Partilhar

Como melhorar o trânsito intestinal lento

 
Por Sara Viega. 18 janeiro 2017
Como melhorar o trânsito intestinal lento

Quando os alimentos se decompõem no intestino, os nutrientes, vitaminas e minerais que contêm passam a fazer parte do nosso organismo. Mas quando o trânsito intestinal apresenta problemas, não é possível assimilar adequadamente estes componentes, gerando também outros sintomas associados, como mal-estar estomacal, peso estomacal, fadiga, náuseas e dificuldade para evacuar.

A boa notícia é que, à exceção de alguns casos graves, estes sintomas podem ser aliviados ao colocar em prática hábitos saudáveis que reativem o trabalho do intestino. Se sofre deste transtorno ou quer evitá-lo e deseja saber como melhorar o trânsito intestinal lento, não perca este artigo do umCOMO em que vamos compartilhar vários conselhos para tratar e prevenir este problema.

Também lhe pode interessar: Como acabar com a constipação intestinal
Passos a seguir:
1

Não existe apenas uma causa para o trânsito intestinal lento. No entanto, há uma combinação de fatores que o podem desencadear, como a reação ao consumo de alguns medicamentos, uma ingestão inadequada de fibras na dieta regular (seja por excesso ou por déficit), a falta de hidratação, o sedentarismo e os maus hábitos alimentares que incluem o consumo de gorduras saturadas, alimentos processados e açúcar refinado.

2

Como o trânsito intestinal lento está muito relacionado com a alimentação, é aí onde devem ser feitas as primeiras mudanças para notar uma melhoria. Por isso recomenda-se a inclusão de alimentos ricos em fibra, um carboidrato que, por não poder ser digerido pelo organismo, passa diretamente pelo estômago e intestino, fazendo um efeito "vassoura" que ajuda a que o deslocamento das fezes seja mais rápido.

Alguns dos alimentos que contêm fibra são:

  • Aveia
  • Feijão
  • Vegetais de folha verde
  • Trigo integral
  • Cascas de frutas
  • Frutos secos
  • Cereais, massas e pães integrais

No entanto, é importante não exagerar no consumo de fibra pois poderia causar o efeito contrário, tornando o trânsito intestinal mais lento e impedindo a absorção adequada de nutrientes nos alimentos.

Os lácteos com probióticos também ajudam a regular a atividade intestinal lenta, pois são produtos com bactérias vivas e benéficas que ajudam a eliminar as bactérias patogênicas que dificultam o processo digestivo e ajudam a restabelecer a flora intestinal, facilitando a desintoxicação do organismo.

Como melhorar o trânsito intestinal lento - Passo 2
3

As porções de comida e a velocidade em seu consumo também podem melhorar o trânsito intestinal lento. Comer pequenas porções e de forma pausada facilitará o processo digestivo, influenciando no trabalho do intestino. Mastigar várias vezes os alimentos antes de engolir também ajuda, porque alivia seu processo de decomposição e evita a sobrecarga da atividade estomacal.

4

A hidratação adequada também pode melhorar a atividade intestinal. É importante beber de 1 a 2 litros de água por dia não só para melhorar os processos digestivos e favorecer um trânsito mais rápido das fezes, como também para dar ao organismo os fluídos que precisa para realizar as suas funções vitais.

5

Também há remédios caseiros que podem ajudar a melhorar o trânsito intestinal lento. A maioria deles contêm aloe vera ou babosa, conhecida, entre outros motivos, por suas propriedades de limpeza, visto que um de seus componentes ativos chamado aloína atua como um estimulante dos movimentos intestinais, favorecendo a evacuação.

  • Para preparar este remédio caseiro só precisa extrair a polpa de aloe vera e triturar com 1/2 litro de água ou suco de frutas cítricas (limão, toranja ou laranja). O líquido resultante deve ser mantido na geladeira e retirado só na hora de consumir; só deve ingerir 57 gramas por dia, de preferência em jejum.
  • Também existem cápsulas de aloe vera de consumo diário para quem não deseja tomar a polpa diretamente. Só deve se certificar de que seu componente principal seja extrato de babosa.

Neste outro artigo revelamos para você todos os benefícios do aloe vera para a saúde.

Como melhorar o trânsito intestinal lento - Passo 5
6

Outro ingrediente muito fácil de conseguir e eficaz para o trânsito lento é a semente de linhaça. Seu alto conteúdo de fibra solúvel (mucilagens) intervém no processo digestivo, ajudando não só a melhorar a função intestinal, mas também a acelerar o processo de desintoxicação do organismo. Existem várias maneiras de utilizar as sementes de linhaça, aqui explicamos duas delas:

  • Pode adicionar as sementes em suas refeições regulares, principalmente em sucos e saladas. Também podem ser o complemento do seu café da manhã se consumir com iogurte grego ou com o leite que acompanha seus cereais.
  • Se não tiver inconveniente para consumi-las sozinhas, pode deixar uma colher de sementes de linhaça macerando a noite toda em uma xícara de água mineral. Do líquido resultante você deve tomar uma colher diária em jejum.
7

Por último, porém não menos importante, encontra-se a atividade física. Poderia parecer que não há conexão entre o treinamento regular e uma digestão e evacuação adequadas, mas há sim, visto que se manter por longos períodos de tempo deitado ou sentado impede o correto funcionamento do intestino, tornando seu trabalho mais lento.

Por isso, é necessário dedicar pelo menos 30 minutos diários à atividade física. A forma mais simples de começar é caminhando, pode ser com distâncias curtas até atingir a meia hora de caminhada diária. Também podem ser feitos exercícios em casa ou iniciar alguma prática esportiva. O importante é mexer o esqueleto!

Como melhorar o trânsito intestinal lento - Passo 7
8

Se seu trânsito intestinal lento já melhorou ou simplesmente o quer evitar, há alguns hábitos que deve incorporar para que não se repita ou aconteça:

  • Diminuir ou eliminar o consumo de café, chá e tabaco.
  • Aumentar o consumo de uvas e ameixas, pois estimulam a atividade intestinal, favorecendo a evacuação regular.
  • Ganhar o hábito de ir ao banheiro diariamente. Para muitas pessoas trata-se de uma atividade chata que inclusive tentam evitar, ignorando que se trata de uma função elementar do organismo para que possa eliminar as toxinas e os restos acumulados, portanto precisa se acostumar a fazer isso com regularidade.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como melhorar o trânsito intestinal lento, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como melhorar o trânsito intestinal lento

O que lhe pareceu o artigo?

Como melhorar o trânsito intestinal lento
1 de 4
Como melhorar o trânsito intestinal lento

Voltar ao topo da página