunicação e principalmente, o bem-estar e a qualidade de vida do seu filho.

Reconhecer o que está certo

Como qualquer criança quando consegue algum avanço, elas gostam de ser elogiadas pelo esforço investido. E como para todas, o fracasso é difícil de digerir. É muito útil nas crianças com autismo usar frases positivas e gestos que indiquem para elas que fizeram direito e que isso era o que queríamos.

É importante potenciar nelas aquilo que elas fazem bem, seja cantar, desenhar, fazer postais... descubra o que seu filho/a faz bem e potencie-o.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como educar o meu filho autista, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Escrever comentário sobre Como educar o meu filho autista

O que lhe pareceu o artigo?
4 comentários
A sua avaliação:
juliana
Estou com medo que meu primo esteja com altismo por favo me ajudeee
A sua avaliação:
Maria Lucia
Boa noite!! gostaria de saber se tem estas palesta ou regras em espanhol? aguardo resp. p...
Luiz Cláudio Cardoso Santana
Boa noite, Sou monitor de criança portadora de autismo e gostaria de ter informações tais, de como tratar ou melhorar seu aprendizado. Ficarei muito contente em receber pesquisas para ajudar o seu desenvolvimento. Sem mais, Luiz Cláudio
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Oi Luiz! Antes de mais, queria agradecer o seu comentário. Neste link poderá encontrar mais informação sobre autismo: http://www.umcomo.com.br/search/index?q=autista
Alinane Ana Polela (Aline)
Olá descobri recentemente que meu filho é autista e fiquei desesperada ele tem 3 anos e 7 meses e cá no nosso país não existem instituições especializadas para crianças com esse tipo de dificuldades o que torna o problema maior do que ele é.
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Oi Aliane, nesse link poderá encontrar mais informações sobre autismo: http://www.umcomo.com.br/search/index/cat/17514/q/autista

Como educar o meu filho autista
Imagem: reproduccionasistida.org
Como educar o meu filho autista

Voltar ao topo da página