Partilhar

Como viver com HIV (AIDS)

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como viver com HIV (AIDS)

Mesmo com muitas campanhas voltadas ao combate da AIDS, o número de infectados no Brasil e em todo o mundo cresce a cada ano. Embora a doença não tenha cura, é possível tratá-la de forma a se ter uma vida normal, no entanto, além dos medicamentos fazem parte do tratamento outros cuidados, inclusive, a alimentação. Veja como viver com HIV (AIDS) com as dicas que o umComo.com.br reuniu sobre o assunto.

Também lhe pode interessar: Qual é a diferença entre HIV e AIDS
Passos a seguir:
1

Hoje em dia, existem muitas pessoas que aprenderam a viver com HIV, o vírus que é transmitido por meio de relações sexuais, principalmente, e que pode causar a AIDS – Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Esse vírus pode ficar encubado no organismo muitos anos, sem apresentar sintomas, porém, quando se manifesta ataca as células do sistema imunológico, fazendo com que o corpo perca as suas defesas e tornando-o suscetível a uma série de doenças.

Saiba mais sobre qual é a diferença entre HIV e AIDS no nosso artigo.

Como viver com HIV (AIDS) - Passo 1
2

Os medicamentos antirretrovirais que o paciente deve tomar têm a função de controlar o HIV, evitando a sua proliferação no organismo, além de ajudar na recuperação das defesas do corpo. Com isso, é possível que o portador tenha qualidade de vida, desde que não se esqueça de tomar os remédios, caso contrário, o vírus pode criar resistência, diminuindo a sua eficiência. O mesmo ocorre se o tratamento medicamentoso for abandonado. O SUS - Sistema Único de Saúde oferece os remédios para a AIDS de forma gratuita a todos os que precisam.

3

Além disso, quem tem AIDS deve usar camisinha em todas as relações sexuais, para não contaminar outras pessoas, mas também para não ser infectado novamente pelo HIV e nem mesmo por outras doenças sexualmente transmissíveis. Quando isso acontece os remédios podem não fazer mais efeito, causando complicações para a saúde. No entanto, ter AIDS não impede que a pessoa tenha uma vida afetiva, bem como social e profissional.

4

Já a alimentação equilibrada e saudável vai ajudar a manter o sistema imunológico fortalecido, a fim de evitar infecções, que se adquiridas podem causar complicações mais graves a pessoas que não possuem o HIV. Além disso, a alimentação correta ajuda a pessoa a ter o peso adequado, pois a doença pode acelerar o metabolismo e causar um emagrecimento indesejado. Nesse sentido, as proteínas magras (cortes magros de carne vermelha, peixe e frango) e as gorduras boas são os principais aliados do cardápio de quem possui AIDS.

5

Já as boas gorduras podem aparecer nas refeições por meio de queijos magros, azeite de oliva, abacate e oleaginosas (nozes, castanhas, pistaches e outras). Também é fundamental seguir todas as dicas da reeducação alimentar: comer a cada três horas, não pular refeições, muito menos o café da manhã, dar preferência aos alimentos integrais, evitar os alimentos industrializados e ricos em sal, açúcar e gorduras de baixa qualidade. Beber muita água todos os dias é essencial, além de sucos naturais, água de coco e chás.

6

Pessoas que convivem com o HIV podem sofrer com náuseas, por causa dos remédios. Nesses momentos, o melhor é ingerir porções reduzidas de alimentos mais pastosos, a fim de diminuir os efeitos colaterais do tratamento. Alguns exemplos são iogurte natural e purê de batatas. Chá de gengibre também ameniza os sintomas. Outra dica ao ter enjoos é não beber enquanto estiver comendo, já que o líquido atrapalha a digestão e pode causar refluxo.

7

A diarreia também pode ser comum em portadores de HIV, sendo que nessa hora o indicado é evitar o leite e seus derivados e consumir mais frutas e cereais, que são ricos em fibras. O cuidado com alimentos congelados deve ser ainda maior quando existe a doença, lembrando que eles nunca devem ser descongelados fora da geladeira, pois o risco de contaminação por bactérias é maior.

Como viver com HIV (AIDS) - Passo 7
8

Como o paciente tem o sistema imune fragilizado uma infecção pode ser mais grave. Pelo mesmo motivo, é preciso lavar muito bem as frutas, legumes e verduras em água corrente, além de cortar a casca dos alimentos. Em alguns casos, é importante ainda sempre cozinhar os alimentos antes de os consumir. Por fim, outro cuidado ao conviver com o HIV é ao comer fora de casa, sendo importante só escolher lugares de confiança e que sejam bem limpos.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como viver com HIV (AIDS), recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como viver com HIV (AIDS)

O que lhe pareceu o artigo?

Como viver com HIV (AIDS)
1 de 3
Como viver com HIV (AIDS)

Voltar ao topo da página