Partilhar

Como interromper a formação de queloides

Como interromper a formação de queloides
Imagem: beautyderm.es

Os queloides são cicatrizes densas e fibrosas que se formam depois de uma lesão na pele sã. Ao contrário das cicatrizes normais, que se alisam e desvanecem com o tempo, os queloides são avultados, com forma abobadada ou em garra, de cor rosa a vermelho e aspeto brilhante. Também têm a tendência de crescer mais do que o tamanho da ferida original e, geralmente, não se reduzem de forma espontânea, podendo causar ardor ou sensibilidade ao tato. Além disto, também apresentam problemas estéticos, sobretudo quando se formam na cara, no lóbulo da orelha depois de uma perfuração, ou de forma espontânea no peito ou nas costas. Além da cirurgia, as injeções de corticosteroides e a compressão parecem ser os métodos mais agressivos, mas estes tratamentos não são exatos e comportam sempre riscos. Se preferir não optar pela cirurgia, pelo menos inicialmente, há métodos – alguns tradicionais e outros alternativos - que podem ajudar a reduzir e prevenir a formação de queloides.

Também lhe pode interessar: Como tirar queloide
Passos a seguir:
1

Resista à tentação de arranhar a formação de crostas. Arranhar as crostas estimula a produção de colagénio, um componente de tecido da cicatriz. Quando a crosta cair por si só, hidrate a pele em volta da cicatriz em desenvolvimento. Caso se desenvolva um queloide, os tratamentos tópicos podem reduzir a inflamação e o crescimento do queloide. Um gel tópico à base de extratos de cebola e alho pode aligeirar e melhorar a superfície da cicatriz, de acordo com a páginas web de Remédios caseros. Se recomenda ainda aplicar o gel três a quatro vezes por dia, ainda que a cicatriz seja nova.

2

Adicione alimentos ricos em vitamina E à sua dieta. Foi demonstrado que a vitamina E, ou tocoferol, que se encontra nos tomates e pimentos, acelera o processo de curarização do corpo. Os bioflavonoides e antioxidantes das frutas também têm efeitos antibacterianos, fibrinolíticos, de libertação de anti-histamínicos e efeitos antiproliferativos nas células normais e malignas. Os queloides não são considerados tumores malignos, pelo que não respondem aos medicamentos de interferão e à quimioterapia, normalmente utilizados na luta contra o cancro maligno. A quercetina, um bioflavonoide de grande espectro, pode ser encontrada nas cebolas, maçãs, vinho tinto e chá preto.

3

Pratique uma boa higiene limpando a ferida e vista-se. Se a ferida está aberta, cubra com gaze limpa. Se a cicatriz começar a transformar-se em queloide, fale com o seu dermatologista sobre o melhor tratamento que pode realizar. Ainda que os queloides nem sempre respondam a um determinado tratamento, o seu médico pode sugerir dois ou três métodos que devem ser utilizados em combinação. Por exemplo, em 50 por cento dos casos em que a extirpação cirúrgica foi eleita no tratamento de queloides, a cicatriz voltou a surgir, por vezes de forma mais agressiva. Contudo, quando a cirurgia foi associada a pastilhas de silício, a terapia de compressão (ligaduras de compressão para usar durante longos períodos de tempo) e injeções de corticosteroides, as taxas de êxito melhoraram significativamente.

4

Considere a possibilidade de recorrer a tratamentos alternativos, como a massagem holística. Tal como a terapia de compressão, a massagem demonstrou diminuir a coesão das fibras de colagénio que formam o tecido da cicatriz. Aumenta a circulação da área, alivia a dor e a tensão e suaviza a cicatriz. Além das massagens, as aplicações tópicas de óleo de lavanda, pomada de sândalo e aloé vera suavizam e melhoram a textura da cicatriz.

5

Se for propenso à formação de queloides, tome medidas preventivas. Normalmente, se você ou algum membro da sua família é propenso ao desenvolvimento de queloides, evite cirurgias eletivas de pele ou procedimentos de perfuração. Evite também fumar e tomar banhos de sol. Ambos contribuem para as mudanças na pele, o que vai diminuir a produção de colagénio são, contribui para o envelhecimento prematuro e são a causa de oxidação de radicais livres na pele, o que afeta o processo de regeneração natural.

6

Deve saber a predisposição genética da sua família. A incidência mais elevada dos queloides encontra-se nas populações negras e asiáticas. Os queloides agressivos também são conhecidos como queloides "mórbidos".

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como interromper a formação de queloides, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como interromper a formação de queloides

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Jurandir Mesquita
Eu tive um queloide acima do mamilo esquerdo, quando tive catapora o mesmo desapareceu ficando bem pequeno (baixo), tenho varios espalhadas pelo corpo mais todas diminuiram . Ja o meu filho tem uma no ombro que esta sempre crescendo, o que posso fazer para evitar este crescimento?
Lis Vitor Rocha
Um bom tratamento, caseiro e barato, é o alho. Corte ou amasse o alho e passe no queloide, diariamente, até melhorar a aparência da cicatriz e evitar o aumento. Mas cuidado c/ o sol. O alho é excelente até para verrugas...a minha verruga descamou e, hoje, não restou nem vestígio.
lucas
como eu faço para a queloide para de cresse

Como interromper a formação de queloides
Imagem: beautyderm.es
Como interromper a formação de queloides

Voltar ao topo da página