Partilhar

Quais são os sintomas da síndrome de pernas inquietas

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais são os sintomas da síndrome de pernas inquietas
Imagem: dormitia.com

A síndrome de pernas inquietas (SPI) é um transtorno neurológico que se caracteriza por experimentar sensações desagradáveis nas pernas com um impulso irrefreável de movê-las durante o descanso. Isto afeta negativamente a qualidade do sono dos pacientes, que costumam descrever o que sentem nas extremidades inferiores como sensações de queimação, como se algo deslizasse, inclusive como formigamento. Para conhecer mais a fundo os incômodos desta condição e poder detectá-la, no seguinte artigo de umComo explicamos com detalhes quais são os sintomas da síndrome de pernas inquietas.

Também lhe pode interessar: Como evitar a síndrome das pernas inquietas
Passos a seguir:
1

O principal sintoma da síndrome de pernas inquietas é a necessidade irresistível de mover as pernas em situações de repouso ou relaxamento. As pessoas afetadas por esta condição costumam manifestar alguns dos seguintes sinais nas extremidades inferiores:

  • Sacudidas.
  • Ardor ou dor.
  • Formigamento.
  • Beliscões.
  • Coceira.
  • Aperto.
2

Estes sintomas costumam ocorrer na parte inferior da perna, isto é na panturrilha, embora também possam aparecer em toda a perna e afetar outras extremidades como os braços. Seu aparecimento é bem mais frequente durante a noite e quando a pessoa está completamente relaxada.

3

É por isso que, na maioria de casos, as pessoas com síndrome de pernas inquietas apresentam dificuldades para conciliar e manter o sono durante a noite. Estima-se que 80% dos casos sente a necessidade imperiosa de mover as pernas e sacudi-las várias vezes enquanto está dormindo, o que causa interrupções no sono e deriva em severos problemas de insônia. Isto também implica que o paciente se sinta bem mais cansado durante o dia, com dificuldade para se concentrar e realizar suas atividades cotidianas, inclusive pode chegar a sofrer de ansiedade e estresse.

4

É conveniente destacar que os sintomas da síndrome de pernas inquietas também podem aparecer durante o dia, os quais ocorrem nesses momentos em que o paciente se encontra imóvel. Isto provoca problemas na pessoa afetada para fazer determinadas tarefas diárias como conduzir, estar sentado em uma reunião, em uma classe, um evento, etc., viajar de avião, entre outras.

5

Perante a presença de qualquer um dos sintomas anteriores, é imprescindível consultar o médico para que este, através de um questionário, faça uma análise ou um exame neurológico e determine se você está sofrendo de síndrome de pernas inquietas. Ainda que seja uma condição que não possa ser curada totalmente, existem medicamentos e soluções terapêuticas que ajudam a aliviá-la em grande parte. Recomendamos que você consulte o artigo Como tratar a síndrome de pernas inquietas para ver alguns tratamentos naturais e hábitos saudáveis que servirão para combatê-la.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são os sintomas da síndrome de pernas inquietas, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Quais são os sintomas da síndrome de pernas inquietas

O que lhe pareceu o artigo?

Quais são os sintomas da síndrome de pernas inquietas
Imagem: dormitia.com
Quais são os sintomas da síndrome de pernas inquietas

Voltar ao topo da página