Partilhar

Quais são os usos do alecrim

 
Por Sara Viega. Atualizado: 26 janeiro 2018
Quais são os usos do alecrim

O alecrim conhece-se com o nome botânico de Rosmanirus officinalis e trata-se de um arbusto altamente aromático e que é originário da zona do mediterrâneo, onde cresce de forma selvagem e pode ser encontrado muito facilmente em climas secos e ensolarados. Possui umas pequenas flores de cor azulada e violeta (também podem ser brancas ou rosas) que apenas observamos se coletamos o alecrim nos meses de outono ou primavera.

Da planta de alecrim obtém-se um valioso óleo essencial que, longe de ter um uso aromático, é um valioso remédio natural para múltiplas condições de saúde já que o alecrim conta com diversas e interessantes propriedades medicinais. Quer obter todos seus benefícios? Neste artigo de umComo vamos explicar para você quais são os usos do alecrim.

Também lhe pode interessar: Quais são as propriedades do alecrim

Propriedades medicinais do alecrim

Como já mencionamos inicialmente, o alecrim possui propriedades medicinais muito interessantes, vejamos de seguida quais são:

  • Estimulante e tônico do sistema digestivo.
  • Bacteriostático (impede o crescimento e reprodução das bactérias patogênicas).
  • Antioxidante.
  • Anti-inflamatório.
  • Hipoglicemiante (diminui os níveis de glicose no sangue).
  • Tônico hepático.
  • Anti-hipertensivo.

Como vamos ver de seguida, devido às suas propriedades medicinais, o alecrim pode ser utilizado como tratamento natural em múltiplos transtornos de saúde.

Quais são os usos do alecrim - Propriedades medicinais do alecrim

Alecrim para a saúde do coração

O alecrim ajuda a diminuir o colesterol no sangue, bem como os triglicérides; por sua vez, possui propriedades para diminuir a pressão arterial, por isso é um excelente remédio para manter a saúde do coração e prevenir as doenças cardiovasculares.

Por sua vez, contém antioxidantes, substâncias que ajudam a diminuir o dano originado pelos radicais livres, o que favorece a boa saúde de todo o organismo.

Neste outro artigo de umComo explicamos para você as propriedades do alecrim.

Alecrim para um fígado saudável

O alecrim é um excelente tônico hepático, portanto, pode ser utilizado como um depurativo natural, já que estimula a função do fígado e, portanto, permite também que este órgão vital possa eliminar as toxinas presentes no organismo de uma forma mais eficaz.

É recomendável utilizá-lo no caso de pedras na vesícula, fígado gordo, hepatite, cirrose ou insuficiência hepática.

Alecrim para melhorar a digestão

Se após comer sente inchaço abdominal, refluxo ou acidez de estômago, o alecrim é uma planta medicinal que pode ser de grande ajuda já que atua como tônico estomacal e favorece um adequado processo de digestão. O alecrim também possui um alto conteúdo em taninos, substâncias com atividades adstringentes, por isso, pode ser utilizado para tratar naturalmente os episódios de diarreia.

Para conseguir este efeito não só se utiliza em infusão, como também pode ser adicionado como planta aromática em uma variedade de preparações culinárias.

Dica: Confira outros usos desta infusão no artigo Chá de alecrim: para que serve?

Quais são os usos do alecrim - Alecrim para melhorar a digestão

Alecrim para combater infecções bacterianas

O alecrim é um dos melhores antibióticos naturais (ainda que não mais potente que o valioso alho), por isso pode ser utilizado como tratamento natural para combater qualquer doença infecciosa, pode-se utilizar de forma única ou complementar dependendo da gravidade do processo.

Aplicado externamente pode ser utilizado para combater as causas bacterianas da acne e seu uso interno é muito benéfico para tratar infecções respiratórias e estomacais, como por exemplo, no caso de uma intoxicação alimentar.

Alecrim para combater a dor muscular

O alecrim é um potente anti-inflamatório e um dos melhores remédios naturais que podemos utilizar para tratar a dor muscular, ainda que para isso a aplicação deva ser externa. Pode-se realizar um banho aromatizado com alecrim, esfregar com álcool de alecrim ou aplicar, através de uma massagem, óleo essencial de alecrim, ainda que neste caso, deve ser diluído previamente em um óleo vegetal base, como por exemplo, o óleo de amêndoas doces.

O alecrim também é útil para diminuir a dor menstrual já que, além das suas propriedades anti-inflamatórias, apresenta também ação emenagoga, isto é, facilita as contrações uterinas e a expulsão da menstruação.

Em que casos não se pode utilizar alecrim?

Quando falamos de plantas medicinais, não podemos confundir o termo "natural" com o fato deste remédio ser inofensivo. Assim como acontece com outros preparados naturais, o alecrim apresenta algumas contraindicações e deve ser evitado nos seguintes casos:

  • Inflamação da próstata
  • Doença de Crohn ou síndrome do cólon irritável
  • Gravidez e amamentação
  • Endometriose
  • Insônia
  • Epilepsia
  • Prisão de ventre

Por último, recomendamos a você consultar previamente um profissional da saúde se quiser obter todos os benefícios desta planta medicinal de uma forma responsável.

Veja também: Como cuidar de alecrim em vaso

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são os usos do alecrim, recomendamos que entre na nossa categoria de Vida Saudável.

Escrever comentário sobre Quais são os usos do alecrim

O que lhe pareceu o artigo?

Quais são os usos do alecrim
1 de 3
Quais são os usos do alecrim

Voltar ao topo da página