Partilhar

Quais as primeiras vacinas do bebê

Por Ana Lopes. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais as primeiras vacinas do bebê
Imagem: lookfordiagnosis.com

A maior preocupação das mamães é ter bebês saudáveis e imunes às doenças da época ou das comuns à idade deles. No entanto, é preciso que elas façam a parte delas, com os cuidados essenciais para evitar o contágio com alguma bactéria, além de obedecer - rigorosamente - ao calendário de vacinação proposto pelos médicos e postos de saúde. Para que você não se perca em meio de tantos nomes, siglas e datas, continue a ler este artigo. Em umComo, você saberá quais são as primeiras vacinas que seu bebê deve tomar e quais suas finalidades.

Também lhe pode interessar: As melhores frutas para bebês

Ainda no hospital

É, os pequenos já “vêm ao mundo” recebendo algumas picadas de agulhas para que possam ficar protegidos das doenças do ambiente a que eles ainda não estão acostumados.

  • BCG (Bacillus Calmette-Guérin) - a vacina BCG é aplicada em dose única, no braço direito, logo após o nascimento da criança e tem o intuito de proteger contra a tuberculose. Se seu filho não tiver sido vacinado no hospital, logo após nascer, é importante que você leve ele para ser vacinado antes de completar um mês de nascido. A BCG não provoca reações imediatas. Mas, entre 2 ou 3 semanas, no local da vacina aparecerá um nódulo que evoluirá para uma cicatriz (perceptível mesmo na idade adulta).
  • Hepatite B - também ao nascer, o bebê recebe a primeira dose da vacina contra a Hepatite B (doença infecciosa e inflamatória do fígado). Vacina aplicada na lateral da coxa.

Aos 2 meses

  • Hepatite B - segunda dose.
  • Vacina Pentavalente (DTP + Hib) - com essa vacina (aplicada na coxa ou no bumbum) o seu bebê será imunizado contra:

    Difteria - que provoca a inflamação lesão das vias respiratórias e da pele;

    Tétano - doença infecciosa que causa espasmos dolorosos, rigidez dos músculos e distúrbios neurológicos;

    Coqueluche - doença altamente infecciosa que causa tosse contínua e dolorosa;

    Meningite - inflamação das membranas que envolvem o cérebro. A meningite é causada pela mesma bactéria responsável pelo contágio da pneumonia e sinusite. Assim, a vacina também protege contra essas doenças.

  • VIP (Vacina Inativa contra Poliomelite) - vacina (injetável) contra a paralisia infantil.
  • VORH (Vacina Oral de Rotavírus Humano) - previne contra o vírus que provoca diarreia, protegendo o estômago e o intestino das crianças.
  • Pneumocócica 10 - a vacina protege contra o vírus pneumococo, que causa a meningite e a pneumonia.

Aos 3 meses

  • Meningicócica C - previne contra a meningicócica, forma agravada da meningite.

Aos 4 meses

  • Vacina Pentavalente (DTP + Hib) - segunda dose.
  • VIP (Vacina Inativa contra Poliomelite) - segunda dose.
  • VORH (Vacina Oral de Rotavírus Humano) - segunda dose.
  • Pneumocócica 10 - segunda dose.
Quais as primeiras vacinas do bebê - Aos 4 meses
Imagem: paisefilhos.com.br

Aos 5 meses

  • Meningicócica C - segunda dose.

Aos 6 meses

  • Vacina Pentavalente (DTP + Hib) - terceira dose.
  • VIP ou VOP (Vacina Inativa (ou oral) contra Poliomelite) - terceira dose.
  • Pneumocócica 10 - terceira dose.
  • Influenza - protege contra os vírus que causam a gripe.

Aos 9 meses

  • Febre amarela - previne a doença transmitida por vários tipos de mosquitos.

1 ano

  • Meningicócica C - dose de reforço.
  • Pneumocócica 10 - dose de reforço.
  • SRC (Vacina Tríplice Viral) - essa vacina previne contra o sarampo, a rubéola e caxumba. A segunda dose deve ser aplicada entre os 4 e 6 anos de idade.
  • Hepatite A - doença aguda do fígado. Acomete mais as crianças, por não levarem à risca as normas de higiene, como lavar as mãos antes de comer e de lavar os alimentos antes de consumi-los.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais as primeiras vacinas do bebê, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Conselhos
  • Com o passar do tempo, os intervalos entre uma vacina e outra tornam-se maiores. Mas, é fundamental que vocês (mamães) continuem a zelar pela saúde de seus filhos. Até o primeiro ano de idade, é primordial que as vacinas sejam ministradas à risca, pois algumas doenças não têm tratamento, como a Poliomelite e a Hepatite B, por exemplo. Portanto, a vacinação é o único meio para prevenir e garantir a saúde do seu filho.

Escrever comentário sobre Quais as primeiras vacinas do bebê

O que lhe pareceu o artigo?

Quais as primeiras vacinas do bebê
Imagem: lookfordiagnosis.com
Imagem: paisefilhos.com.br
1 de 2
Quais as primeiras vacinas do bebê

Voltar ao topo da página