Partilhar

Como tratar as picadas de borrachudos

Por Paula Cassandra. Atualizado: 6 fevereiro 2019
Como tratar as picadas de borrachudos

O que passar em picada de borrachudo? Embora se assemelhem aos pernilongos, os borrachudos são insetos que pertencem ao gênero Simulium[1] e que podem ser encontrados em todo o centro-sul brasileiro. Ao contrário de alguns inseto que picam por proteção, as fêmeas do borrachudo costumam picar pois elas precisam do sangue para gerir os seus ovos e, ainda que seja uma necessidade do inseto, uma de suas picadas pode durar até cinco minutos e, por isso, o resultado, em geral, é doloroso e difícil de lidar. Para saber como tratar as picadas de borrachudos, confira este artigo do umCOMO.

Como saber se a picada é de borrachudo?

O mais comum é que os borrachudos, também chamados de mosca negra, ataquem os membros inferiores das pessoas, além da cabeça e do abdômen, vale dizer que esses insetos são mais comuns no litoral em locais com água limpa e corrente, enquanto os pernilongos preferem água parada.

Sintomas da picada de borrachudo

Mesmo quem não é alérgico às picadas de mosquito pode ganhar uma grande irritação na pele, além de edemas e até mesmo vesículas (bolhas cheias de líquido). A picada do mosquito borrachudo é característica por um pontinho de sangue coagulado no centro e ao redor inflamado e até quente às vezes, enquanto a picada do pernilongo lembram mais uma bolha.

Ao contrário de outros mosquitos, os borrachudos possuem corpo curvado, cor escura, patas curtas e fortes.

Como tratar as picadas de borrachudos - Como saber se a picada é de borrachudo?

Picada de borrachudo, o que fazer?

Não coce! Por mais tentador e impossível pareça, quanto mais você coçar, maiores as chances de machucar a pele e transformar a ferida em algo mais grave. Durante o tempo de recuperação é recomendável evitar a coceira, evitando assim irritações e feridas na pele que, dependendo da gravidade, podem até mesmo evoluir para uma infecção. Para diminuir a coceira no local existem medidas caseiras que podem aliviar o incômodo.

Picada de borrachudo dura quanto tempo?

Quando não há reações alérgicas, o natural é que a picada de borrachudo desapareça em até 2 dias.

Pomada para picada de borrachudo, qual usar?

A automedicação nunca é recomendada, até mesmo com pomadas. No caso das picadas de borrachudos sem reação alérgica, o ideal é apenas manter a região bem hidratada, passando um creme sem corante e sem odor para evitar irritações. Manter a pele hidratada é o segredo para a diminuir a coceira e ajudar a pele a se recuperar mais rápido. Um creme hidratante neutro pode ajudar, assim como vaselina e pomadas cicatrizantes como Minâncora, Hipogloss, Bepantol e outras do gênero.

Também é importante manter o local da picada bem limpo para evitar infecções, já que normalmente em poucos dias os sintomas da picada desaparecem. O problema é quando a pessoa é alérgica e os sinais demoram a ir embora, além disso, o local pode ficar bastante inchado. Nesses casos, o mais indicado é buscar ajuda médica, sendo que existem remédios e pomadas que podem ajudar no tratamento de casos mais sérios mas que todos eles devem ser prescritos unicamente por um especialista.

Anti-inflamatório para picada de borrachudo também pode ser bastante útil entretanto, assim como as pomadas, devem ser receitados. Caso os sintomas da mordida de borrachudo não melhor após 2 dias, retorne ao médico para que seja feita uma avaliação e que o tratamento adequado seja indicado.

