Partilhar

Como tratar uma crise de asma

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tratar uma crise de asma

A asma é uma condição respiratória que ocorre quando os condutos pelos quais entre e sai ar (brônquios) ficam mais estreitos. Os pacientes que sofrem desta doença podem ter uma crise ou ataque de asma repentina causada por fatores ambientais, e é então quando as vias respiratórias se inflamam, geram mucosidade e grande dificuldade para respirar corretamente. Perante esta situação, é conveniente saber agir de forma rápida dando ao paciente o tratamento e os cuidados necessários para a sua melhora. No seguinte artigo de umComo pode encontrar alguns conselhos úteis sobre como tratar uma crise de asma. Preste atenção!

Também lhe pode interessar: Como tratar a asma brônquica
Passos a seguir:
1

As crises de asma podem aparecer de forma repentina, sobretudo quando a doença não está bem controlada. Em primeiro lugar, é fundamental conhecer quais são os possíveis sintomas ou sinais que podem alertá-lo de estar sofrendo de uma crise de asma, tendo em conta que estes variam em função de cada paciente.

No geral, quando um ataque de asma começa o paciente apresenta dificuldades para respirar, emite um som ao inalar e expirar chamado de pieira, pode ter a sensação de sufoco e um ritmo cardíaco acelerado. Além disso, como consequência da falta de oxigênio, é possível que os lábios e a pele fiquem ligeiramente azulados e apareçam suores frios.

Como tratar uma crise de asma - Passo 1
2

Perante uma crise de asma, em primeiro lugar e mais importante é preciso manter a calma e utilizar de forma imediata o tratamento de inaladores prescritos pelo médico. Geralmente, receita-se o uso de broncodilatadores de ação rápida, os quais servem como o seu nome indica para dilatar os brônquios e conseguir que o ar entre nos pulmões de forma simples. O aconselhável é realizar duas inalações lentas e profundas mas no caso de crises de asma graves é provável que o paciente possa precisar de até 4 aspirações, embora se deva seguir sempre as instruções indicadas pelo médico. Se for necessário, durante um ataque de asma, pode-se utilizar o broncodilatador a cada 20 minutos no período de duas horas.

Como tratar uma crise de asma - Passo 2
3

Os broncodilatadores de ação rápida atuam de forma parcial, uma vez que quando as paredes dos brônquios se inflamam ou existe uma produção excessiva de mucosa, é necessária a administração de medicamentos corticoides anti-inflamatórios. Estes devem ser receitados sempre pelo médico e será ele mesmo quem lhe deverá indicar como os tomar no caso de sofrer um ataque de asma, pois é possível que nessa situação tenha que dobrar a dose habitual ou alterná-la com o broncodilatador.

4

Há algumas medidas que podem ajudar a tratar uma crise de asma e fazer com que o paciente se sinta melhor favorecendo a respiração e a passagem do ar. É importante que a pessoa afetada se sente inclinada para a frente, apoiando os antebraços em uma mesa e relaxando os ombros e a cabeça. Deve começar a respirar de forma lenta pelo nariz e com a boca fechada e ir enchendo lentamente as bochechas; além disso, afrouxar a roupa pode ser algo de grande alívio.

5

Se uma vez que tenha colocado em prática todos os conselhos citados anteriormente para tratar uma crise de asma, o paciente não melhorar é fundamental solicitar ajuda médica com urgência.

No caso das crianças com asma, deve redobrar as precauções e ir às urgências de forma imediata se o pequeno apresentar grandes dificuldades para respirar, se se ouvirem apitos com muita clareza, estiver sonolento ou demasiado irritável, estiver pálido ou roxo, assim como se não responder ao tratamento receitado pelo seu pediatra.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar uma crise de asma, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como tratar uma crise de asma

O que lhe pareceu o artigo?

Como tratar uma crise de asma
1 de 3
Como tratar uma crise de asma

Voltar ao topo da página