menu
Partilhar

Doença de Haff - Sintomas, causas e tratamento

Por Redação umCOMO. 2 fevereiro 2017
Doença de Haff - Sintomas, causas e tratamento

Apesar de ser considerada rara, ocasionalmente aparecem casos e surtos da Doença de Haff no Brasil. Essa patologia é relativamente recente, visto que na literatura médica o primeiro caso registrado foi em 1924, seguido por outros registros entre 1934 e 1984 na Suécia, União Soviética e Estados Unidos. No Brasil, os casos que mais chamaram a atenção foram na Bahia, sendo que o diagnóstico de alguns não foi considerada e então foram chamados de Doença da Urina Preta. Ela é conhecida por afetar a os rins, coagulação sanguínea, fígado e sistema digestório. Para te deixar por dentro tema, veja as informações que o umCOMO reuniu sobre o assunto Doença de Haff - Sintomas, causas e tratamento.

Quais são os sintomas da Doença de Haff

A Doença de Haff surge de forma repentina e os sintomas podem se manifestar entre 2 e 24 horas após o consumo de alimentos contaminados. Na grande maioria dos casos os alimentos relacionados com a Doença de Haff são peixes de água doce, crustáceos e outros frutos do mar, e a intoxicação ocorre independente de o alimento estar bem cozido ou não.

O sintoma que chama mais atenção é a cor escura da urina que sai marrom ou preta, como refrigerantes a base de cola, café ou chá preto. Junto com a alteração da cor da urina vem uma forte rigidez e dor muscular que aparece repentinamente, de uma hora para outra, podendo ser acompanhada de dor no tórax e uma consequente sensação de falta de ar.

Entre os sintomas da Doença de Haff também está uma dormência e perda de força que atinge o corpo todo.

Doença de Haff - Sintomas, causas e tratamento - Quais são os sintomas da Doença de Haff

Quais são as causas da Doença de Haff

As causas da Doença de Haff não são totalmente conhecidas, entretanto, todos os diagnosticados antes de apresentar os sintomas comeram peixes ou frutos do mar, sendo que os casos mais conhecidos e recentes envolviam as espécies: Tambaqui, Pirapitinga, Lagostin e Pacu-Manteiga.

A hipótese mais considerada é a de que esses alimentos estavam contaminados com uma toxina que apesar de não alterar a cor e o sabor da comida, pois nem mesmo a cozedura pode destruí-las, afeta o organismo.

Uma das primeiras teorias era a de que essa contaminação acontecia pela presença de arsênio ou mercúrio. No entanto, nada foi comprovado. A Doença de Haff surgiu no século 20 e até hoje se não pode dizer ou identificar ao certo qual é a toxina que provoca essa patologia.

Doença de Haff - Sintomas, causas e tratamento - Quais são as causas da Doença de Haff

Como é o tratamento para a Doença de Haff

Até 24 horas após o consumo de um alimento contaminado, os sintomas da Doença de Haff começam a se manifestar. Apesar de algumas epidemias, a Doença de Haff é considerada uma doença rara, o que faz com que o seu diagnóstico passe por muitas possibilidades de suspeitas antes de chegar a esta.

Para chegar ao diagnóstico, além de analisar e considerar os sintomas o médico pode pedir exames de sangue, urina e até uma tomografia. Embora não seja considerada fatal se a Doença de Haff não for tratada ela pode resultar na falência múltipla dos órgãos e levar à morte.

Para amenizar os sintomas e tirar a dor analgésicos e anti-inflamatórios são receitados. Em casos mais complicados a internação em hospital é indicada para receber o tratamento mais adequado através de soro na veia prevenir insuficiência renal devido ao excesso de resíduos no sangue e conter desidratação.

Além disso, muita água e, em alguns casos, remédios diuréticos. O tempo de tratamento varia de acordo com a evolução do paciente, ele deve receber alta quando os exames voltam às taxas normais e não há mais probabilidades de danificar os rins. A recuperação costuma ser rápida quando há acompanhamento médico.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Doença de Haff - Sintomas, causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
pedro renato chocair
Qual a origem ou o significado do nome HAAF?

Doença de Haff - Sintomas, causas e tratamento
1 de 3
Doença de Haff - Sintomas, causas e tratamento

Voltar ao topo da página