Como aliviar picada de borrachudo: tratamentos caseiros

  • Já para tratar as picadas de borrachudos, tratamentos caseiros existem e podem ser realizados com facilidade. Uma solução simples para como a cebola, que deve ser cortada ao meio e passada no local do ataque em razão de suas propriedades antibióticas e antibacterianas;
  • O mesmo pode ser feito com o limão mas, nesse caso, antes de pegar sol lave bem a pele porque a fruta pode deixar manchas. Tanto um como o outro são eficientes para evitar que você tenha uma picada de borrachudo inflamada;
  • Aplique compressas geladas no local da picada, o que pode ser feito com gelo ou água gelada. A baixa temperatura pode aliviar coceiras, que são comuns de sentir após a ferroada, já que diminui a circulação de sangue na região. Por aliviar coceiras, as compressas evitam que você machuca a pele com as unhas e inflame a picada;
  • Também existem as dicas caseiras que são usadas em todos os tipos de picadas, independente do mosquito que a causou. Como é o caso da casca de banana, cujo interior deve ser esfregado no local;
  • Outra dica é usar o óleo de manjericão, para tanto, é necessário esmagar algumas folhas até que saia um líquido verde, o qual deve ser passado sobre a picada. A aplicação ajudará em especial a reduzir a coceira;
  • Um bom remédio para picada de borrachudo é o mel, que também pode ajudar com o processo de cicatrização e recuperação, já que possui propriedades antibacteriana, antibiótica, anti-inflamatória e antimicrobiana, reduzindo a inflamação e evitando as chances de infecções.[3] O indicado é colocar um pouco na região da picada e deixar por;
  • Leite e água é outra combinação que pode ajudar no tratamento de picadas de borrachudos, assim, quem não possui alergia ao leite pode usar ambos os ingredientes que devem estar gelados para aplicar no local da ferroada. Para fazer a mistura é preciso a mesma quantidade de cada um deles, sendo possível usar um pedaço de algodão para ajudar na aplicação.

Veja outras receitas de remédios para picada de borrachudo no artigo sobre repelente caseiro para borrachudos!

Alergia a picada de borrachudo

Alergia a picada de borrachudo é mais comum em crianças mas também pode aparecer em adultos. A picada de borrachudo inflamada costuma ser o principal sintoma e geralmente é resolvida com um antialérgico prescrito por médico, seja do tipo oral ou tópico, a ser aplicado na região da picada. Em casos raros, quando se tem uma alergia grave, acontece um choque anafilático, caracterizado por:

  • Queda de pressão;
  • Taquicardia;
  • Tonturas ou confusão mental;
  • Inchaço;
  • Vômitos;
  • Problemas para respirar.[2]

Em caso de anafilaxia, é necessário ir o mais rápido possível a um hospital ou pronto-socorro para receber uma injeção de adrenalina e máscara de oxigênio para ajudar com a respiração.

Picada de borrachudo é perigoso?

Por não ser um inseto venenoso, nem transmitir dengue ou zika vírus, a picada de borrachudo quase nunca é grave. Mesmo assim, existem exceções para reações alérgicas graves ou algumas doenças não tão comuns que o borrachudo pode transmitir, como oncocercose e febre do oropouche, cujos sintomas se confundem um pouco os da dengue. Para todas as informações, veja: Borrachudos transmitem doenças? - Sintomas e reações.

Além das doenças que o borrachudo pode transmitir, em casos de reações alérgicas aguda o paciente passa por um processo chamado anafilaxia, que pode ser letal caso não tratado devidamente.

Como evitar picadas de borrachudo

  • Utilize repelentes de insetos, que podem tanto ser aplicados na pele quanto no ambiente, afastando os borrachudos. Existem repelentes já prontos que podem ser adquiridos em mercados e também alguns que podem ser produzidos em casa, veja algumas opções de repelentes para insetos;
  • Ao contrário de insetos como o mosquito da dengue, os borrachudos gostam de locais com água corrente como praias e piscina, por isso, redobre seu cuidado caso esteja em meio à natureza;
  • Os borrachudos costumam atacar durante a manhã e no fim da tarde, caso você more em um local onde o inseto costuma aparecer com frequência, utilize vede portas e janelas, dificultando a entrada dos borrachudos em sua casa;
  • Caso vá até um lugar conhecido por ter borrachudos, utilize roupas leves e de algodão com mangas compridas e passe repente na pele.

