Partilhar

Como prevenir a catapora em adultos

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como prevenir a catapora em adultos

A catapora é uma doença viral e altamente contagiosa, muito comum na infância. Esta doença é produzida pelo vírus da varicela-zoster, ocasionando sintomas como uma febre leve seguida do aparecimento de bolhas cheias de um líquido amarelado, que quando secam podem levar a novas bolhas. O principal problema desta doença é que as bolhas aparecem pelo corpo todo, incluindo a zona genital, o que causa coceira e grande desconforto no paciente.

Ainda que na infância seja uma doença leve e inofensiva na maioria das vezes, quando o vírus afeta os adultos podem acontecer complicações importantes, por isso o melhor é tomar as precauções para evitar seu contágio e garantir o bem-estar. Neste artigo do umComo.com.br explicamos a você como prevenir a catapora em adultos e quais são as possíveis consequências de seu contágio.

Também lhe pode interessar: Remédios caseiros para a catapora

Complicações da catapora em adultos

Quando o vírus da varicela-zoster infecta as crianças costuma causar sintomas leves que, apesar de poderem ser levemente incômodos para o pequeno, não são graves. É durante a infância, a partir de 1 ano e aproximadamente até os 10 anos de idade quando acontece a maior parte dos casos, que acontecem sem complicações.

No entanto, podem acontecer complicações significativas se esta doença afetar os adultos, pessoas com um sistema imunológico debilitado devido a doenças como o câncer ou o HIV, a transplante de órgãos ou a tratamento com imunossupressores. Adicionalmente, as mulheres grávidas correm um grande risco se contraírem esta patologia durante a gestação.

As complicações da catapora em adultos incluem:

  • Infecções bacterianas na pele por coçar as bolhas.
  • Pneumonia e broncopneumonia.
  • Encefalites, isto é, inflamação no cérebro.
  • Infecções nos ossos, articulações ou corrente sanguínea.
  • Se uma mulher grávida contrair esta condição, principalmente no primeiro e segundo trimestre, ela corre o risco de que o bebê apresente diversas malformações congênitas ou que se produza um aborto espontâneo. Se o contágio acontecer no terceiro trimestre, os riscos de complicações são mínimos.

Como este problema pode repercutir seriamente na nossa saúde quando nos afeta na idade adulta, a recomendação é tomar as medidas preventivas para evitar ao máximo seu contágio.

Vacina contra a catapora, a melhor prevenção

A forma mais segura e efetiva de prevenir a catapora em adultos e também em crianças é a vacinação. A vacina da catapora para adultos costuma ser administrada em 2 doses, injetadas aproximadamente com 2 meses de diferença; a primeira dose garante uma proteção de 70 a 90%, enquanto com a segunda dose a imunidade aumenta para até 98%.

Em alguns casos as pessoas vacinadas podem contrair igualmente o vírus, no entanto, ele aparecerá de forma muito leve e sem complicações. Hoje em dia, os bebês de 12 a 15 meses recebem esta vacina, que será reforçada novamente entre os 4 e os 6 anos. Apesar de ser a melhor forma de prevenir a catapora em adultos e crianças, a vacinação é contraindicada para:

  • Mulheres grávidas, por isso é recomendável realizar um exame para determinar a imunidade a este vírus antes de engravidar. Existe a opção de injetar globulina imune para reduzir o risco de contágio durante esta etapa importante.
  • Pessoas com um sistema imunológico comprometido.
  • Quem possa ter alergia a qualquer um dos componentes da vacina.
Como prevenir a catapora em adultos - Vacina contra a catapora, a melhor prevenção

Outras sugestões para prevenir o contágio

A catapora é uma doença altamente contagiosa que pode ser transmitida 1 ou 2 dias antes do aparecimento das primeiras bolhas e seguir sendo contagiosa até que elas sequem; isto faz com que a doença possa se propagar rapidamente. Para evitar a infecção é básico manter-se afastado de qualquer pessoa com o vírus até que as bolhas cicatrizem por completo, o que pode demorar de 10 dias a várias semanas, dependendo do caso.

Se a pessoa infectada encontra-se em casa é recomendável:

  • Consultar seu médico sobre a possibilidade de consumir antivirais para reduzir o risco de infecção. Este tipo de medicamento pode ajudar seu sistema imunológico a lutar contra o varicela-zoster e a reduzir a intensidade dos sintomas em caso de contágio. Esta opção só é recomendável se não contar com um bom sistema imunológico e, no caso das mulheres, quando não houver uma gravidez.
  • Colocar uma máscara no paciente e usar também uma máscara para reduzir o contágio. Do mesmo modo é conveniente que a pessoa com catapora tenha as unhas muito curtas para evitar coçar e que o vírus fique nesta zona, facilitando a sua propagação.
  • O vírus da catapora pode sobreviver fora do corpo por algumas horas, por isso é fundamental lavar as mãos com frequência, esfregando-as bem por pelo menos 30 segundos. Além disso, recomenda-se manter a casa desinfetada, principalmente os espaços onde a pessoa doente se encontra, assim como as áreas comuns mais sensíveis como a cozinha, o banheiro, a sala de jantar, etc. O vinagre branco é um excelente produto de limpeza natural que pode ajudar nesta tarefa.
  • Os lençóis, pijamas e toalhas devem ser de uso exclusivo e devem ser lavados com frequência em ciclos superiores aos dos 60 ºC com o fim de eliminar os vestígios do vírus. Não compartilhar nenhum objeto pessoal com a pessoa infectada; isso inclui cobertas, pratos, copos, toalhas, pentes, roupa, entre outros.
  • Ao entrar em contato direto com alguém que está com catapora lave suas mãos em seguida, evitando ao máximo tocar os seus olhos ou boca. O vírus pode penetrar em seu corpo através destas mucosas, levando a um contágio.
Como prevenir a catapora em adultos - Outras sugestões para prevenir o contágio

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como prevenir a catapora em adultos, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como prevenir a catapora em adultos

O que lhe pareceu o artigo?

Como prevenir a catapora em adultos
1 de 3
Como prevenir a catapora em adultos

Voltar ao topo da página