menu
Partilhar

O que é himen

 
Por Juliana Ribeiro. 8 novembro 2022
O que é himen

O hímen faz parte da anatomia feminina e, embora não seja um órgão em si, compõe sistema reprodutor feminino e desempenha funções específicas. Embora existam muitos mitos e tabus sobre o assunto, principalmente aqueles relacionados à virgindade, na realidade, há muitas pessoas que não sabem exatamente o que é o hímen e têm inúmeras dúvidas sobre sua utilidade ou sobre se o hímen pode ser rompido sem ter relações sexuais.

Neste artigo do umCOMO respondemos a esta e outras questões, lembrando o que é hímen, para que serve e os tipos que existem, tendo em conta as características que pode apresentar.

Também lhe pode interessar: O que é o hímen complacente

O que é hímen

O hímen é uma fina membrana composta por tecidos com uma estrutura muito semelhante à da vagina, que também possui um certo grau de elasticidade.

Essa fina membrana envolve toda a abertura vaginal como uma espécie de camada flexível, que a "sela", embora seja parcialmente permeável, pois na área central costuma ter um ou vários orifícios minúsculos que permitem a saída do fluxo menstrual. A menos que haja alguma causa genética, o hímen está presente nos órgãos reprodutores da mulher (e também em outros mamíferos femininos) desde o momento do nascimento e rompe, geralmente, durante a primeira relação sexual, embora não seja a única causa.

O hímen é visível?

Embora não seja visível a olho nu, faz parte da genitália externa feminina. Especificamente, é na vulva onde se encontra o hímen, fechando parcialmente, a partir desse local, o canal externo da vagina.

O que é himen - O que é hímen

Para que serve o hímen

Você quer saber qual é a função do hímen? A membrana do tecido conjuntivo, que é o hímen, cumpre uma importante função fisiológica que nada tem a ver com a preservação da virgindade da mulher. O hímen atua como uma barreira natural para proteger a própria vagina contra a ação de microorganismos nocivos. A presença do hímen serve para evitar que vírus ou bactérias penetrem e desencadeiem diferentes processos infecciosos.

Nesse sentido, o hímen desempenha um papel particularmente importante na infância, quando a vagina precisa de proteção máxima. À medida que a puberdade é atingida e os órgãos reprodutores femininos desenvolvem sua própria flora vaginal como mecanismos de defesa contra agentes externos, o hímen perde, em parte, essa função de barreira protetora dos órgãos reprodutivos internos.

Tipos de hímens femininos

Nem todos os hímens são exatamente iguais, pois a membrana pode apresentar diferenças fisiológicas importantes dependendo da espessura do tecido, sua localização exata em relação à vagina ou dos orifícios que podem ser vistos nela. Embora existam vários tipos de hímen, os mais comuns são:

  • Hímen perfurado. É a mais comum e se caracteriza pelo fato de a membrana cobrir quase completamente a entrada da vagina, formando um anel de cobertura onde se vê um único orifício na área central. Esse furo, por sua vez, pode ser mais ou menos circular, alongado ou ter formato irregular.
  • Hímen parcialmente perfurado. Nesse caso, a membrana pode ter uma abertura um pouco maior que o normal, mas com uma partição de tecido em seu interior que dá origem a dois orifícios. Isso é o que é chamado de hímen septado. A membrana também pode apresentar várias pequenas perfurações ou orifícios, considerando um hímen cribriforme, um dos menos frequentes.
  • Hímen imperfurável. Não é muito comum, mas pode ocorrer a situação em que o hímen sela completamente a abertura da vagina. Não apresenta nenhum orifício e com a chegada da puberdade, o ginecologista terá que indicar um tratamento ou medidas cirúrgicas menores, como a himenectomia, que permite que o hímen seja perfurado para atingir a saída normal das mucosas e, acima tudo, do fluxo menstrual com a chegada da menarca (primeira menstruação).

O hímen fecha com o tempo?

Como indicamos, o hímen geralmente rompe com as primeiras relações sexuais que envolvem penetração, mas não é a única causa possível. A ruptura também pode ocorrer acidentalmente, especialmente ao praticar esportes como andar de bicicleta ou a cavalo, ou ao inserir um tampão. Quando ele é rompido, os tecidos do hímen não se regeneram naturalmente, embora seja possível reconstruí-lo com técnicas cirúrgicas específicas.

Essas técnicas são o que se chama de himenoplastia e consistem no reparo ou reconstrução da fina membrana que recobre a entrada da vagina, fazendo-se, para isso, os cortes necessários na área rompida e procedendo-se à sutura posterior. Geralmente, são razões pessoais, religiosas ou culturais que podem fazer uma mulher sentir que essa reconstrução do hímen é necessária.

Além disso, se você quiser saber mais informações sobre o hímen, não perca este artigo sobre Como saber se o hímen foi rompido.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é himen, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
O que é himen
1 de 2
O que é himen

Voltar ao topo da página