Partilhar

Erva-de-santa-maria serve para quê? - Usos e contraindicações

 
Por Sara Viega. Atualizado: 15 maio 2018
Erva-de-santa-maria serve para quê? - Usos e contraindicações

Também popularmente conhecida como mastruz, ambrósia, ou erva formigueira, a Erva-de-santa-maria tem o nome científico de Dysphania ambrosioides, e é originária do México. Por ter muitas propriedades medicinais essa erva é muito usada para diferentes fins na medicina popular. É por isso que o umCOMO reuniu todas as informações que você precisa para saber: Erva-de-santa-maria serve para quê?

Também lhe pode interessar: Para que serve o coentro

Benefícios da Erva-de-santa-maria

  • Alivia problemas respiratórios
  • Anti-inflamatória
  • Antiviral
  • Antisséptica
  • Analgésica
  • Cicatrizante
  • Diurética
  • Estimulante
  • Evita gases
  • Fungicida
  • Melhora a circulação
  • Reduz insônia
  • Rica em vitamina B9
  • Purgante
  • Sedativa
  • Vermífuga

Erva-de-santa-maria emagrece?

Não. A erva formigueira não deve ser usada como tratamento para emagrecimento. Apesar do seu efeito laxante, o consumo em excesso pode causar enjoos e complicações. Para receitas de chás que auxiliam no emagrecimento confira o artigo sobre 6 receitas de chá detox.

Onde encontrar Erva-de-santa-maria?

O ideal é comprá-la em lojas de produtos naturais ou feiras para se ter certeza que realmente se trata da planta em questão. A Dysphania ambrosioides cresce facilmente em qualquer terreno, principalmente nos que têm mais umidade no solo, podendo alcançar até 1 metro de altura. As raízes são esbranquiçadas, as folhas verdes e dentadas, em algumas épocas do ano aparecem frutinhos secos (que não devem ser consumidos) e flores pequenas verdes ou brancas.

Contraindicações da Erva-de-Santa-Maria

Apesar de todos os benefícios, a erva formigueira é considerada uma planta forte e tóxica que não pode ser consumida por todos, tem efeitos colaterais e contraindicações. Dores de cabeça e náuseas são os mais comuns quando ela é consumida em excesso, mas há ainda relatos de problemas no coração e respiratórios quando não bem ministrada ou consumida em excesso, pode ser considerada letal.

O consumo de matsruz como medicamento natural deve ser sempre acompanhado por um médico. Crianças com menos de 2 anos e gestantes estão estritamente proibidas de tomar a Erva-de-santa-maria.

Erva-de-santa-maria-aborta?

Não há estudos comprovados quanto ao efeito abortivo da erva-de-santa-maria, mas ela é contraindicada para gestantes e quem tem suspeita de gravidez. Por estimular a circulação, o consumo da planta pode aumentar as contrações uterinas, provocando dores abdominais e a possível perda do feto ou má formação quando o aborto não acontece. Na teoria, os efeitos são parecidos ao consumo do chá de canela.

Como preparar Erva-de-santa-maria

Chá de Erva-de-santa-maria

O consumo mais comum do mastruz no Brasil é pela infusão, que ajuda a mascarar o sabor intenso. A Erva-de-santa-maria deve ser consumida com moderação devido aos seus efeitos colaterais. Como chá, a erva tem efeito laxante e é indicada principalmente para prisão de ventre, mas também é indicada para pessoas que praticam exercícios físicos.

Se você tem a planta, você pode preparar o chá da seguinte maneira:

  1. Em 1 litro de água, acrescente 2 colheres (sopa) de Erva-de-santa-maria;
  2. Deixe ferver;
  3. Assim que levantar fervura, apague o fogo, coe e deixe esfriar até uma temperatura suportável;
  4. Depois, basta tomar o chá com a restrição de no máximo duas xícaras por dia.

Erva-de-santa-maria com leite

A vitamina de mastruz com leite é uma opção para driblar o sabor do chá e manter as propriedades da planta. Basta bater as folhas secas com o leite no liquidificador e adoçar a gosto. A proporção é de 1/2 copo de folhas erva-de-santa-maria frescas para cada 2 copos de leite.

Emplastro de Erva-de-santa-maria

A Erva também pode ser usada de forma tópica para processos de cicatrização, tratar micoses, aliviar dores de picadas e combater parasitas como piolhos e pulgas. O emplastro de mastruz é indicado para o uso tópico, seja no caso de dores, fungos, cicatrização ou parasitas.

Para aplicar na pele, você pode preparar uma pomada caseira com 1 xícara de vinagre de maçã, 1 colher (sopa) de sal do himalaia e 1 xícara da planta picada. Basta misturar tudo até obter a consistência de uma pasta.

Para o alívio de picadas ou repelente natural, prepare uma solução na proporção de 1/2 litro de álcool para 10 folhas de erva-de-santa-maria e passe no local.

Banho de Erva-de-santa-maria

Dentro do candomblé e da umbanda, a erva-de-santa-maria é usada para banhos de descarrego, aqueles cujo objetivo é livrar o indivíduo de possíveis energias negativas e ambientes com vibrações pesadas. Nesse contexto, ela é considerada uma das ervas de Oxum.

De acordo com a tradição da umbanda, as ervas para o banho de descarrego devem ser prescritas por um medium, já que cada pessoa tem a sua erva mais indicada. A Erva-de-santa-maria é considerada uma 'erva quente' ideal para banhos de descarrego mais potentes do que o banho de sal grosso

Erva-de-santa-maria para cachorro

Um outro tipo de banho possível com o mastruz é o uso da Erva-de-santa-maria contra pulgas. Para isso, recomenda-se dar banho normalmente no cachorro e usar o chá de mastruz como a última água do enxague e deixar o cachorro secar naturalmente.

Veja também: Melão-de-são-caetano aborta? - O que você precisa saber sobre a planta

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Erva-de-santa-maria serve para quê? - Usos e contraindicações, recomendamos que entre na nossa categoria de Vida Saudável.

Escrever comentário sobre Erva-de-santa-maria serve para quê? - Usos e contraindicações

O que lhe pareceu o artigo?

Erva-de-santa-maria serve para quê? - Usos e contraindicações
Erva-de-santa-maria serve para quê? - Usos e contraindicações

Voltar ao topo da página