Partilhar
Partilhar em:

Quais são os efeitos secundários da quimioterapia

Passo a Passo
Avaliação: 4,7 (14 votos)
1 comentário
56 vezes partilhado
 
Quais são os efeitos secundários da quimioterapia
Fonte: rpp.com.pe

A quimioterapia atua sobre as células que se dividem rapidamente, indiferentemente do tipo de células que estão sendo tratadas: normais ou cancerosas. O tratamento quimioterapêutico é usado para eliminar as células de origem cancerosa nos tecidos afetados pelo câncer que se distinguem das do tecido normal por se multiplicar mais rapidamente. Os efeitos secundários aparecem porque em nosso organismo existem células que, apesar de não serem cancerosas, também chegam a se dividir muito rapidamente e, por isso, surgem algumas manifestações extras no corpo. Em umComo.com.br ajudamos você a conhecer quais são os efeitos secundários da quimioterapia.

Passos a seguir:
1

As células normais com maiores probabilidades de serem afetadas são as células produtoras de sangue na medula óssea, bem como as do trato digestivo, do sistema reprodutor, as da boca e dos folículos do cabelo.

2

Os sintomas mais frequentes derivados da afetação das células anteriores devido ao tratamento com quimioterapia são: problemas intestinais e estomacais como náuseas, vômitos, mudanças no apetite e peso; problemas de nervos e músculos como o cansaço; de cabelo e pele como a pele seca, a descoloração da pele, a alopecia e/ou a queda de cabelo; ao nível da cavidade oral como feridas na boca, gengiva e garganta; do sistema imune derivando em infecções; relacionados com a sexualidade e a fertilidade como a inapetência sexual, a disfunção erétil; entre outros.

3

Todos estes efeitos secundários da quimioterapia aparecem depois de algumas horas até semanas após a administração de um ciclo de quimioterapia, sem importar a via de administração. Os sintomas desencadeados costumam desaparecer com a finalização da quimioterapia e, quase sempre, sem deixar sequelas.

4

É possível que alguma sintomatologia lhe afete em seu estado de ânimo e físico durante um breve tempo, mas deve considerar como sinal de alarme: a febre, expectoração purulenta, dor ao urinar, o aparecimento de hematomas sem antecedente, o vômito e a diarreia persistentes e/ou a perda de sensibilidade de braços ou pernas. Não hesite em consultar seu oncologista sobre os efeitos que a quimioterapia causa em seu organismo.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Quais são os efeitos secundários da quimioterapia, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Comentários (1)

Escrever comentário sobre Quais são os efeitos secundários da quimioterapia

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
José Luiz
Bom dia. Estou a fazer quimioterapia, comecei a primeira dose dia quinze ,estou a ter prisão de ventre e dores abdominais ,isto, realmente pode ocorrer? DEVO COMER PAPAI E IOGURTE. .

Quais são os efeitos secundários da quimioterapia
Fonte: rpp.com.pe
Quais são os efeitos secundários da quimioterapia