menu
Partilhar

Como prevenir o Ebola

Como prevenir o Ebola
Imagem: EFE | Ahmed Jallanzo

Descrito pela primeira vez em 1976, o vírus do Ebola é uma doença infecciosa altamente contagiosa que hoje em dia ainda não tem um tratamento para a sua cura. Embora as principais regiões afetadas se encontrem na África Central e Ocidental, o certo é que se podem produzir casos isolados em outras zonas do planeta. É por isso que é fundamental tomar precauções e reduzir a sua propagação, assim sendo em umComo.com.br queremos aumentar a sua informação sobre como prevenir o Ebola.

Também lhe pode interessar: Como surgiu o vírus Ebola
Passos a seguir:
1

Em primeiro lugar, é importante destacar que o Ebola é um vírus (EVE) altamente contagioso que provoca uma febre hemorrágica viral e que acaba sendo altamente mortal, com uma taxa de letalidade entre os 50 e 90%. Até ao momento, a maior parte dos casos aconteceram na África Central e Ocidental, particularmente em aldeias próximas da selva tropical.

Esta doença transmite-se aos humanos e primatas através de alguns animais selvagens, considerando os morcegos frugívoros (Pteropodidae) como os principais responsáveis pelo aparecimento do Ebola.

2

Os sintomas do Ebola são muito parecidos aos de outras patologias infecciosas como por exemplo a cólera, a febre tifóide, etc. No entanto, é importante saber que atualmente não existe tratamento para curar o Ebola, tal como não existe nenhuma vacina para prevenir esta infeção, por isso a prevenção é fundamental.

3

Assim sendo, se viajou para alguma região africana, especialmente para países como a República Democrática do Congo, Serra Leoa, Guiné, Uganda ou Libéria, deverá prestas especial atenção a um possível contágio de Ebola. É por isso, que caso padeça de algum possível indício, deverá visitar um médico.

4

Além disso, as pessoas que estão ou estiverem em contato com animais selvagens (sobretudo morcegos e primatas) deverão ter em conta que o risco de contágio é maior. Desta forma, devem usar luvas e demais elementos de proteção na hora de manipular animais.

Também será fundamental que produtos como a carne e sangue destes ditos animais sejam cozinhadas e estejam bem cozidas antes do seu consumo.

5

É também necessário reduzir o contato físico com pessoas que foram infetadas pelo Ebola, assim como tomar as medidas adequadas na hora de atender estes doentes, como o uso de luvas esterilizadas. Também é imprescindível lavar as mãos regularmente depois de visitar doentes no hospital ou depois de prestas os cuidados em casa.

6

Uma das formas de transmissão do Ebola é através do contato direto com a saliva, sangue, órgão, excrementos e demais fluídos corporais da pessoa infetada. De modo que se algum familiar ou o seu companheiro contraíram a infeção, deverá extremar as precauções.

É importante destacar que o período de incubação deste vírus vai de 2 a 21 dias e em caso de ter mantido relações sexuais com infetados pelo Ebola, este período prolonga-se por sete semanas.

7

Os profissionais de saúde que atendem a possíveis infetados ou casos confirmados com EVE deverão prestar especial atenção para prevenir o Ebola, especialmente ao manter um contato próximo (menos de um metro) e proteger o rosto com uma máscara e óculos, usar bata limpa de mangas compridas e luvas.

8

Do mesmo modo, tem especial importância o fato de difundir mensagens à população sobre a perigosidade da doença, assim como das medidas que se devem tomar para evitar a propagação e contágio do Ebola.

9

Por último, devemos destacar que o vírus do Ebola não se transmite através do ar, por isso a possibilidade de um viajante se contagiar é quase remota. Durante os surtos, recomenda-se evitar as viagens "não essenciais" a países africanos como a Guiné, Libéria e Serra Leoa.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como prevenir o Ebola, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
10 comentários
tainara da silva pereira
eu nao gostei pq nao me ajudou pq eu queria um resumo de como previnir o ebola
não quero trabalho gigante
nós pedimos dicas e não textos sobre prevenção
aluno que precisa fazer trabalho curto
muito grande, meu filho
mateus gato
esa doenca e o rrorossa
mateus
é só tomar remédios
Tchissomboti
se não tem cura o que têm os indivíduos infectados
Airoso Capitia Mendonça
Qual são as causa da ebola? E onde começou essa doença?
Nelson Ferreira (Editor/a de umCOMO)
Olá Airoso, nesse link você pode ver como surgiu o Ebola: http://saude.umcomo.com.br/articulo/como-surgiu-o-virus-ebola-15526.html Obrigado pelo seu comentário! ;)
luzia pacheco adao
para prevenir a ebola não devemos comer carne de macaco e morcegos lavar as mãos com agua e sabão, não termos contacto com as pessoas infectadas pelo virus do ebola
Nelson Ferreira (Editor/a de umCOMO)
Olá Luzia, obrigada por essas dicas :)
Patricia Silva
Ola ouvi no programa bem estar que este vírus foi transmitido pelos morcegos de uma região da africa, ( morcegos de uma especie grande). Gostaria de saber se os morcegos aqui do Brasil ( de especie pequena pretos e frutíferos) também possuem esse vírus. Por aqui eles habitam muitas casas abaixo do telhado,tendo como proteção apenas os forros d casa, esses oferecem algum risco desde vírus as pessoas?
bruno henrique de souza
nao fala o qu quero saber

Como prevenir o Ebola
Imagem: EFE | Ahmed Jallanzo
Como prevenir o Ebola

Voltar ao topo da página