Partilhar

Como funciona o balão no estômago para emagrecer

 
Por Paula Cassandra. 26 janeiro 2017
Como funciona o balão no estômago para emagrecer

Você já ouviu falar sobre o balão intragástrico? Ele é colocado no estômago de pessoas que precisam emagrecer, sendo que por ocupar um espaço do órgão quem o possui sente maior saciedade após as refeições, bem como tem o seu apetite reduzido. Além de ser usado em tratamentos para emagrecer, pode ser utilizado por pacientes que precisam perder peso para realizar determinados procedimentos cirúrgicos. Para saber como funciona o balão no estômago para emagrecer, portanto, o umCOMO reuniu as principais informações sobre o assunto. Confira elas a seguir.

Também lhe pode interessar: Como reduzir o estômago sem cirurgia

O que é o balão no estômago para emagrecer

O balão no estômago para emagrecer, também conhecido como balão intra-bariátrico ou tratamento endoscópico da obesidade, é a escolha de muitas pessoas que desejam perder bastante peso, uma vez que ao contrário da cirurgia bariátrica e outros procedimentos é menos invasivo. É indicado a quem já tentou demais maneiras de emagrecimento e não obteve sucesso. O balão é de silicone e consegue preencher em torno de 50% da cavidade gástrica, o que representa uma refeição com comida e bebida. Colocá-lo é um procedimento relativamente antigo, embora tenha se tornado mais comum nos últimos anos, devido ao modernismo e segurança que o método ganhou ao longo dos anos.

Para surtir o efeito necessário, é importante, porém, que a pessoa que o coloque tenha bons hábitos alimentares, bem como faça atividades físicas, até porque o método auxilia na perda de peso, mas não faz o serviço sozinho. Além disso, o balão é temporário e costuma ser removido após quatro a seis meses, podendo ser colocado novamente quantas vezes for preciso. No entanto, após ser removido, a pessoa pode ganhar os quilos perdidos ao longo do tratamento, por isso, é fundamental fazer com que os novos hábitos permaneçam na sua vida.

Como funciona o balão no estômago para emagrecer - O que é o balão no estômago para emagrecer

Como o balão é colocado no estômago

É por meio do processo chamado endoscopia que o balão ainda vazio e de material macio é colocado no estômago, ou seja, se faz uso de um endoscópio constituído por tubos flexíveis para levar o balão da boca até o órgão, sendo que o paciente é sedado, sem que haja a necessidade de anestesia. Na ponta do endoscópio existe ainda uma microcâmera para permitir a visualização do interior do órgão. O procedimento pode ter duração de, no máximo, 30 minutos.

Após o balão chegar ao estômago, ele é preenchido com 500 a 800 ml de uma solução salina, ou seja, soro fisiológico, que possui ainda contraste e corante, de cor azul. Isso é importante porque se o balão romper a urina da pessoa vai ficar dessa cor, indicando o problema. Para retirar o balão, o procedimento é o mesmo, por meio de endoscopia e sedação. Embora seja um procedimento bastante simples, é normal que os pacientes sofram desconforto, o que pode incluir sensação de inchaço e dor, até que se habitue ao volume do objeto.

Conforme o caso, o paciente pode ir para casa no mesmo dia do procedimento, depois de duas a três horas, o tempo que pode levar para passar o efeito do sedativo. No entanto, existem chances do balão ser rejeitado e mesmo de pessoas não conseguirem se adaptar a ele. Nesses casos, ele é removido, sendo que o mesmo é feito quando ocorrem enjoos e vômitos prolongados, isto é, efeitos colaterais do procedimento.

Como funciona o balão no estômago para emagrecer - Como o balão é colocado no estômago

Eleitos colaterais e cuidados

Para evitar os sintomas adversos é importante seguir as recomendações após a colocação do balão, principalmente, nos primeiros dias. Entre elas, ingerir líquidos apenas em pequenos goles e consumir alimento em porções pequenas. É comum que nos primeiros dias seja indicado o consumo apenas de líquidos, depois somente de alimentos pastosos, até que se normalize a alimentação. Também não se deve beber álcool enquanto a pessoa estiver com o balão.

Já que o estômago continua meio cheio depois de ser esvaziado, é normal que aumente a acidez do estômago, por conta disso, são receitados alguns medicamentos. Além disso, é normal sintomas como cólicas, náuseas e vômitos nos primeiros dias. Para que tudo ocorra bem e os objetivos sejam alcançados é importante o acompanhamento nutricional e, quando necessário, psicológico também. No entanto, os cuidados iniciam antes mesmo do procedimento, sendo fundamental buscar profissionais de confiança para realizar a avaliação e fazer a colocação do balão.

Contraindicações e complicações

A avaliação prévia é essencial porque existem contraindicações ao uso do balão intragástrico. Desse modo, não podem usá-lo que tem problemas de hérnia hiatal, úlcera péptica, esofagite grave, histórico de cirurgia gástrica, uso crônico de anti-inflamatórios, problemas de coagulação e alcoolismo.

Mesmo com todos os cuidados é possível que haja complicações resultantes do procedimento, como aparecimento de úlcera gástrica, além de lesões no sistema digestivo por causa do uso do endoscópio, que podem provocar sangramentos. As infecções também são possíveis, com o surgimento de bactérias no balão.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como funciona o balão no estômago para emagrecer, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como funciona o balão no estômago para emagrecer

O que lhe pareceu o artigo?

Como funciona o balão no estômago para emagrecer
1 de 3
Como funciona o balão no estômago para emagrecer

Voltar ao topo da página