menu
Partilhar

Quais as consequências da hipoglicemia

Por Carla Fernandes. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais as consequências da hipoglicemia

O organismo suporta uma concentração de açúcar muito restrita, e caso os valores baixem estará presente de um quadro de hipoglicemia. Este distúrbio de concentração de açúcar no sangue leva ao incorreto funcionamento do cérebro, pois a glicose (açúcar) é a sua principal fonte de energia. Numa situação de hipoglicemia o sistema nervoso estimula as glândulas supra-renais para libertarem adrenalina para ajudar a compensar a falta de açúcar. Caso os valores continuem demasiado baixos o funcionamento do cérebro poderá ser prejudicado originando várias consequências. Para ficar a saber mais sobre quais as consequências de hipoglicemia não deixe de ler este artigo do umComo.

Também lhe pode interessar: Como prevenir a hipoglicemia
Passos a seguir:
1

A hipoglicemia está relacionada tanto com pessoas portadoras de diabetes como em indivíduos saudáveis, embora seja mais comum em diabéticos. A insulina produzida pelo pâncreas reduz a quantidade de glicose no sangue transferindo-a para as células, aumentando a quantidade de insulina no sangue e diminuindo a quantidade de glicose. A hipoglicemia também pode ter origem em medicamentos, quando a dose de insulina é demasiado forte ou outros remédios para controlar os diabetes. Sendo assim a hipoglicemia é considerada um dos efeitos colaterais do tratamento de diabetes, mas outros fatores podem levar a esta quebra de açúcar no sangue. A hipoglicemia não é uma doença mas sim um indicador de que pode haver um problema mais grave.

2

Existem duas formas de hipoglicemia: a provocada por medicamentos e a não relacionada com fármacos. A primeira é verificada nos diabéticos, como já foi explicado anteriormente. Quando não é induzida por medicamentos pode ser provocada depois do jejum ou hipoglicemia reativa, que surge após as refeições. O segundo tipo não é tão comum, mas poderá aparecer com alguma frequência.

Quais as consequências da hipoglicemia - Passo 2
3

Quando uma pessoa não ingerir alimentos durante um certo tempo o açúcar no sangue diminui e causa uma hipoglicemia em jejum. Já a ingestão de alimentos com alto teor de hidratos de carbono pode provocar um aumento repentino de glicose no sangue e estimular a secreção excessiva de insulina ocorrendo a hipoglicemia reativa. A dificuldade de digestão de frutose, galactose e leucina poderá desencadear também uma hipoglicemia.

4

Não ignore os sintomas de hipoglicemia pois estes podem lhe trazer consequências graves. Recomendamos que leia o nosso artigo de quais são os sintomas da hipoglicemia para ficar a par dos sintomas que se manifestam pela evidencia de queda de açúcar. O cérebro precisa de glicose para funcionar corretamente e a falta de energia pode desencadear situações mais complicadas após os sintomas. É necessário que tome medidas imediatas, consulte o artigo sobre como agir diante de uma hipoglicemia e saiba o que fazer nesta situação.

5

Se não conseguir controlar a hipoglicemia as consequências podem ser as seguintes:

  • movimentos demasiado lentos;
  • sentir dificuldade de pensar e agir;
  • dificuldade em realizar tarefas comuns do dia a dia;
  • desmaiar;
  • perder da consciência
  • Convulsões
  • Coma
  • Lesão cerebral irreversível;
  • Morte (muito raro).

Os casos que são logo alimentados depois dos sintomas não têm qualquer sequela ou consequência, acontece aos que sofrem deste problema frequentemente e não são tratados devidamente.

Quais as consequências da hipoglicemia - Passo 5
6

Na gravidez as consequências podem ser diferentes, e ocorre quando a grávida não segue todas as orientações dos profissionais:

  • tonturas;
  • fraqueza;
  • perda temporária de sensibilidade;
  • desmaio;
  • dormência ou sensação dela;
  • confusão mental.

Aconselha-se a ingestão de comida de 2 em 2 horas e de preferência alimentos com baixo teor glicêmico como as frutas com casca, cereais integrais, legumes e carnes magras.

7

Se você é propício a este problema, tome as medidas necessárias para prevenir a hipoglicemia, pois poderá se tonar um problema mais grave. Sempre que for preciso aumentar os níveis de glicose no sangue saiba como o fazer para não priorar a situação. A analise e acompanhamento de um profissional também o ajudará nestas questões de prevenção.

Quais as consequências da hipoglicemia - Passo 7

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais as consequências da hipoglicemia, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Quais as consequências da hipoglicemia
1 de 4
Quais as consequências da hipoglicemia

Voltar ao topo da página