Partilhar

Neurontin - Indicações, uso e efeitos

Por Nicolas Santos. Atualizado: 20 janeiro 2017
Neurontin - Indicações, uso e efeitos

Neurontin é um medicamento utilizado para tratar vários tipos de epilepsia (crises que limitam algumas partes do cérebro) As cápsulas de Neurontin 300 mg ou 400 mg contém o equivalente a 300 mg ou 400 mg de gabapetina. Sua substancia ativa.

Neste artigo, umComo te mostra as indicações, posologia, efeitos colaterais e outras informações relevantes do Neurontin.

Também lhe pode interessar: Zovirax - Indicações, uso e efeitos

Indicações

No caso de eplepsia, o Neurontin é indicado como monoterapia no tratamento de crises parciais possuindo ou não generalizações secundárias, em adultos e em crianças que possuam mais de 12 anos. Tanto a segurança quanto a eficácia do remédio ainda não foram estabelecidas para crianças abaixo desta faixa etária.Também é indicado como tratamento terapêutico de crises parciais com ou sem generalizações.

Pode ser indicado para o tratamentos com dor neuropática em adultos de 18 anos ou mais.

Contra indicações

Neurontin é contraindicado para pacientes com hipersensibilidade à gabapentina ou qualquer outro componente da formula do remédio. Além dos pacientes com menos de 12 anos.

Advertências gerais:

Mesmo que não existam relatos de crises de rebote por causa da gabapentina, a suspensão de anticonvulsivantes em pacientes de epiléticos pode piorar o estado de crise. Caso o seu médico resolva reduzir a dose, descontinuar ou substituir o tratamento por outro anticonvulsivante, isto deverá ser feito aos poucos, entre o período mínimo de uma semana. O seu tratamento não é eficaz em crises de ausência segundo indicações médicas. Os pacientes devem estar atentos e observar os sinais de depressão do sistema nervoso central, assim como a sonolência.

Não há estudos adequados e bem controlados com mulheres grávidas. Como as experiências são sempre reproduzidas em animais não é possível se obter certeza com os resultados em humanos, logo, o remédio deve ser utilizado em caso de gravidez apenas se o benefício for proporcional ao risco para o bebê e justificar o seu uso, e isto deve ser equacionado por um médico.

Efeitos colaterais

O estudo do Neurontin foi avaliado em mais de 2000 pacientes, incluindo os participantes dos estudos terapêuticos. Também foi avaliado como monoterapia em mais de 600 pacientes. Os eventos percebidos foram geralmente de intensidade leve ou moderada.

Alguns dos efeitos mais percebidos foram:

  • Ataxia
  • Tontura
  • Sonolência
  • Fadiga

Estes efeitos estão entre 5 e 15% dos 2000 pacientes avaliados, existem possibilidades de outros efeitos colaterais mas com pequenas possibilidades de ocorrerem. Para mais informações, vide a bula.

Posologia

O Neurontin é administrado por via oral, podendo ser ingerido acompanhado ou não por alimentos. Cada cápsula de 300 mg ou 400 mg contém 300 mg ou 400 mg de sua substancia ativa, respectivamente. A quantidade que o paciente deve tomar depende da prescrição médica realizada.

Neurontin - Indicações, uso e efeitos - Posologia

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Neurontin - Indicações, uso e efeitos, recomendamos que entre na nossa categoria de Medicamentos e Suplementos.

Conselhos
  • Não faça automedicação. Consulte sempre um médico antes de tomar qualquer medicamento e siga as suas instruções.

Escrever comentário sobre Neurontin - Indicações, uso e efeitos

O que lhe pareceu o artigo?

Neurontin - Indicações, uso e efeitos
1 de 2
Neurontin - Indicações, uso e efeitos

Voltar ao topo da página