Partilhar

Como tratar distensão muscular

Por Nídia do Carmo. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tratar distensão muscular

A distensão ou estiramento muscular é um tipo de lesão que pode ser ser caracterizada pelo alongamento excessivo das fibras musculares. É um fenômeno muito comum nos esportes e pode condicionar os treinos dos esportistas. No entanto, a distensão muscular acontece com qualquer pessoa, mesmo que não pratique qualquer tipo de atividade física - o sedentarismo é uma das causas para a fraqueza muscular, promovendo as chances de estiramento. Alguns músculos têm maior tendência a desenvolver distensões, como é o caso dos músculos da coxa e da panturrilha. Se desconfia que tem uma lesão dessas, confirme se esse é o problema e aprenda como tratar distensão muscular nesse artigo do umComo.

Também lhe pode interessar: Como se recuperar de uma distensão muscular

Sintomas

Para fazer um diagnóstico correto, é necessário classificar o estiramento. A gravidade do problema condiciona os sintomas decorrentes e, consequentemente, os critérios para tratar distensão muscular.

Grau I - Na distensão muscular de grau I, ocorre um estiramento de menos de 5% do músculo. A dor tem um foco específico e aparece durante a contração muscular e pode melhorar com o repouso. Os danos são mínimos e a hemorragia é pequena, sendo as melhoras rápidas sem gravidade a nível funcional. A restauração das fibras ocorre rapidamente.

Grau II - No grau II, o número de fibras lesionadas e a gravidade da lesão são superiores ao grau I, atingindo entre 5 e 50% do músculo. Os sintomas do primeiro grau repetem-se, apenas aumentam de intensidade. A dor aumenta, assim como a hemorragia e o processo inflamatório. O indivíduo fica mais limitado a nível funcional e o tratamento é mais demorado.

Grau III - O grau III ocorre quando existe um ruptura muscular integral ou quando a maior parte do músculo é atingido pelo problema, atingindo mais de 50% da região. O grau III provoca uma grave perda funcional e provoca dor que varia ente moderado e intenso. A hemorragia e o edema são superiores aos outros graus e a quimosa e o hematoma podem ser visíveis.

Dica: Saiba mais sobre quais são os sintomas da distensão muscular nesse artigo.

Como tratar distensão muscular - Sintomas

Tratamento

O aconselhamento médico é essencial para tratar uma distensão muscular, especialmente nos casos de Grau II e Grau III. Para tratar uma lesão de grau I em sua casa, siga os seguintes passos:

  • Descanso: Assim que ocorrer a distensão do músculo, pare imediatamente de praticar atividade. O esforço contínuo pode levar a um rompimento, piorando a lesão.
  • Gelo: O gelo ajuda a reduzir o inchaço e a aliviar a dor. Coloque alguns cubos de gelo dentro de um pano ou de uma sacola plástica e aplique na zona da distensão por 20 minutos, repetindo o processo várias vezes por dia.
  • Bandagem elástica: Comprimir a zona da rutura ajuda a reduzir a inflamação, impedindo que a lesão piore. Com uma bandagem elástica, enrole o braço ou a perna garantindo que fica frouxa. Enrolar com muita força pode prejudicar a circulação.
  • Elevação do músculo: Elevar o músculo cima do coração providencia descanso ao músculo, permitindo que se cure mais rapidamente, e diminui o inchaço.
  • Medicamentos Analgésicos e pomadas anti-inflamatórias: Anti-inflamatórios como ibuprofeno ou aspirina podem ajudar a reduzir a dor e a permitir que você se mova com maior facilidade. Algumas pomadas com ação analgésica e anti-inflamatória podem ser aplicadas diretamente na zona para reduzir os sintomas e acelerar a recuperação. Não tome medicamentos por mais de dois dias sem recomendação médica.
  • Fisioterapia: Em alguns casos com sintomas mais severos, o médico pode recomendar que o paciente faça fisioterapia.

Dica: Saiba como diferenciar uma contratura muscular de uma distensão muscular, acessando esse artigo.

Como tratar distensão muscular - Tratamento

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar distensão muscular, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como tratar distensão muscular

O que lhe pareceu o artigo?

Como tratar distensão muscular
1 de 3
Como tratar distensão muscular

Voltar ao topo da página