Partilhar

Quais os efeitos colaterais da cortisona

Por Nídia do Carmo. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais os efeitos colaterais da cortisona

A cortisona, também conhecida por corticosteroide, é um medicamento anti-inflamatório e imunossupressor. Pode ser administrada em vários formatos como cremes, comprimidos ou injeções. A cortisona pode ser prescrita para doenças de origem alérgica, inflamatória, imunológica até em alguns casos de câncer. Existem vários medicamentos no mercado que contêm esta substância, e a sua toma prolongada pode causar alguns efeitos indesejáveis nos pacientes. Existem alternativas naturais à cortisona, mas se o seu médico recomendou a toma desse medicamento você deve estar preparado para os sintomas secundários. Saiba quais os efeitos colaterais da cortisona, lendo este artigo do umComo.

Efeitos colaterais em geral

Apesar de ser um medicamento muito útil em várias doenças graves, a cortisona apresenta uma lista vasta de efeitos colaterais, especialmente se for tomada a longo prazo.

A dose e o tempo de uso são relevantes no aparecimento de sintomas secundários, pois é raro serem relatados efeitos indesejáveis com uso esporádico de cortisona.

É importante salientar que algumas drogas só são recomendadas em casos mais graves do que os efeitos adversos.

Nota: Se você está preocupado com a administração de cortisona por um período curto, relaxe pois esses efeitos só afetam tomas prolongadas.

Efeitos colaterais na pele

Os efeitos secundários da cortisona que se manifestam a nível estético são os que mais incomodam os pacientes. Doentes que tomem cortisona por mais de três meses têm grande probabilidade de sofrer alterações de cariz estético.

Equimose e púrpura são associadas a esta droga. Estes problemas, que aparecem através de pequenas hemorragias sob a pele, acontecem principalmente em zonas expostas ao sol. A perda de elasticidade e resistência da pele também pode ocorrer.

Estrias roxas na zona do abdômen, crescimento excessivo de pelos, calvície e acne também são queixas frequentes dos pacientes que tomam cortisona por via oral.

A toma de cortisona também parece provocar um aumento do risco de aparecimento de câncer de pele do tipo não-melanoma.

A toxicidade da cortisona pode, também, provocar o desenvolvimento da síndrome de Cushing. Os sintomas desta condição incluem um arredondamento da face, através da acumulação de gordura na região do pescoço e das costas, e da distribuição irregular de gordura no corpo (acumulando no tronco e região abdominal).

Dica: Saiba se o seu peso está dentro da média, visitando este artigo do umComo que ensina a calcular o seu peso ideal.

Quais os efeitos colaterais da cortisona - Efeitos colaterais na pele

Efeitos colaterais nos olhos

O uso prolongado de cortisona (em vira oral, nasal ou colírios), normalmente por períodos superiores a um ano, pode causar deformações oftalmológicas como a catarata e glaucoma.

O uso crônico de cortisona deve ser acompanhado por um oftalmologista para detectar sintomas precoces.

Efeitos colaterais metabólicos

O ganho de peso e a acumulação de gordura no abdômen e tronco são consequências claras do uso de cortisona. Quanto maior é a dose administrada, maior é o aumento de gordura.

A corticoterapia crônica também pode provocar diabetes mellitus. O risco aumenta em indivíduos com predisposição para apresentar valores altos de glicose.

Podem, também, ocorrer alterações nos níveis de colesterol como o aumento do colesterol ruim (LDL) e redução do colesterol bom (HDL). Para ter mais informação sobre este tema acesse este artigo que explica como reduzir o colesterol.

Quais os efeitos colaterais da cortisona - Efeitos colaterais metabólicos

Efeitos colaterais cardiovasculares

O uso contínuo de cortisona pode aumentar a ocorrência de infartos do miocárdio, hipertensão, AVC e insuficiência cardíaca.

Pacientes com síndrome de Cushing apresentam maior taxa de aterosclerose e problemas cardíacos.

Efeitos colaterais músculo-esqueléticos

A alteração músculo-esquelética mais comum é o surgimento de osteoporose. Até as doses baixas usadas de forma crônica podem contribuir para o aparecimento da doença.

A corticoterapia contínua também pode ser responsável pela incidência de lesões musculares, distúrbios do crescimento (em crianças) e necrose e fraturas ósseas.

Nota: Existem métodos naturais para tratar a osteoporose. Visite este artigo para saber como tratar a osteoporose com medicina natural.

Quais os efeitos colaterais da cortisona - Efeitos colaterais músculo-esqueléticos
Imagem: uff.br

Efeitos colaterais no sistema nervoso central

Numa fase inicial, o uso de cortisona pode provocar uma sensação de euforia e bem-estar.

A longo prazo, pode causar problemas de ordem psiquiátrica como psicose, insônia, depressão e problemas de memória.

Dica: Se sofre de depressão, acesse este artigo para saber como combatê-la.

Efeitos colaterais imunológicos

A imunossupressão da cortisona pode ser benéfica para algumas doenças, mas também pode facilitar o aparecimento de infeções. Esta substância inibe a febre, o que dificulta o reconhecimento de infeção.

O uso de cortisona pode, também, impedir a formação de anticorpos e reduzir a eficácia da imunização.

Os pacientes que tomam cortisona de forma crônica têm tendência a desenvolver candidíase oral e vaginal.

Dica: Visite este artigo para saber se tem candidíase.

Quais os efeitos colaterais da cortisona - Efeitos colaterais imunológicos
Imagem: quepasa.gt

Outros efeitos colaterais

A cortisona pode provocar outros sintomas indesejados além dos acima mencionados.

Entre eles estão a retenção de líquidos, úlcera péptica, pancreatite, alterações menstruais, infertilidade, gastrite e esteatose hepática.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais os efeitos colaterais da cortisona, recomendamos que entre na nossa categoria de Medicamentos e Suplementos.

Escrever comentário sobre Quais os efeitos colaterais da cortisona

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Genoveva Aparecida Vicente
Tomei anti alérgico com cortisona por muito tempo e parei de tomar a 15 dias mas quando acordo de manhã começa a dar uma tremenda horrível, gostaria de saber se é o efeito da tirada do medicamento obg
Eliane
Bom dia Quem toma cortisona consegue engravidar, normalmente
Nídia do Carmo (Editor/a de umCOMO)
Bom dia Eliane,

Os medicamentos que contêm corticoides na sua composição afetam os níveis de cortisol naturais do organismo. Por isso, podem afetar o ciclo menstrual e a ovulação. Não afetam significativamente a fertilidade quando são tomados de forma esporádica, mas o uso contínuo pode diminuir os níveis de fertilidade.

Se está tomando cortisona e pretende engravidar, fale com o seu médico para que ele possa substituir o medicamento, se necessário.

Obrigada pelo seu comentário!

Quais os efeitos colaterais da cortisona
Imagem: uff.br
Imagem: quepasa.gt
1 de 5
Quais os efeitos colaterais da cortisona

Voltar ao topo da página