Partilhar
Partilhar em:

Como superar a nomofobia

Passo a Passo
Avaliação: 4,7 (13 votos)
1 comentário
25 vezes partilhado
 
Como superar a nomofobia

Hoje em dia a maioria da população possui celular, sendo este um dos avanços tecnológicos mais importantes que já vivemos. Os celulares passaram a fazer parte das nossas vidas e constituem um dos objetos pessoais mais significativos. Estima-se que 53% das pessoas com celular têm nomofobia, isto é, medo irracional de sair na rua sem ele. Se você sofre de nomofobia, aqui em umComo oferecemos algumas recomendações para ajudá-lo a superar o problema.

Também lhe pode interessar: Como superar a aracnofobia
Instruções:
1

Consulte um especialista. A nomofobia é um transtorno de ansiedade, e como tal, deve ser tratado por um profissional de saúde. Recomenda-se a terapia cognitiva comportamental que tem a ver com a modificação do comportamento.

2

Desligue o celular durante a noite. Pouco a pouco, você pode se propor uma distância do celular desligando-o durante a noite.

3

Afaste-o de você. Enquanto estiver dentro de sua casa, tente deixar o celular em outro cômodo.

4

Breves saídas sem celular. Quando tiver que sair para comprar algo ou para algum lugar próximo de sua casa, tente sair sem seu celular.

5

Elimine qualquer aplicativo que permita a você se conectar à Internet. Desta forma você reduz o uso do celular apenas para receber e enviar mensagens de texto, fazer e responder a chamadas.

6

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

7

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como superar a nomofobia, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Comentários (1)

Escrever comentário sobre Como superar a nomofobia

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Prof. Araújo - Brasilia DF
A superação da Nomofobia tem ligação direta com a alegria de viver, com os momentos de decisão nas mais variadas etapas da vida, independente de idade. Conhecemos pessoas nomofóbicas abaixo de 18 anos e acima de 60 e cabe ai um auto controle sério por parte da pessoa, equivalendo dizer, conforme artigos 2 e 4 das instruções acima, que basta nos predispormos a mudar a partir de hoje - um momento decisivo a partir de tal hora ou tal dia, elegendo uma data para início dessas mudanças de comportamento... e a vida se modifica e melhora cada ansiedade.
Sara Viega
Oi Professor, muito obrigada pelo seu comentário!

Como superar a nomofobia
Como superar a nomofobia