Como tratar uma criança autista


Como tratar uma criança autista

O autismo é um transtorno do desenvolvimento que afeta as habilidades das pessoas, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento da linguagem e das habilidades sociais. Os comportamentos não verbais, tais como contato visual, expressões faciais e gestos, são notavelmente afetados, bem como as formas de relacionamentos com outras crianças e inclusive adultos. O autismo afeta principalmente o sexo masculino e é um transtorno que não tem cura. A seguir, apresentaremos, como tratar uma criança autista.

Instruções
  1. Consulte um médico especialista. É muito importante que o seu filho seja diagnosticado corretamente por um profissional de saúde. Quanto antes seja detectado o autismo, maiores serão as possibilidades de progresso. Embora não tenha cura, uma intervenção precoce permite uma maior qualidade de vida da criança.

  2. Crie novas formas de comunicação. Procure falar com o seu filho com frases curtas e concretas. Observe e procure conhecer sua forma de expressar-se; as crianças autistas têm formas particulares de mostrar os seus sentimentos e estados de ânimo; é importante que você possa decifrar para poder agir adequadamente. Assim, procure, dentro do possível, estabelecer uma linguagem em comum que os una, como os gestos, a arte ou a música.

  3. Demonstre-lhe o seu carinho. É fundamental demonstrar-lhe contenção, apoio e carinho. Mostre que você se preocupa com ele e que quer compartilhar suas experiências com ele. As crianças autistas, ao terem formas diferentes de se expressar, muitas vezes não demonstram claramente o que querem, mas você não deve esquecer que isso não quer dizer que elas não sintam necessidade de amor.

  4. Brinque com ela. Compartilhar os seus jogos é muito importante. Através da brincadeira é possível conseguir avanços incríveis; você pode brincar de repetir palavras, cantar canções, entre outros. Mas principalmente, brincar com imagens. As crianças autistas aprendem 90% pela via visual, portanto, procure incorporar imagens nas suas brincadeiras para fomentar novas aprendizagens.

  5. Aprenda a lidar com as mudanças de rotina. As crianças autistas têm uma rotina muito estrita e sua alteração costuma gerar um desequilibro. Por isso, se você souber que vai ter uma alteração na rotina como, por exemplo, uma saída de férias, é importante que procure informá-la antes, seja com desenhos ou falando. Também é importante levar alguns objetos ou brinquedos da criança, para que ela se sinta segura e familiarizada.

  6. Fomente o contato social. Estimule o contato visual. Lentamente ponha a mão na sua cabeça enquanto fala com ela e procure que olhe para você, desde que isto não provoque ansiedade na criança. Você deve fazer isso com carinho e demonstrar-lhe confiança. Procure também ensiná-la a cumprimentar com a mão, cada vez que você fizer o gesto de cumprimentar. Pouco a pouco, pode ir ensinando-lhe pequenas coisas, mas sempre respeitando o seu tempo.

  7. Mantenha a calma. É fundamental não transmitir angústia, irritação, nem qualquer outro sentimento negativo para a criança. A criança não é consciente do que acontece com ela e nem culpada disso; é por isto que você sempre deve procurar manter a calma e procurar compreendê-la e apoiá-la.

  8. Se deseja ler mais artigos parecidos a como tratar uma criança autista, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças do desenvolvimento .
Conselhos
  • Consulte um médico especialista para que lhe recomende possíveis tratamentos.

Comente, dê a sua opinião, pergunte sobre como tratar uma criança autista:


1 comentário


22-08-2014 disse:
gostei muito desta materia e gostaria re recebe-la em meu emeio, sobre o autismo obrigada
26-08-2014 disse:
Olá Maura, muito obrigada pelo seu comentário! Você pode subscrever à nossa newsletter e receber as últimas novidades, para isso basta digitar o seu e-mail no campo a branco do lado direito e em cima da página. Continue a acompanhar-nos ;)
Vídeos em destaque
Magia revelada Animais de Estimação Tutoriais de Photoshop Veterinário