Repelente de borrachudo para quintais

Para evitar borrachudos em casa, é possível fazer um repente caseiro e aplicá-lo em seu jardim ou quintal, evitando assim que os insetos rondem sua residência. Para isso você vai precisar de:

  • 2 copos de água;
  • 1/4 de xícara de vinagre branco;
  • 10 gramas de alho em pó.

Então siga os seguintes passos:

  1. Misture os ingredientes em um borrifador;
  2. Borrife em plantas ao redor da casa.

O repelente é eficaz pois os borrachudos não gostam do cheiro de vinagre e alho. Caso procure um repelente para ambientes internos, utilize a mistura de cânfora e cravo-da-Índia, que também afastam os insetos mas possuem um cheiro mais agradável para deixar dentro de casa.

Como proteger um bebê de mosquitos

Existem alguns truques que pode usar para afugentar os insetos e mantê-los bem longe da nossa família e, principalmente, dos bebês. Estamos falando de:

  • Para proteger o seu bebé dos mosquitos, você pode colocar uma rede em volta do seu berço ou seja um mosquiteiro. Dessa forma, o seu bebé poderá respirar sem problemas enquanto dorme bem afastado dos mosquitos que agora não conseguem chegar perto dele. Você pode comprar estes mosquiteiros de berço ou então pode fazer um você mesmo em sua casa. Sugestão: veja o nosso artigo em que lhe explicamoscomo fazer um mosquiteiro para berço.
  • Outra das preocupações que pode ter em consideração é colocar velas aromáticas que soltem o odor da citronela, uma vez que este aroma atua como repelente dos mosquitos e assim conseguirá manter estes insetos afastados do seu bebé e do resto da família. Os incensos e produtos anti-mosquitos com aroma a citronela são muito populares, por isso tenha-os em conta.
  • Algo muito simples, e também muito importante, é vestir o seu bebé com roupas de algodão de cores claras, uma vez que as cores fortes atraem os mosquitos, enquanto que os tons claros não são tão chamativos para eles. Se não fizer muito calor, proteja o seu bebé com peças de algodão de manga comprida e calças.
  • Os mosquiteiros elétricos são uma invenção de grande utilidade para proteger o seu bebê das picadas dos insetos. Você pode colocar um no seu quarto para que não entrem mosquitos pela janela e entre apenas ventilação e ar limpo. São muito fáceis de instalar e existem vários modelos, que pode remover com a chegada do inverno e colocar apenas nos picos de calor do verão que é quando os mosquitos se propagam mais.
  • Você também pode comprar algum repelente na farmácia que seja especialmente indicado para bebês. É importante que seja para uso infantil, uma vez que nem todos os repelentes do mercado são aptos para bebês.
  • Outra recomendação para proteger o seu bebé dos mosquitos é ventilar com frequência os cômodos e comprovar que não existe água estancada por perto, especialmente se vive em uma zona com vegetação, rios ou pântanos. Como se sabe, os mosquitos depositam os seus ovos nas águas paradas e são portanto um foco significativo de reprodução e de doenças.

Veja também: Como tirar manchas de picadas de insetos

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar as picadas de borrachudos, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Referências
  1. SECRETÁRIA DA SAÚDE, GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO. Disponìvel em: <http://www.saude.sp.gov.br/resources/sucen/pesquisa/arquivos-mais-informacoes-lab.-simulideos/labcar4.pdf/>
  2. Pastorino, Antonio Carlos, et al. "ASSOCIAÇÃO MÉDICA BRASILEIRA." REV ASSOC MED BRAS 59.1 (2013): 7-13. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ramb/v59n1/v59n1a04.pdf />
  3. ABADIO FINCO, F. MOURA. L, SILVA, I. Propriedades físicas e químicas do mel de Apis mellifera L. Campinas, 2010.

Escrever comentário sobre Como tratar as picadas de borrachudos

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
zaria
só deus na causa para cuidar das picadas de mosquito borrachudo coceira maldita

Como tratar as picadas de borrachudos
1 de 2
Como tratar as picadas de borrachudos

Voltar ao topo da página