Partilhar

Chicungunha - sintomas e tratamento

 
Por Julia Latorre, Editora. 8 maio 2017
Chicungunha - sintomas e tratamento

Chicungunha ou Febre Chikungunya é a doença que vem preocupando a população e a saúde pública desde o começo de 2016, quando milhares de pessoas foram contagiadas pelo virus. Os sintomas lembram muito os da dengue, mas a característica mais marcante da Chicungunha são dores corporais intensas que podem impedir o trabalho e a realização de atividades cotidianas como pentear o cabelo, por exemplo. Para te atentar e te ajudar a se proteger, o umCOMO reuniu importantes informações sobre a Chicungunha: sintomas e tratamento.

Também lhe pode interessar: Giardia - sintomas e tratamento

O que é Chicungunha?

A Febre Chicungunya é uma arbovirose, doença causada pelo vírus CHIKV cuja forma de transmissão se dá por um mosquito. Até então, a doença era mais conhecida em algumas regiões da África, Ásia e ilhas da Oceania, mas assim que chegou ao Brasil logo se espalhou pelo fato de que o mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite a Dengue, consiga ser infectado por esse vírus e transmiti-lo aos seres humanos. Outra forma de infecção menos comum no Brasil, mas ainda possível, é pela picada do mosquito Aedes albopictus.

Uma pessoa contaminada não consegue transmitir a Chicungunya diretamente para outra pessoa. A sequência do ciclo de transmissão da doença é a seguinte:

ovos do mosquito fêmea na água -> mosquitos adultos prontos para picar pessoas -> mosquito pica alguém contaminado -> transporta o vírus para outras pessoas

A propagação costuma acontecer em temperaturas superiores a 16ºC, sendo que por volta dos 30ºC é o clima ideal e os ovos têm resistência a longos períodos e até épocas de seca. Isso é o que dificulta a erradicação do vírus e seus transmissores.

Diferenças entre chikungunya, zika e dengue

É comum confundir as três enfermidades, pois apesar das diferenças, elas também têm semelhanças muito comuns. O que todas elas têm em comum é a possibilidade de transmissão pela picada do Aedes aegypti e sintomas parecidos como febre e dores. Entretanto, os mesmos sintomas que nos fazem confundir as doenças, são os que ajudam a diferenciá-las. A intensidade deles e algumas particularidades são o que auxiliam na diferenciação.

Dentre as três, a Dengue é considerada a mais grave pela mais alta incidência de morte. Comentaremos detalhadamente os sintomas da Chicungunha no próximo tópico, mas, de uma maneira geral, o que diferencia essas três doenças são os seguintes sintomas:

  • Dengue: dores nos olhos e febre alta diferenciam os sintomas da dengue das outras duas, mas a principal diferença entre os sintomas é a possibilidade de causar hemorragia;
  • Chicungunha: dores nas articulações que podem permanecer por até 6 meses ou mais são o sintoma mais distinto dessa doença em relação às suas semelhantes;
  • Sintomas do Zika vírus: os sintomas podem lembrar uma alergia (olhos vermelhos e coceira) e a febre é mais baixa. Entretanto, para além dos sintomas, existe a associação do Zika vírus com a síndrome de Guillain-Barré e microcefalia em recém-nascidos filhos de mães infectadas na gravidez.
Chicungunha - sintomas e tratamento - O que é Chicungunha?

Sintomas da Chicungunha

Uma vez picado pelo mosquito contaminado, os sintomas da Chikungunya devem aparecer entre 2 a 12 dias. De primeira, não é fácil diagnosticar um caso de Chicungunha porque os sintomas podem chegar brandos e até 30% dos casos não apresentam sintomas iniciais. Ainda assim, existem sinais que podem indicar Chicungunha antes que as dores nas articulações cheguem ao seu estado mais agudo.

Sintomas iniciais do Chinkungunya

Os sintomas iniciais da Chicungunha, após se manifestarem podem persistir por até 2 semanas. As dores nas articulações, característica mais marcante dessa doença, podem piorar com o passar do tempo e durarem até 6 meses ou mais. Os sintomas mais conhecidos são:

  • Febre alta repentina (que pode ser confundida com a dengue)
  • Olhos vermelhos e sensibilidade à luz ou conjuntivite
  • Coceira e erupções cutâneas que lembram uma alergia
  • Náusea e vômito
  • Dor de cabeça e dores abdominais
  • Sensação de muito cansaço
  • Dores musculares
  • Artrite/dores nas articulações: podem ser tão extremas que impedem a pessoa a realizar simples atividades cotidianas ou de trabalho que envolvem movimento dos membros articulados. Este é o sintoma mais conhecido e pode persistir por 6 meses ou mais e é o que afeta a qualidade de vida do paciente.

Tratamento para Chicungunha

O diagnóstico para Chikungunya pode ser complicado pelos sintomas que podem aparecer de forma branda. Mesmo assim, um clínico geral pode identificar a partir dos sintomas e confirmar com um exame de sangue.

Não existem vacinas ou um tratamento específico para Chicungunha, a tendência é que os sintomas desapareçam sozinhos e que o próprio corpo crie anticorpos para isso. Dessa forma, a medicina afirma que se uma pessoa foi infectada uma vez pea Febre Chikungunya, ela não poderá desenvolver a doença novamente.

Apesar de a doença ter uma tendência a desaparecer de forma natural com o tempo. Um médico deverá ser consultado para fazer o diagnóstica e receitar tratamentos para amenizar o sintomas e evitar complicações.

Cada caso é um caso e cada médico tem a sua metodologia de tratamento, mas é comum que eles indiquem antipiréticos para diminuir a febre alta, analgésicos para aliviar dores, colírios, em caso de irritação nos olhos, e loções de pele, para quem desenvolveu erupções cutâneas.

Anti-inflamatório para Chicungunha

Para amenizar as dores nas articulações podem ser receitados diferentes tipos de anti-inflamatórios. É importante que esse tipo de medicamento seja recomendado por um médico, já que eles podem aumentar o risco de sangramentos.

Na fase aguda da doença, o médico ainda pode recomendar alguma anti-inflamatório corticoide quando a dor é muito intensa, tanto nas articulações, quanto nos músculos.

Tratamento natural para Chicungunya

Ainda que não haja um tratamento específico para chicungunha, alguns cuidados básicos naturais ajudam a fortalecer o sistema imunológico e amenizam os sintomas. O mais importante deles é manter-se sempre hidratado. Para evitar a desidratação, beba bastante água e aposte em sucos naturais e água de coco.

Existem remédios caseiros para baixar a febre, como infusão de tomilho, camomila ou até de casca de laranja. Contra a dor de cabeça, vale apostar em óleos essenciais como o de hortelã, por exemplo: duas gotinhas na testa ou na nuca.

Em casos de náuseas, suco de maçã e o consumo de gengibre são remédios naturais recomendados para enjoos.

Obs.: tão importante quanto os tratamentos é prevenção da doença. Para isso, saiba como prevenir a Chinkungunya.

Chicungunha - sintomas e tratamento - Tratamento para Chicungunha

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Chicungunha - sintomas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Conselhos
  • A qualquer suspeita de Chicungunha, procure um médico. Sob hipótese alguma tome medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (Aspirina é o mais conhecido), eles podem disfarçar os sintomas, causar alteração na coagulação do sangue e impedir o diagnóstico correto.

Escrever comentário sobre Chicungunha - sintomas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?

Chicungunha - sintomas e tratamento
1 de 3
Chicungunha - sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página