Partilhar

Como tratar a epilepsia de forma natural

Como tratar a epilepsia de forma natural

A epilepsia é um transtorno neurológico que é causado pelo aumento da atividade elétrica dos neurônios em alguma parte do cérebro. Trata-se de uma doença grave que provoca no paciente convulsões ou movimentos corporais recorrentes e que não se podem controlar, esta situação conhece-se como ataque epilético. O paciente precisa de um tratamento médico específico adaptado completamente ao seu caso e que lhe permita desenvolver a sua vida com normalidade na medida do possível. Além desta, há algumas recomendações que se podem ter em conta para favorecer o seu bem-estar, convidamos você a descobrir quais são no seguinte artigo de umComo sobre como tratar a epilepsia de forma natural.

Também lhe pode interessar: Como tratar a epilepsia
Passos a seguir:
1

Em primeiro lugar, é conveniente referir que a epilepsia é um transtorno que deve ser tratado por um médico especialista em todos os casos. Há muitos tipos de tratamentos disponíveis e deverá ser o médico que com os exames oportunos, decidirá qual é a opção mais adequada para cada caso em particular e que ajude a controlar as crises epiléticas que o paciente sofre.

Os conselhos e remédios naturais que lhe mostramos de seguida podem favorecer a melhoria do paciente com epilepsia ou diminuir, na medida do possível, a gravidade ou a frequência dos ataques que sofrer, mas em nenhum caso substituem ou podem ser usados como substitutos do tratamento médico.

Como tratar a epilepsia de forma natural - Passo 1
2

A dieta dos pacientes com epilepsia é fundamental para favorecer o seu bem-estar. Não deve faltar por exemplo o ômega 3, pois trata-se de um ácido graxo essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso e do cérebro tanto em crianças como em adultos. Os ácidos graxos ômega 3 encontram-se em grande parte no peixe azul: salmão, sardinhas, atum, etc.. embora também o possa encontrar nas nozes, vegetais de folha verde e nos morangos.

Como tratar a epilepsia de forma natural - Passo 2
3

A vitamina E é um forte antioxidante que poderá ajudar a prevenir os ataques de epilepsia. Um estudo realizado na Universidade de Toronto demonstrou que a vitamina E em crianças ajuda a controlar as convulsões nos ataques epiléticos e que aqueles pacientes que sofrem de deficiência desta vitamina podem ser mais propensos a tê-los. Para saber onde a pode encontrar, aconselhamos você a ler o artigo Alimentos ricos em vitamina E.

Como tratar a epilepsia de forma natural - Passo 3
4

Tanto as frutas como as verduras são bons alimentos para o cérebro e o seu ótimo funcionamento, pois proporcionam uma alta quantidade de antioxidantes, vitaminas e minerais. Entre as frutas mais destacadas para quem sofre de epilepsia encontramos os morangos, as framboesas, laranjas, mirtilos, uvas, melões e maçãs. Por outro lado, são excelentes alternativas as verduras de folha verde como os espinafres, o brócolos, a couve, a alface, acelga, a couve-flor e as cenouras.

Como tratar a epilepsia de forma natural - Passo 4
5

Dormir bem e seguir uma vida tranquila também ajuda a controlar os ataques de epilepsia. Além de um bom descanso, algumas terapias alternativas como por exemplo a prática do yoga podem ser de grande ajuda. Em concreto, este esporte melhora no paciente o controle que tem sobre as crises epiléticas, ao mesmo tempo que favorece a sua qualidade de vida.

Como tratar a epilepsia de forma natural - Passo 5
6

Não se esqueça de consultar o seu médico antes de utilizar qualquer método natural para tratar a epilepsia, assim irá se certificar que é favorável para si e não prejudicará o seu estado de saúde.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar a epilepsia de forma natural, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como tratar a epilepsia de forma natural

O que lhe pareceu o artigo?
38 comentários
DEONIR GERHARDT
Bom dia, fiz um tratamento epilético por um periodo de 10 anos com trileptal.
Ganhei alta fazem 6 anos atras, e semana passada me deu uma leve crise, fiquei fora do ar e o pior é que estava de carro, sorte então que estava em uma estrada de chão e fui pra valeta involuntariamente.
Acredito que as causas prováveis pro meu caso tenham sido, pouco sono na noite anterior ao acontecido, má alimentação durante esse dia, e não tomei água, aproximadamente por 10 ou 12 horas até que ocorreu. Acredito que foi o estopim para novamente dar um colapso nervoso e desencadear uma nova e pequena convulsão... Espero agora que eu consiga controlar e não precisar tomar a medicação novamente. Fica a dica, jamais poderemos relaxar para com a nossa alimentação e cuidados...
Sebastiao
gostei bastante, pois minha filha recentemente teve alguns ataques parecido com epilepsia, estou fazendo alguns enxames para diagnostica-la .Obgd pelas informações caso seja.
pamela brenda
quero saber si ja ouvi casos de melhora e si fazer ezersisios ajuda
A sua avaliação:
Sirlene
Eu tinha desde pequena e faz 4messes q parei por minha conta de tomar remedio por que creio q tou curada . N tive mais desmaio Tem muita coisas q so agora fiquei sabendo pois os medicos n dao informacao adquada .
Ana Raquel Freitas Silva
Olá o meu nome é Rachel, tomo diplexil o que realmente deveria comer Ps: Eu só tive um ataque e foi há 4 anos.
A sua avaliação:
Marcos
Eu sou epiléptico o meu remédio é Hidantina e Fenobarbital, gostaria de saber que tipo de regime alimentar devo ter?
A sua avaliação:
roberto
ha muitos anos atrás tive uma crise de convulsão e tomo gardenal e diazepam. quais os melhores alimentos para consumir? adoro peixe,se eu pudesse comeria todo dia. agradeço se tiver uma resposta
A sua avaliação:
Junyelle Regine Tenório Ribeiro
Eu tive minha primeira crise com 14 anos, hoje com 38 anos sempre tenho crise, nunca passo 1 ano sem ter crises, tomo 3 carbamazepina e 1 fenobarbital.
Andressa Caroline Alves de Oliveria
Eu tenho 31anos tive minha primeira crise de epilepsia aos 28anos que depois de alguns remédios virou crise de ausência como tratar isso naturalmente eu sou fumante e nervosa também fiz diversos exames que não deram diagnóstico da como não tivesse nada eu não aguento mais isso me ajudem pelo amor de deus
Laurinda Santos
É muito dificel lidar, com esta situação. Porque muita gente não está, bem informada.

Como tratar a epilepsia de forma natural
1 de 6
Como tratar a epilepsia de forma natural

Voltar ao topo da página