Partilhar

Como tomar ácido linoleico conjugado

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tomar ácido linoleico conjugado

Embora seja proibida no Brasil a comercialização do suplemento alimentar CLA, existem pessoas interessadas em saber como tomar ácido linoleico conjugado. Para explicar como o produto age no organismo, quais os seus efeitos colaterais e até porque ele foi suspenso pela Anvisa, veja as informações que o umComo.com.br tem a respeito do assunto.

Também lhe pode interessar: Como tomar ácido fólico
Passos a seguir:
1

O ácido linoleico conjugado, também conhecido apenas como CLA, é um ácido graxo presente, principalmente, em alimentos de origem animal, como a carne e o leite. Entre as suas funções, uma das que mais chama a atenção é a de trabalhar no metabolismo das gorduras, ao diminuir o tamanho das suas células. Por isso, o suplemento alimentar à base desse componente é usado por quem deseja emagrecer.

Como tomar ácido linoleico conjugado - Passo 1
2

O mais indicado é tomar ácido linoleico conjugado cerca de 20 minutos antes das refeições, todos os dias. Como o suplemento é apresentado na forma de pó, ele deve ser misturado com 300 ml de água para ser bebido. A dosagem certa vai depender de cada indivíduo, bem como das suas necessidades, sendo que no geral o rótulo dos produtos indica a ingestão de até três gramas por dia, as quais podem ser divididas em duas partes. No entanto, para fazer efeito, é preciso que seja ingerido pelo menos por seis meses, sendo esse também o período suficiente para que o usuário possa desenvolver resistência à insulina.

3

É por esse motivo que, desde 2007, a Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária proibiu a venda dos suplementos alimentares à base de CLA no país. Outra razão para essa medida consiste no fato do ácido linoleico conjugado ser responsável pelo aumento do tamanho do fígado, o que é denominado de hepatomegalia. Já a resistência à insulina é uma das principais causas do desenvolvimento da diabetes. Outros problemas que o produto pode causar são aumento do colesterol e alteração do metabolismo das gorduras. Para pessoas com doenças crônicas esses efeitos colaterais são ainda mais perigosos.

4

No curto prazo, existem outros efeitos colaterais comuns ao uso do CLA, sendo eles enjoo, diarreia, flatulência e dor de estômago. Embora esse suplemento alimentar ajude na queima de gorduras, os seus malefícios não compensam os benefícios, sendo que mesmo ao usar o produto seria preciso que os seus usuários tivessem uma alimentação saudável e equilibrada e praticassem exercícios físicos se quisessem emagrecer de maneira eficiente. Sozinho, o ácido linoleico conjugado não faz ninguém perder peso.

Como tomar ácido linoleico conjugado - Passo 4
5

Uma alternativa, portanto, é consumir o ácido linoleico conjugado de maneira natural, por meio do consumo de carnes e laticínios, que também possuem a substância, embora, em concentrações menores. As carnes que mais possuem esse ácido graxo são as dos animais ruminantes, como o boi, a vaca, a ovelha, o cordeiro, a cabra e o búfalo. Além do leite, os seus derivados que são fontes de CLA são a manteiga, o iogurte e queijos como o do tipo cottage, mozarela, cheddar e coalhada. Já uma alternativa de origem vegetal para obter o CLA é por meio dos cogumelos.

Como tomar ácido linoleico conjugado - Passo 5

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tomar ácido linoleico conjugado, recomendamos que entre na nossa categoria de Medicamentos e Suplementos.

Escrever comentário sobre Como tomar ácido linoleico conjugado

O que lhe pareceu o artigo?

Como tomar ácido linoleico conjugado
1 de 4
Como tomar ácido linoleico conjugado

Voltar ao topo da página