Partilhar
Partilhar em:

Faz mal amamentar com febre?

Faz mal amamentar com febre?

A amamentação é uma fase tão importante para a saúde do bebê quanto a própria gestação. Essa etapa, além de proporcionar uma das mais saudáveis maneiras de proporcionar a nutrição infantil, fortalece os laços entre mãe e filho. Já se sabe que o valor nutricional do leite materno está diretamente relacionado aos hábitos e saúde da mãe, é por isso que surgem muitas dúvidas em torno do tema. O umCOMO buscou informações e responde agora uma das dúvidas mais comuns: faz mal amamentar com febre?

Também lhe pode interessar: Faz mal comer gelo?

O que acontece se amamentar com febre?

A febre pode ser interpretada como uma elevação da temperatura do corpo para que o sistema imunológico funcione corretamente quando ele está desregulado. Ou seja, quando há microrganismos que podem ser prejudiciais o corpo reage aumentando a temperatura e a produção de anticorpos.

Dessa forma, no geral, considera-se permitido amamentar com febre quando ela é consequência de uma baixa imunológica. A princípio, não faz mal amamentar com febre, mas depende muito da enfermidade.

Quando a mãe está doente, sempre existe o risco de passar para o filho. Entretanto, essa transmissão, raríssimas vezes acontece através do leite. Pelo contrário, a produção de anticorpos da mãe será transmitida para a criança através do leite materno e deixará o filho até mais protegido e imune.

Para evitar o risco de contágio, em alguns resfriados mais fortes o médico pode pedir que a mãe utiliza máscaras na hora de amamentar. Já em casos de necessidade de antibiótico, o médico deve receitar um medicamento compatível com a amamentação

Poucas doenças exigem a suspensão do aleitamento materno - o HIV é uma que exige, embora ainda faltem mais estudos. No entanto, a regra é sempre consultar um médico a qualquer sinal de febre, ainda mais se ela durar mais que três dias, isso pode significar algo sério.

Se por indicação médica você tiver que parar de amamentar por um período, para que a produção de leite não pare, recomenda-se tirar o leite e descartar. Assim você não corre o risco de "secar" permanentemente nessa lactação.

Causas da febre na amamentação

Alguns quadros de febre podem ser uma consequência da própria amamentação. Uma das causas mais conhecidas entre as lactantes é a mastite, uma inflamação da glândula mamária que ocorre quando o leite não tem um fluxo ideal. Além da febre, há outros sintomas de mastite e diferentes graus de forma que só um médico pode recomendar o tratamento ideal. O que se sabe é que uma das maneiras de tratar a mastite é através da própria amamentação.

Mães que acabaram de dar a luz também podem desenvolver infecção urinária e tem como consequência a febre. O aumento da vascularização das mamas pela subida do leite ou uma obstrução da mama também são causas comuns.

Se você ficar com febre enquanto amamenta, não há motivos para pânico. Procure um médico e ele te diagnosticará e receitará a melhor maneira de lidar com a situação. A curto prazo, você pode tentar infusões e remédios caseiros para baixar a febre.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Faz mal amamentar com febre?, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Faz mal amamentar com febre?

O que lhe pareceu o artigo?

Faz mal amamentar com febre?
1 de 2
Faz mal amamentar com febre?