Partilhar

O que é uma histerectomia

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
O que é uma histerectomia

Por causa de diferentes doenças a mulher pode ter que retirar o seu útero, sendo que essa medida é a adotada apenas depois que os demais tratamentos falharam. Para você saber o que é uma histerectomia, quais os seus tipos, como funciona, como é a recuperação, quais os cuidados e possíveis complicações, confira as informações reunidas pelo umComo.com.br a respeito do assunto.

Também lhe pode interessar: O que é a Curetagem

O que é histerectomia e quais seus tipos

Histerectomia é o nome dado para a cirurgia na qual o útero é removido, podendo ser apenas parte dele ou todo o órgão e demais elementos, dessa forma, exige anestesia geral. Essa solução é usada como a última alternativa a mulheres que tenham doenças como câncer de colo de útero, mioma uterino, endometriose, sangramento uterino anormal, prolapso uterino ou crescimento anormal ou séria infecção no útero e em demais órgãos. Existem diferentes tipos desse procedimento cirúrgico, sendo que ele é escolhido conforme o problema enfrentado pela mulher.

A histerectomia parcial é a cirurgia em que apenas a parte superior do útero e do colo do útero são removidas. Nesse caso, o órgão é retirado pela vagina, o que é possível quando o útero não possui variação do seu tamanho. O procedimento é mais simples e a recuperação mais rápida. Em alguns casos, o tipo de cirurgia adotada deve ser a chamada histerectomia laparoscópica ou videolaparoscopia, que ocorre quando o útero é retirado por meio de instrumentos que são manipulados em pequenos cortes no abdômen, para tanto, o especialista tem o auxílio de uma câmera conectada a um telescópio. Nesse caso, os órgãos saem pela vagina também.

Enquanto isso, a histerectomia completa ou subtotal consiste na remoção do útero e do colo do útero. Já a histerectomia radical pode remover o útero e os seus ligamentos, bem como o colo do útero e o tecido da vagina ao redor do mesmo, além dos ovários e as trompas de Falópio. Conforme a situação, esses procedimentos podem ser feito pelo método anteriormente citado ou através da histerectomia abdominal, cirurgia que é realizada por meio de uma incisão no abdômen. Essa técnica é a mais indicada quando é necessário retirar tumores grandes. É o método mais complicado e que tem a recuperação mais longa e que exige mais cuidados.

O que é uma histerectomia - O que é histerectomia e quais seus tipos

Cuidados e recuperação da histerectomia

Para fazer a retirada do útero o mais comum é que a paciente tenha que estar de jejum, sendo necessário seguir o número de horas indicado pelo médico responsável pela cirurgia. Em algumas situações o especialista pode indicar ainda o uso de antibióticos e/ou laxantes a serem ministrados antes do procedimento. O profissional pode ainda solicitar exames de sangue, de urina e uma biopsia do endométrio a serem realizados antes do procedimento.

Conforme o tipo de histerectomia pela qual a mulher passou o tempo de recuperação varia de quatro a seis semanas, sendo que apenas depois desse período poderá voltar às suas atividades normais, inclusive, para o trabalho. Para prevenir o aparecimento de coágulos sanguíneos nas pernas é recomendado à paciente fazer leves caminhadas após um dia da cirurgia, sendo que essa medida também auxilia na cicatrização mais rápida. No entanto, durante o período de recuperação não deve levantar peso algum. Em procedimentos mais complexos a recuperação pode durar de 6 a 12 meses.

O que é uma histerectomia - Cuidados e recuperação da histerectomia

Complicações da histerectomia

Embora a histerectomia tenha o objetivo de curar uma doença ou de reduzir o problema existente, é possível que, como em qualquer procedimento cirúrgico, ocorram complicações, as quais têm menos chances de ocorrer quando a paciente segue as recomendações médicas. Entre os possíveis efeitos podem-se listar lesões na bexiga, no intestino ou no ureter, bem como infecção urinária. Há também o risco de sangramento vaginal, dificuldade em urinar, febre, vermelhidão e inchaço onde a cirurgia foi feita.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é uma histerectomia, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre O que é uma histerectomia

O que lhe pareceu o artigo?

O que é uma histerectomia
1 de 3
O que é uma histerectomia

Voltar ao topo da página