Partilhar

Labirintite tem cura?

Por Nicolas Santos. Atualizado: 16 janeiro 2017
Labirintite tem cura?

Labirintite é um termo popular usado para designar complicações que atrapalham o nosso equilíbrio e audição, por este motivo, pode significar muitas coisas. A "labirintite" pode estar relacionada à uma tontura, falta de equilíbrio, vertigens ou zumbidos, além de outras formas de mal estar. O termo correto para esta doença é "labirintopatia", doença do labirinto.

A labiritite tem cura quando o tratamento realizado, que pode ser a partir de sessões fisioterapêuticas, medicamentos como o Dramin e até mesmo dieta, são realizados de forma eficiente. Neste artigo, umComo.com.br responde a pergunta "labirintite tem cura?"

Também lhe pode interessar: Remédios para labirintite

O que pode causar a labirintite?

O nosso ouvido é dividido em dois componentes distintos: a cóclea e o vestíbulo; a cóclea, ou caracol, é a responsável por aquilo que ouvimos e o vestíbulo é quem estipula e mantêm o nosso equilíbrio.

Juntos, estes dois formam o labirinto. Caso estes componentes sejam afetados, por quais forem as causas, o nosso equilíbrio e audição serão afetados, causando desequilíbrios, tonturas, zumbido ou surdez.

São várias as causas da labirintite uma vez que os seus sintomas são semelhantes à sintomas de muitas outras doenças, estas podem ser graves apenas pequenos distúrbios como a alimentação. O nosso sistema de audição consome muita energia e depende constantemente do suprimento de oxigênio e açúcar. O indivíduo quando afetado por algum fator que impeça o adequado abastecimento do sistema de audição pode ser um causador de labirintite. Um bom exemplo disso é a tontura que temos quando ficamos muito tempo sem comer.

A labirintite tem cura?

Como foi dito, a labirintite possui uma cura, quando tratada adequadamente. Isso dependerá do grau de esforço do paciente, sendo que o cuidado com a alimentação se tem labirintite é essencial.

Os remédios que podem ser utilizados no tratamento da labirintite são geralmente da classe anti-vertiginosos e anti-eméticos que devem ser prescritos por um profissional da área, o otorrinolaringologista.

Além disso também existem os tratamentos fisioterapêuticos para labirintite que ajudam a restabelecer o equilíbrio do indivíduo. A regulamentação da alimentação é uma das etapas do tratamento da labirintite, uma vez que alguns alimentos podem melhorar e outros, piorar o estado de labirintite.

Já para os casos de labirintite emocional, o controle do stress e da ansiedade são os primeiros passos para regularizar a saúde do nosso ouvido, às vezes pode ser necessário recorrer à um psicólogo. Acesse como tratar labirintite emocional para saber mais sobre este tipo de labirintite.

Veja também:

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Labirintite tem cura?, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Labirintite tem cura?

O que lhe pareceu o artigo?

Labirintite tem cura?
Labirintite tem cura?

Voltar ao topo da página