Partilhar

Como superar a depressão pós-férias

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como superar a depressão pós-férias
Imagem: humanasaude.com.br

A viagem que você tanto planejou, os momentos de diversão junto com a sua família ou amigos e os dias de lazer fora do comum chegaram ao fim e é normal nos sentirmos apáticos e um pouco tristes ao regressar à rotina, mas quando estes sentimentos se convertem em um assunto verdadeiramente sério fala-se em síndrome pós-férias. Em umComo.com.br, oferecemos as chaves para que descubra como superar a depressão pós-férias e não deixar que este sentimento controle seu dia a dia.

Também lhe pode interessar: Como combater a depressão
Passos a seguir:
1

A depressão pós-férias apresenta sinais muito similares aos de qualquer depressão: apatia, tristeza, irritação, insônia e ansiedade. Apresenta-se com frequência quando temos de voltar à nossa rotina, em especial, se estivermos descontentes com nosso trabalho ou vida atual.

2

Ainda que seja difícil, é importante que se prepare para retornar à sua rotina de forma positiva. Os dias de férias são um escape e uma distração, mas chegou o momento de recomeçar e, quanto mais energia utilizarmos nessa tarefa, menos tempo durará a sua tristeza.

3

Comece por recuperar seus hábitos cotidianos aos poucos. No trabalho, vá pondo em dia os assuntos pendentes e os novos projetos a serem assumidos sem pretender cobrir tudo em um único dia, pois tal ação poderia pressioná-lo e aumentar a sensação de tristeza e nostalgia.

4

Pense que estes não são seus últimos dias livres do ano. Há os fins de semana e a possibilidade de aproveitar algum feriado. É importante que aproveite seu tempo livre ao máximo para não sentir que as férias são a única oportunidade de fazê-lo.

5

O que o agrada em seu trabalho? Há sempre coisas positivas, identifique-as e trabalhe nelas. Também é um bom momento para detectar o que deseja mudar e fazer correções tanto no âmbito profissional quanto pessoal. O período fora do cotidiano ajuda a detectar mais rápido o que não funciona e tentar modificá-lo.

6

Ainda que às vezes nos envolvemos na criação de uma rotina que pode ser aborrecida, a realidade é que o dia é longo e há muito que fazer quando saímos de nosso trabalho ou deixamos nossas responsabilidades. Não se esqueça de dedicar tempo à família e aos amigos e tentar sair de vez em quando da rotina. Isso fará com que o seu dia a dia seja muito mais prazeroso.

7

Procure o bem-estar e a alegria nos pequenos detalhes de sua vida. Tudo tem seus aspectos positivos, mas devemos saber como detectá-los e trabalhá-los para conseguir a realização pessoal e afastar a frustração. Pratique um esporte, saia da rotina, desfrute de sua cidade e da companhia de seus entes queridos e se sentirá muito melhor.

8

Se após algumas semanas de sua volta ainda continuar triste, apático e deprimido, é importante que avalie com profundidade o porquê desta situação. Talvez seja o momento de mudar aspectos fundamentais de sua vida, mas antes de fazê-lo, procure descobrir quais são. Deseja um emprego melhor? Precisa melhorar sua relação sentimental, a comunicação familiar? Pense bem!

9

Se sua síndrome pós-férias se converteu em uma depressão mais profunda do que o esperado, não hesite em consultar um especialista que possa orientá-lo e ajudá-lo a superar esta situação.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como superar a depressão pós-férias, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Escrever comentário sobre Como superar a depressão pós-férias

O que lhe pareceu o artigo?

Como superar a depressão pós-férias
Imagem: humanasaude.com.br
Como superar a depressão pós-férias

Voltar ao topo da página