menu
Partilhar

Como tratar o Lúpus

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tratar o Lúpus

As doenças autoimunes nem sempre são fáceis de tratar e podem afetar várias partes do corpo, por isso, é importante buscar tratamento junto do médico assim que o problema for diagnosticado. Para saber como tratar o Lúpus e conviver com o quadro, pois é uma doença ainda sem cura, confira o que o umComo.com.br tem a dizer sobre o assunto.

Também lhe pode interessar: O que é o Lúpus

O que é o Lúpus e quais suas causas

Mais conhecida como lúpus, a LES - lúpus eritematoso sistêmico é uma doença do tipo autoimune, ou seja, acontece quando o sistema imunológico ataca o próprio organismo por engano, destruindo os seus tecidos saudáveis. Dessa forma, afeta, entre outros órgãos, principalmente, os rins, cérebro, articulações e pele. Existem mais de 80 doenças que agem dessa maneira e o lúpus é uma das mais comuns. É possível tratar o Lúpus a partir do controle dos seus sintomas, mas não há cura para a doença.

Além disso, existem diferentes tipos do problema, um deles é o Lúpus discoide, que ataca somente a pele, sendo que surgem lesões avermelhadas, em especial, no rosto, couro cabeludo e nuca. O Lúpus sistêmico afeta a pele e outros órgãos, como pulmões, coração e mesmo o sangue. Já o Lúpus induzido por medicamentos conta com sintomas enquanto o fármaco é usado, sendo que se assemelha em muito aos sintomas do Lúpus sistêmico.

Embora a medicina ainda não saiba quais sejam as causas das doenças autoimunes, acredita-se que estejam associadas a questões ambientais e genéticas. A ciência possui palpites sobre o que pode desencadear o problema, estando entre eles, a luz solar e os medicamentos. Já o grupo que mais é afetado pelo Lúpus engloba mulheres asiáticas, afro-americanas e hispânicas entre os 15 e 40 anos, embora qualquer pessoa possa ter o problema, em todas as idades.

Como tratar o Lúpus - O que é o Lúpus e quais suas causas

Sintomas e tratamento do Lúpus

Os sintomas da doença são variados, sendo que cada pessoa pode apresentá-los de forma moderada ou grave, além de maneira permanente ou apenas temporária. Entre os mais comuns está febre, cansaço excessivo, dor nas articulações e músculos rígidos e inchados. Outro sinal é a vermelhidão no rosto, sobre as bochechas e ponta do nariz, recebendo formato de borboleta.

Lesões na pele que se desencadeiam com a exposição solar, dor no peito, dificuldade em respirar, sensibilidade à luz do sol, dor de cabeça, perda de memória e confusão mental, além de queda de cabelo, feridas na boca, mal estar generalizado e ansiedade são outros sintomas do Lúpus. Porém, conforme a parte do corpo afetada pela doença pode haver outros agravantes. Quanto ao tratamento para Lúpus, ele visa controlar os sintomas desencadeados pela doença, a fim de promover a qualidade de vida do paciente.

Quando a doença é menos grave, é possível tratar os sintomas com anti-inflamatórios não esteroides para os casos de artrite e pleurisia. Quando aparecem lesões na pele, é essencial o uso de protetor solar, além de corticoide tópico e drogas antimaláricas. Nos casos mais graves, o tratamento consiste em maiores doses de corticoides e outros remédios que minimizam o ataque que o sistema imunológico promove. Em último caso, é preciso valer-se dos fármacos que bloqueiam o crescimento celular.

Como tratar o Lúpus - Sintomas e tratamento do Lúpus

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar o Lúpus, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Como tratar o Lúpus
1 de 3
Como tratar o Lúpus

Voltar ao topo da página