Partilhar

Como tratar a alexitimia

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tratar a alexitimia
Imagem: ooche813.blogspot.com

A alexitimia é um transtorno complexo, especialmente para as pessoas que se encontram no meio de quem sofre dele. Trata-se da incapacidade de identificar e expressar as emoções, caracterizando-se por uma falta de empatia na qual a pessoa tem dificuldade de se conectar com os outros. Este transtorno é muito comum em condições generalizadas do desenvolvimento como é o caso do autismo, no entanto, com a terapia adequada pode ser melhorada a compressão emocional do paciente, conseguindo uma empatia mais eficaz. Em umComo explicamos como tratar a alexitimia.

Também lhe pode interessar: Quais são os tipos de alexitimia
Passos a seguir:
1

Ainda que, como explicado na introdução, a alexitimia seja muito comum nas condições que afetam o desenvolvimento, como é o caso do autismo, isto não quer dizer que só os autistas sofram dela. Existem dois tipos de alexitimia, dependendo da origem da mesma o tratamento poderá variar, no entanto, em qualquer caso não existe um comprimido capaz de curar esta condição, e requer um tratamento terapêutico.

2

O tratamento da alexitimia a nível terapêutico consiste em ensinar o paciente a reconhecer e identificar suas emoções, a dar-lhes um nome e também a distinguir aquelas emoções que podem parecer similares, mas que realmente são diferentes, por exemplo, a tristeza e a depressão.

3

A eficácia para tratar a alexitimia dependerá do nível de cada paciente e também do tipo de alexitimia que possui. No entanto, o terapeuta perseguirá algumas metas para melhorar a conexão do paciente com seu meio, tentando obter com o tratamento:

  • Que o paciente reconheça as emoções de forma geral e também suas próprias emoções.
  • Que a pessoa seja capaz de assimilar que está sentindo alguma emoção ou que possa explicá-la a outro. Por exemplo: "me sinto feliz" ou "me senti triste quando você foi embora".
  • Poder interpretar que outras pessoas estão a ponto de manifestar uma emoção ou que estão afetadas, por exemplo, reconhecer o rosto de alguém que se sente envergonhado ou que está a ponto de se incomodar.
  • Aprender a administrar e controlar suas próprias emoções.
4

O tratamento da alexitimia pode ser um processo longo e complexo, que, no entanto, é importante e necessário aplicar se se deseja melhorar a empatia do paciente com o meio. Para estes casos o melhor é consultar terapeutas especializados em transtornos do desenvolvimento.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar a alexitimia, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Escrever comentário sobre Como tratar a alexitimia

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Renato
Tenho dificuldade em expressar minha emoção para uma certa pessoa, devido a vergonha e medo de ser rejeitado.. não sei explicar. Seria Alexitimia?

Como tratar a alexitimia
Imagem: ooche813.blogspot.com
Como tratar a alexitimia

Voltar ao topo da página