Partilhar

Ginecomastia: Causas e Tratamentos

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Ginecomastia: Causas e Tratamentos

Motivo de embaraço para muitos homens, o crescimento das mamas de modo anormal pode ser tratado de formas diferentes, o que vai depender do que causou a situação. Para saber mais sobre Ginecomastia: Causas e Tratamentos confira as informações que o umComo.com.br reuniu sobre o assunto para ajudar pessoas que estejam apresentando esse quadro.

Também lhe pode interessar: Como tratar ginecomastia

Quais são as causas da Ginecomastia

O aumento das mamas em homens de forma excessiva tem o nome de Ginecomastia, sendo que os fatores que causam esse quadro variam conforme a idade dos indivíduos. No entanto, vale lembrar que, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, essa situação não está relacionada com o excesso de gordura, mas sim, com o excesso de tecido mamário. Quando é em um recém-nascido que o problema surge, o motivo, normalmente, é um tipo de reação devido ao contato que teve com o estrogênio da mãe ao longo da gestação. Mas a situação costuma-se resolver sozinha.

Já em adolescentes, a principal causa da Ginecomastia é o crescimento um pouco tarde dos seus níveis de testosterona em comparação aos de estrogênio. Essa situação é relativamente comum e costuma afetar meninos que estão, em média, com 14 anos. Além disso, o aumento excessivo das mamas pode ocorrer em apenas em uma ou nas duas. Já quando são os adultos que apresentam o quadro, a razão, geralmente, é a decaída da quantidade de testosterona no organismo. Essa queda pode se dar por uma série de motivos, entre elas, insuficiência renal, hipertireoidismo, doença hepática crônica, quimioterapia, tumores e câncer de mama, embora seja rara em homens.

Outras razões para que homens adultos apresentem Ginecomastia são o uso de hormônios esteroides anabolizantes ou estrogênio ou mesmo pela simples deficiência de testosterona no organismo e devido a defeitos congênitos. Existem ainda tratamentos que podem provocar o problema como efeito colateral, no caso da terapia hormonal para câncer de próstata ou por causa da radiação nos testículos, além do uso de alguns medicamentos.

Ginecomastia: Causas e Tratamentos - Quais são as causas da Ginecomastia

Como tratar a Ginecomastia

Há duas maneiras principais de tratar a Ginecomastia em adolescentes e em adultos: tratamento com hormônios e procedimento cirúrgico, a fim de reduzir o tamanho da mama. No caso da terapia hormonal, o objetivo é impedir o efeito do estrogênio no organismo. Além disso, é importante saber qual a causa do problema para escolher o melhor tratamento.

Quem desenvolve as mamas para além do tamanho normal devido a outro problema deve primeiro tratar o que causou a Ginecomastia. Embora o quadro seja normalmente observado pelo próprio adolescente ou homem, é possível certificar-se da existência do problema se houver sintomas como dor ou inchaço na região. De qualquer forma, é o médico especialista quem vai diagnosticar o problema com exatidão.

Isso pode ser feito por um clínico geral, pediatra, urologista, dermatologista, endocrinologista, entre outras especialidades. Além de exames, o médico vai fazer algumas perguntas a fim de ajudar no diagnóstico, como se existem remédios e suplementos que o paciente usa com regularidade, se foi diagnosticada alguma doença, como é a intensidade dos sintomas, etc. Esteja preparado para fornecer todas as informações solicitadas.

Ginecomastia: Causas e Tratamentos - Como tratar a Ginecomastia

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Ginecomastia: Causas e Tratamentos, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Ginecomastia: Causas e Tratamentos

O que lhe pareceu o artigo?

Ginecomastia: Causas e Tratamentos
1 de 3
Ginecomastia: Causas e Tratamentos

Voltar ao topo da página