Partilhar

Como o cigarro afeta a pele

Por Redação umCOMO. Atualizado: 24 maio 2017
Como o cigarro afeta a pele
Imagem: ambitomujer.com.ar

Apesar de conhecer as nefastas consequências do tabaco sobre a nossa saúde e os danos irreversíveis que pode causar em órgãos internos como os pulmões ou o coração, também é importante sermos conscientes de outros efeitos prejudiciais do tabagismo como os problemas dermatológicos que ele pode acarretar no longo prazo. São muitos os estudos realizados para determinar com exatidão como o cigarro afeta a pele e todos coincidem em que uma pessoa fumante acaba apresentando uma pele rugosa, opaca, cinzenta, sinais de envelhecimento bem mais marcados e profundos e com problemas de cicatrização. No seguinte artigo de umComo contamos a você com detalhe quais são os danos que este mau hábito gera sobre a pele.

Também lhe pode interessar: Como o cigarro afeta o cérebro
Passos a seguir:
1

O consumo de tabaco reduz o fluxo sanguíneo que chega à pele, o que se traduz em uma falta de oxigenação das células e nutrientes dos tecidos, provocando uma severa desidratação da superfície cutânea. É por isso que com o tempo, é normal que as pessoas fumantes apresentem uma pele mais áspera, quebradiça e inflexível. Além disso, a pouca oxigenação das células também faz com que a pele adquira um tom cinzento, opaco e apagado nada favorecedor.

Como o cigarro afeta a pele - Passo 1
Imagem: erikatipoweb.com
2

Um dos maiores efeitos do tabaco na pele é que provoca o envelhecimento precoce. É o que garantem muitos estudos que indicam que as pessoas com vício de fumar têm cinco vezes mais rugas que as que não fumam. Além disso, eles definem o rosto do fumante com as seguintes características:

  • Rugas mais marcadas e profundas.
  • Aparecimento de rugas no contorno dos lábios e olhos pela ação de contrair os lábios ao fumar e entrecerrar os olhos para evitar que entre fumaça.
  • Linhas superficiais e profundas nas bochechas.
  • Observam-se os relevos ósseos dos pômulos.
  • Aparecimento de manchas em cor púrpura.

Todos estes sinais costumam manifestar-se na pele a partir dos 35 anos de idade, ainda que sejam proporcionais ao tempo de consumo. Isto é, uma pessoa com mais de 10 anos de consumo poderia apresentar perfeitamente a maioria destas características em sua pele. Também ficou demonstrado que a pele feminina vê-se mais afetada pelo fumo que a do homem, isto se deve a que é bem mais delicada e fina. Além disso, a nicotina provoca uma redução dos estrógenos em mulheres, o que facilita que a pele se torne mais seca e inclusive o aparecimento de mais pelo corporal.

3

Neste sentido, o consumo crônico de tabaco também favorece a produção de radicais livres, as moléculas encarregadas de que a pele envelheça e se oxide mais rápido. Do mesmo modo, o tabagismo impede uma adequada absorção da vitamina A, essencial para proteger a pele da ação destas moléculas, e altera a concentração de componentes como o colágeno e a elastina, imprescindíveis para manter uma pele firme, jovem e radiante.

4

A pigmentação amarelada ao redor dos dedos e nas mãos também é um sinal visível muito frequente em pessoas fumantes. Estas manchas aparecem devido aos componentes da fumaça do cigarro.

Se você tem esse problema, confira como tirar mancha de cigarro dos dedos com esse artigo.

5

A todos estes efeitos prejudiciais do fumo na pele, precisamos somar a alteração que produz na cicatrização das feridas. Como indicávamos, a fumaça do fumo diminui a oxigenação dos tecidos, já que a nicotina provoca uma diminuição da circulação e intoxica o sangue. Por isso é que nos fumantes as feridas demoram mais para curar e são propensas a formar cicatrizes.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como o cigarro afeta a pele, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Escrever comentário sobre Como o cigarro afeta a pele

O que lhe pareceu o artigo?

Como o cigarro afeta a pele
Imagem: ambitomujer.com.ar
Imagem: erikatipoweb.com
1 de 2
Como o cigarro afeta a pele

Voltar ao topo da página