Partilhar

Sintomas da Septicemia

Por Nicolas Santos. Atualizado: 20 janeiro 2017
Sintomas da Septicemia
Imagem: guiasaudero.com.br

A Septicemia ou sepsis, é uma infecção generalizada que pode se tornar grave se não for tratada com urgência, pode se espalhar por todo o corpo e deixar sintomas como a febre acima de 38º, respiração e batimentos cardíacos acelerados e intensas dores musculares. Estes sintomas, se não levados em conta, podem deixar o paciente em risco de vida em um curto período de tempo.

Na maioria dos casos de septicemia ela é originada a partir de uma infecção, como sua consequência, esta pode ser pulmonar, urinária ou na região do abdômen, se espalhando pelo sangue e afetando grandes áreas do corpo. Pode também ser originada de uma pneumonia mas, em idosos, por exemplo, surge na maioria das vezes como consequência de uma infecção urinária. Neste artigo, umComo apresenta detalhadamente os sintomas da septicemia.

Também lhe pode interessar: O que é Septicemia

Sintomas iniciais da septicemia

Os sintomas da septicemia normalmente aparecem após uma infecção, não necessariamente no mesmo local do corpo, como o caso da infecção pulmonar e trato urinário. Ao se desenvolver, se espalha pelo corpo e pode gerar uma série de sintomas.

Os primeiros e principais sinais e sintomas da septicemia incluem:

  • Respiração acelerada e ofegante;
  • Febre alta, acima de 38º;
  • Aumento dos batimentos cardíacos, taquicardia;
  • Arrepios e confusão mental.

Sintomas da Septicemia grave ou choque séptico

A septicemia pode ser considerada uma doença perigosa pois se espalha muito rapidamente e facilmente pelo corpo, por este motivo os sintomas podem ser separados em duas etapas, a primeira, como foi listada, dos sintomas que ela apresenta inicialmente, menos graves. Estes, podem surgir após algum tempo, mas não muito, que os primeiros sinais apareceram.

Os sinais e sintomas do choque séptico ou septicemia grave incluem:

  • Diarreia;
  • Desmaios;
  • Vômitos;
  • Diminuição da quantidade de urina;
  • Intensas dores musculares;
  • Coma.

Quando a septicemia não é tratada e se entra em estado de choque séptico, a pressão arterial baixa consideravelmente e coloca a vida do paciente em risco.

Estes sintomas podem surgir mesmo em casa, dum paciente que se encontra, por exemplo, com pneumonia ou infecção urinária. Pode também surgir também durante um processo de internamento hospitalar, em pacientes com o sistema imune fraco, sendo mais comum em bebês, idosos e portadores do vírus HIV.

Como tratar a septicemia

A septicemia deve ser tratada o quanto antes e num hospital, geralmente é necessário um internamento que pode durar até 10 dias. Este internamento inclui a administração de antibióticos diretamente na veia, estes antibióticos variam consoante com a bactéria que causou a infecção, sendo a causa da septicemia a que possui a prioridade em ser erradicada durante o tratamento. Veja também:

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sintomas da Septicemia, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Sintomas da Septicemia

O que lhe pareceu o artigo?

Sintomas da Septicemia
Imagem: guiasaudero.com.br
Sintomas da Septicemia

Voltar ao topo da página