Partilhar

É normal ter um olho de cada cor?

Por Diana Oliveira. Atualizado: 16 janeiro 2017
É normal ter um olho de cada cor?

Marrons, verdes, azuis, mais claros, mais escuros. Todo o mundo sabe que os olhos podem ter vários tons. Mas você sabia que é possível ter diferentes cores nos olhos? Se você já viu alguém com um olho de cada cor, já se deve ter questionado porque é que isso acontece. Este fenômeno ocorre em pessoas e animais. Um bom exemplo disso é o Husky, conhecido exatamente por serem cães com forte probabilidade de ter os olhos de cores diferentes. Apesar de serem casos raros, também é possível que essa anomalia atinja pessoas. Em umComo vamos lhe mostrar se é normal ter um olho de cada cor.

Também lhe pode interessar: Como aliviar os olhos irritados

A heterocromia

Ter olhos de cores diferentes é uma anomalia que pode ser geneticamente herdada ou então pode ganhar ela por doença ou ferimento. A heterocromia, ou heterocromia ocular, ocorre em menos de um por cento da população, sendo bastante mais comum em animais. Esta anomalia é muito rara e acontece quando existe um problema que interfere na coloração da íris, que contém os pigmentos de melanina dos nossos olhos.

Podemos dividir a heterocromia em três tipos:

  • Heterocromia setorial - onde existem duas cores no mesmo olho.
  • Heterocromia completa - quando uma pessoa tem um olho de cada cor.
  • Heterocromia central - ocorre quando existem dois círculos de cores distintas na íris.

Esta anomalia, apesar de inofensiva, pode ser um resultado de doenças graves, como a neurofibromatose.

É normal ter um olho de cada cor? - A heterocromia

Causas da heterocromia

A heterocromia pode ser congênita ou adquirida. Na maioria dos casos esta anomalia congênita é genética, sendo essa a principal causa dos casos conhecidos. Mas a heterocromia pode aparecer por causa de problemas congênitos como a Síndrome de Waardenburg e a Síndrome de Horner. No primeiro caso a criança sofre de uma perda de audição e de uma alteração na coloração do cabelo e pele, o que acaba por alterar também a cor da íris. Enquanto que a síndrome de Horner atua quando o bebé ainda se encontra no útero materno. Esta síndrome causa danos nos nervos do sistema nervoso e, como estes passam pelos olhos acabam por diminuir a pupila e a cor da íris.

Assim que o bebê nasce é importante estar atento a estas anomalias, para poder atuar o mais rápido possível. Cistos, tumores e diabetes também podem provocar alterações na cor dos olhos. Esta é a chamada heterocromia adquirida, resultante de doenças ou ferimentos posteriores ao nascimento.

É normal ter um olho de cada cor? - Causas da heterocromia

Tratamento da heterocromia

Se a heterocromia for detetada logo após o nascimento, o bebé deve ser examinado por um pediatra e um oftalmologista. O objetivo é identificar qual a causa da anomalia o mais rapidamente possível. É importante perceber se a heterocromia foi herdada ou se está relacionada com alguma síndrome congênita. No caso do olho mudar de cor de um momento para o outro é urgente pedir uma avaliação no médico para apurar a causa dessa alteração.

Confira também o nosso artigo sobre como identificar estrabismo no bebê.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a É normal ter um olho de cada cor?, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre É normal ter um olho de cada cor?

O que lhe pareceu o artigo?

É normal ter um olho de cada cor?
1 de 3
É normal ter um olho de cada cor?

Voltar ao topo da página