Partilhar

Como tratar a dislalia

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tratar a dislalia

A dislalia é um dos transtornos mais frequentes que se apresentam nas crianças. Trata-se de um transtorno na articulação dos fonemas, que faz com que as crianças pronunciem incorretamente os fonemas ou grupos de fonemas. Quando as crianças começam a falar, é normal que não o façam corretamente, no entanto, atingida determinada idade, a linguagem deveria ser aperfeiçoada e a criança deveria melhorar sua pronúncia. Mas isto nem sempre ocorre, e são fundamentalmente, as instituições educativas que detectam este transtorno. Com um adequado tratamento, a dislalia tende a melhorar e as crianças têm um prognóstico muito positivo. A seguir, apresentaremos como tratar a dislalia.

Passos a seguir:
1

Consulte o médico especialista. É importante consultar um médico para um adequado diagnóstico, já que a dislalia pode ser um sintoma associado a outro tipo de transtorno. Quando o médico confirmar o diagnóstico de dislalia, deve combinar o tratamento com um logopedista que lhe dará os detalhes para um tratamento adequado.

2

Estímulo. É importante que a família possa estimular a criança para que possa corrigir a dislalia. Ao falar com ele, faça-o com clareza, articulando adequadamente e evite falar rápido. Fale com ele olho no olho, ensinando-lhe com paciência e tranquilidade a diferença entre os diferentes sons.

3

Correção. Evite os diminutivos e não o corrija continuamente; quando errar explique a maneira correta de emitir os sons. Evite a linguagem infantil, comunique-se com uma linguagem adequada à sua idade. É importante que lhe transmita sempre tranquilidade e segurança a todo momento.

4

Exercícios. O especialista que trata do menino deve indicar uma série de exercícios importantes. Você deve acompanhá-lo e ajudar nesse processo para ter um resultado positivo. Dedique-lhe uma parte do dia para realizar os exercícios com dedicação e afeto.

5

Jogos. Existem vários jogos que podem contribuir com o tratamento da dislalia. Os jogos de sopro e de mobilidade da língua e lábios contribuem para esse propósito. Por exemplo, imitar sons de animais, fazer bolha de sabão, atirar beijos no ar, entre outras. Ensine-lhe também exercícios de respiração.

6

Aprendizagem. Como complemento ao tratamento e como forma de tornar mais dinâmica a aprendizagem da criança, use outros recursos como música, rimas, leitura de contos, fazer adivinhações, entre outros. Deste modo, facilitará o envolvimento da criança no tratamento.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar a dislalia, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Escrever comentário sobre Como tratar a dislalia

O que lhe pareceu o artigo?
8 comentários
SONIA MARA NIEDERAUER
BOA TARDE! SOU FONO E NÃO FAÇO TERAPIA NO MEU TRABALHO COMO FAÇO PARA ORIENTAR OS PAIS DE UMA CRIANÇA COM DISLALIA? DESDE ´JÁ AGRADEÇO.
celso grativol
eu tenho um problema é com a pronunçia do L .palavras que tem o L como : dislalia, aleluía, palavras,lutar,etc,o som do fonema não saí perfeito as vezes as pessoas entendem outra coisa,as vezes gravo falando fica horrível a pronunçia ,quando eu tinha 17 anos um cortou o freio mais mesmo assim continua.quais os exercicios que devo de fazer para resolver o problema.?abraço
Daniel Rodrigo da Veiga
Tenho dislalia desde a infância, hoje já tenho 36 anos sou professor de informatica. Estou fazendo um sistema para auxiliar essas pessoas que tem essa doença. Você conhece algum jogo ou sistema que já auxilia o médico? Muito boa explicação sobre esse distúrbio.
valderez
tenho uma aluna que troca o b pelo p, o c pelo t e o r por l. O que devo fazer , como prosseguir quais exercícios devam ser trabalhados para melhorar esse distúrbio?
adener junior
Ola. Tenho 18 anos, o meu problema é trocar o R pelo L. O som esta quase saindo perfeito mais ainda sai com meio som de L. Tem como Eu fazer algum exercicio e ficar perfeito. Gosto de cantar . Ja tentei entrar em contato com Fonoaudiologos perto. nunca consigo. quero saber se tem algo pra melhorar minha voz pra sair perfeita. Permaneço no aguardo De ja obrigado!
Lília Goretty de Lima Leite
É muito importante ter acesso a certas informações, são muito úteis, pois , ficamos cientes do caminho a ser percorrido, agradeço por esta oportunidade. Gostaria de saber como tratar a dislalia?
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Oi Lília, muito obrigada pela sua visita e comentário! Quanto ao tratamento da dislalia, deve seguir todas as indicações do seu médico. Obrigada e continue nos acompanhando :)
Elâine Ribeiro Netz
Oi Sara, boa tarde!! Estou fazendo um artigo para minha pós graduação onde falo sobre a Dislalia e achei no site coisas interessantes sobre o tema. Poderia me informar as fontes e como posso fazer para ter maiores informações sobre o assunto? Obrigada e no aguardo
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Olá Elâine, nesse link você pode encontrar mais informação sobre a dislalia: http://www.umcomo.com.br/search/index?q=dislalia Espero que seja útil para você! Obrigada pelo seu comentário e continue a acompanhar-nos! ;)
Elâine Netz
Oi Sara, obrigada, mas já olhei todos eles, o que eu preciso na verdade é saber as fontes que você utilizou para pesquisa, pois estou fazendo meu artigo e achei interessante o conteúdo. Poderia me ajudar? Bjs e obrigada
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Olá Elâine, infelizmente não a posso ajudar nesse campo. Obrigada e continue a acompanhar-nos! ;)
Rose Teodoro Ribas
Boa noite. Tenho uma filha que tem dislexia e Dislalia não diagnosticada. Desde de pequena teve acompanhamento com fonoaudiólogos e no período escolar, durante um tempo teve acompanhamento no contra turno. Atualmente faz acompanhamento com psicólogo. Apesar do acompanhamento que teve, nenhum dos profissionais diagnosticaram Dislexia e Dislalia , esse "diagnóstico" sou eu que faço, mesmo sendo leiga no assunto em vista de matéria e estudos que já fiz até o momento. Bem diante de tudo isso, gostaria de saber o que posso fazer para ajudar minha filha, pois ela já está com vinte anos e até hoje ainda não conseguiu um emprego e as vezes se revolta e se sente inútil. Gostaria que me indicassem onde procurar ajuda. Fico no aguardo e agradeço a atenção.
Kássia
Olá, Rose. Fiquei bastante impressionada com seu relato, me vejo nessa situação, porém a de sua filha. Passei toda minha infância com acompanhamento de fonoaudiólogas e também de psicólogas os quais me foram bastantes úteis. Tenho 21 anos e até hoje me sinto essa ''inútil'' por mesmo depois de tanto tempo, com acompanhamentos ainda apresentar erros constantes. Esse transtorno atrapalha minha vida até hoje, tenho grande problema com comunicação, me sinto travada em ter que falar em público ou mesmo em escrever algo. Te aconselho como mãe, a dá bastante força a sua filha, para quem ta de fora parece um problema besta, mas não é para quem passa. Como dito no texto, fale devagar, olhando sempre olho a olho, minha mãe sempre faz isso e ajuda bastante a me corrigir. Tenha cuidado com as correções, principalmente em público evitando constrangimento.

Como tratar a dislalia
Como tratar a dislalia

Voltar ao topo da página