menu
Partilhar

Como prevenir a E. Coli

Por Redação umCOMO. Atualizado: 8 fevereiro 2017
Como prevenir a E. Coli

A Escherichia Coli (E. Coli) é uma bactéria que se encontra nos nossos intestinos e que também se pode reproduzir na água estancada. Existem muitos tipos de E. Coli, alguns deles necessários para o corpo humano, pois ajudam na flora intestinal favorecendo a absorção de nutrientes. Mas também existem outros tipos de E. Coli que podem ser problemáticos para o organismo, podendo causar diferentes doenças, como infecções urinárias ou do aparelho digestivo. Ter cuidado com a limpeza dos alimentos e com a nossa própria higiene é fundamental para evitar o seu contágio, especialmente no caso de crianças e pessoas da terceira idade, mais propensos a sofrer de sintomas intensos que levem à fraqueza e desidratação. Por isso, neste artigo do umCOMO explicamos-lhe como prevenir a E. coli.

Também lhe pode interessar: Como prevenir a amebíase
Passos a seguir:
1

Mexemos com as nossas mãos tudo o que nos rodeia, por isso esta zona pode se converter em uma fonte de infecção se não tivermos em conta as medidas oportunas. Para prevenir a E. coli é muito importante:

  • Lavar bem as suas mãos com água e sabão durante 30 segundos antes de cozinhar ou mexer em alimentos. Nunca deve cozinhar com as mãos sujas.
  • Limpe as suas mãos cuidadosamente depois de ir ao banheiro, especialmente após evacuar. As bactérias da E. coli que vivem no nosso intestino podem entrar em contato com outros elementos ou zonas do corpo, como é o caso da boca ou da área vaginal nas mulheres, causando infecções urinárias ou gástricas.
  • Após realizar atividades como limpar o banheiro ou mudar a fralda do bebê também é importante lavar bem as mãos.
  • Certifique-se que as crianças em casa tenham em conta estas medidas de higiene e vigie que lavam as suas mãos após ir ao banheiro, antes de comer ou depois de mexer em objetos muito sujos.
Como prevenir a E. Coli - Passo 1
2

As carnes que consumimos podem se converter em um foco de infecção desta condição, por isso para prevenir a E. coli é muito importante manipulá-las de forma adequada, por isso recomendamos:

  • Não quebrar com a cadeia de congelação dos alimentos. Uma vez que a carne seja descongelada não deverá voltar a congelar, deve cozinhá-la e conservar de forma adequada. Deve descongelá-la de preferência na geladeira em uma zona especial afastada dos restantes alimentos, ao fazê-lo fora da geladeira corre o risco de com o calor proliferarem as bactérias.
  • Evite a ingestão de carne crua, certifique-se que o ponto de cozimento seja sempre o adequado. No caso de preferir a carne pouco feita, lembre-se que deverá sempre congelá-la antes de a ingerir pois as baixas temperaturas matam a maior parte das bactérias.
  • Cada vez que utilizar a tábua de cortar para manipular carnes cruas, tem que a lavar bem, mesmo que depois a tenha de voltar a utilizar. Isto é fundamental para eliminar as possíveis bactérias e garantir que as mesmas não afetem outros alimentos ou ingredientes.
  • Não use a mesma faca para cortar comida crua como a carne, que para cortar alimentos que se vão consumir sem cozinhar como por exemplo a alface.
  • Nunca utilize o mesmo prato em que esteve a carne crua para colocar a cozinhada ou corre o risco das possíveis bactérias passarem para o produto preparado.
  • Não permita que as carnes cruas entrem em contanto com outros alimentos, especialmente com aqueles que comerá sem cozinhar ou pouco cozinhados, como é o caso de algumas verduras ou frutas.

Aprenda a identificar se a carne está estragada neste outro artigo.

Como prevenir a E. Coli - Passo 2
3

Outras recomendações úteis e importantes para prevenir a E. coli são:

  • Antes de consumir frutas e verduras, lave-as bem, para isso pode mergulhar os produtos em umas gotas de água sanitária dissolvidas em água. Esta medida é especialmente importante quando ocorrem surtos de infecções de E. coli.
  • Quando for a um restaurante tenha especial cuidado com os pratos que levam ovos crus ou maionese, uma vez que estes alimentos também podem transmitir esta bactéria. Do mesmo modo, se não confiar na procedência do produto, coma sempre a carne bem cozida.
  • Por último, mas não menos importante, evite o contato direto com objetos que tenha trocado com uma pessoa doente de Escherichia coli. Antes de utilizar qualquer objeto que possa estar infetado, tem que o desinfetar bem.
Como prevenir a E. Coli - Passo 3
4

A maioria das pessoas que sofre de problemas gastrointestinais devido à E. coli recupera entre 5 e 10 dias sem a necessidade de tratamento, embora no caso das crianças pequenas e pessoas da terceira idade seja conveniente consultar o médico se os sintomas se prolongarem por mais de 2 ou 3 dias ou se apresentarem diarreias muito intensas e risco de desidratação.

Para se recuperar desta condição, o mais importante é o repouso, beber muito líquido e seguir uma dieta macia que evite a irritação do intestino. No nosso artigo mostramos-lhe os alimentos permitidos em uma dieta macia, em que poderá encontrar algumas alternativas recomendadas para garantir o seu bem-estar gástrico nestes casos.

Quando esta bactéria causa infecções urinárias, é necessário consultar um médico, pois a ingestão de antibióticos é imprescindível nestes casos para controlar a infecção e aliviar os incômodos.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como prevenir a E. Coli, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como prevenir a E. Coli
1 de 4
Como prevenir a E. Coli

Voltar ao topo da página