menu
Partilhar

O que é Necrose

Por Nicolas Santos. Atualizado: 16 janeiro 2017
O que é Necrose
Imagem: wikipedia.com

Quando uma célula ou parte dela morre, por meio de uma lesão irreversível ocorre o que chamamos de Necrose. Quando as funções orgânicas e o metabolismo da célula deixam de funcionar. Entretanto, a necrose também ocorre de forma natural, o que é um mecanismo natural da célula para a manutenção do equilíbrio tecidual, conhecido por morte programada.

Neste artigo umComo te explica o que é necrose e como ela age nas células.

Causas da necrose

A necrose na célula pode ocorrer de duas formas, da forma natural como já dito e que também pode ser chamada de apoptose ou da forma não-natural, que pode ocorrer por diversas etiologias, elas podem ser:

  • Insuficiência circulatória (necroses isquêmicas): como infartos, úlceras e vasoconstrições.
  • Agentes químicos: substâncias toxicas, álcool, drogas, detergentes, etc.
  • Agentes físicos: ações mecânicas, efeitos magnéticos, radiação e temperatura
  • Agentes biológicos: para o caso de vírus, infecções bacterianas e micóticas, parasitismo, etc.

A necrose resulta na morte total do núcleo da célula e esse fenômeno é dividido em 3 etapas, são elas: Picnose, cariorrexe e caliólise. Picnose é quando o núcleo reduz de tamanho, tornando-se mais achatado que o normal; a sua massa se torna mais ácida e por fim se torna homogêneo se tornando uma massa única com o resto da célula. Cariorrexe é quando a célula começa a perder os seus limites nucleares e cariólise é o final do processo, quando tanto o núcleo quanto a cromatina desaparecem.

Tipos de necrose

  • Necrose por coagulação: O tecido incha, apresentando maior firmeza com coloração cinza e opaca, com aspecto de albumina coagulada. Quase não há retração e com a isquemia os tecidos incham.
  • Necrose por liquefação: Mais comum em tecidos ricos em lipídeos e carentes de coagulação, como é o caso do SNC (sistema nervoso central). No caso de surgir em tecidos ricos em albuminas coaguláveis se fundem por ação das bactérias ou proteases leucócitos.
  • Necrose caseum: Caseum, que do latim significa queijo, é uma forma muito distinta de necrose por coagulação. A olho nu o tecido fica esbranquiçado, amolecido e com aspecto de queijo friável. É encontrada nos tecidos infectados com bacilo tuberculoso.
  • Necrose fibrinóide: O tecido adquire um aspecto rosado e vítreo parecido com a fibrina. Ocorre nas pequenas artérias, ainda sim maiores que as arteríolas em algumas situações básicas: Doença autoimune ou hipertensões arteriais malignas.
  • Necrose gangrenosa: A gangrena não pode ser chamada de um tipo específico de uma necrose mas ela é utilizada nas práticas clínicas para descrever uma espécie de necrose coagulada, comum na extremidade dos membros que foram privados de suprimentos sanguíneos. Por isso associa-se a uma infecção causada por microorganismos bacterianos. Este tipo de necrose é modificada pela liquefação produzida pelas bactérias, tornando-a gangrena úmida.
  • Necrose hemorrágica: É um tipo especial de necrose que deixa o tecido adiposo esbranquiçado, é comum em casos de pancreatite aguda, quando as lipases ativada extravasam os ácinos pancreáticos, caindo na parênquima e na cavidade peritoneal.

O processo necrótico pode se cicatrizar devido ao conjunto vascular. A parte necrosada dos tecidos pode ser eliminada em peles ou órgãos ocos mas deixando cavidades e formando as úlceras.

O que é Necrose - Tipos de necrose
Imagem: wikipedia.com

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é Necrose, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que é Necrose
Imagem: wikipedia.com
Imagem: wikipedia.com
1 de 2
O que é Necrose

Voltar ao topo da página