Partilhar

Como desinchar após o parto

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 24 julho 2018
Como desinchar após o parto

É normal que a mulher fique inchada após o parto e mesmo durante a amamentação, uma vez que a causa está nos níveis alterados de hormônios que retêm mais líquido. No entanto, depois do nascimento do bebê o inchaço costuma diminuir gradativamente, uma vez que o útero e os demais órgãos começam a voltar para o seu lugar. Quem percebe que o abdômen continua muito inchaço deve consultar o seu médico e se não houver nenhum problema associado ao quadro é possível apostar em uma série de dicas e técnicas sobre como desinchar após o parto. Para saber quais são todas elas, veja o que o umCOMO reuniu a respeito do tema.

Também lhe pode interessar: Que cuidados deve ter após o parto
Passos a seguir:
1

Amamentação: o próprio ato de dar de mamar ao seu bebê não só fortalece as relações de afeto entre mãe e filho bem como a saúde do bebê como também ajuda a desinchar após o parto. Isso acontece porque durante as mamadas é liberado na circulação sanguínea o ocitocina, um hormônio que ajuda na contração uterina e, por consequência, a desinchar o abdômen. Além disso, amamentar faz com que a mulher queime calorias, uma vez que o seu organismo precisa de energia para produzir o leite materno. Assim, quanto mais o bebê mama, mais leite é produzido e mais calorias são queimadas.

Como desinchar após o parto - Passo 1
2

Alimentação saudável: um cardápio equilibrado é a forma perfeita de manter a saúde em todos os estágios da gravidez, inclusive, no período pós-parto. Isso é importante não apenas porque uma alimentação saudável significa um leite materno de qualidade, mas também por ajudar a desinchar e mesmo a perder peso depois que o bebê nasce. Nesse sentido, é importante apostar, principalmente, nos vegetais, pois praticamente todos eles possuem efeito diurético, o que ajuda a eliminar o líquido acumulado no organismo, bem como as toxinas. As frutas, vegetais e legumes mais ricos em água são os mais eficientes, como a maçã, pera, melão, abacaxi, rúcula, couve, espinafre e outros.

3

Beber água: ingerir em torno de dois litros de água por dia é um ótimo hábito para todas as pessoas, principalmente, para quem acabou de ter um bebê. Isso porque beber líquidos ajuda a produzir mais leite e mais leite significa mais calorias queimadas, o que ajuda a desinchar o abdômen. Além disso, ao tomar água é mais fácil eliminar os líquidos acumulados, sem contar que essa bebida ajuda a manter, como um todo, a saúde e o bom funcionamento do organismo.

4

Beber chás: tomar alguns chás também é especialmente benéfico para desinchar após o parto, porque além de ajudarem na produção de leite favorecem a circulação sanguínea, agilizando o desinchaço. No entanto, é preciso beber apenas as infusões seguras para esse período, portanto, é melhor evitar os chás ricos em cafeína, como é o caso do verde, do branco, do preto e o de mate. A erva-cidreira é um ótimo exemplo de chá bom para tomar no pós-parto, porque facilita a digestão, combatendo os gases e, por consequência, o inchaço. Outro chá benéfico é o de camomila, sendo que além de diurético é calmante, estendendo as suas propriedades ao bebê durante a amamentação. Esses chás podem ser ingeridos por meio de infusão, três vezes ao dia, entre as principais refeições.

Como desinchar após o parto - Passo 4
5

Beber sucos: já que a forma mais eficiente de desinchar depois do parto é se valer da propriedade diurética dos alimentos e bebidas, outra dica é ingerir sucos desintoxicantes, que reúnem não só frutas como também legumes e verduras com maior poder diurético. É possível combinar em uma receita a sua fruta e verdura ou legume preferido, como couve e maçã, abacaxi e espinafre, cenoura e laranja, entre outros. Ao invés de água é possível trocar por água de coco e ao final acrescentar algumas gotas de limão. Gengibre é outra dica para dar o toque final. Para preparar, basta bater os ingredientes picados, mas com casca e bem lavados, no liquidificador e, depois, coar, sem adoçar, de preferência. Os sucos devem ser bebidos frescos e podem ser ingeridos todos os dias, com ingredientes diferentes. Assim, além de desinchar conta-se com uma ampla variedade de vitaminas e minerais.

6

Fazer exercícios: praticar atividade física leve também ajuda a desinchar o abdômen, a não ser que haja alguma restrição médica. Caso contrário, a mulher pode caminhar, andar de bicicleta, dançar, subir escadas, correr e mesmo frequentar a academia se desejar. Além disso, cuidar do bebê também é uma forma de se exercitar, assim como fazer passeios levando o seu carrinho. Uma alternativa para os passeios é usar o sling para carregar o filho. No entanto, é importante que as atividades físicas aconteçam ao menos três vezes por semana para que surtam os efeitos desejados. Além de emagrecer, os exercícios fazem o corpo funcionar melhor e, por consequência, o intestino, o que colabora ainda com a eliminação de líquidos e toxinas. Uma atividade especialmente positiva no pós-parto é o pilates, que possui movimentos que fortalecem o músculo do abdômen.

Como desinchar após o parto - Passo 6
7

Drenagem linfática: quem deseja potencializar o seu desinchaço pode apostar ainda em algumas técnicas, como é o caso da drenagem linfática, que consiste em uma massagem suave que tem o objetivo de estimular o sistema linfático a eliminar as toxinas e os líquidos acumulados no organismo. O melhor é buscar um profissional com experiência em atender mulheres no pós-parto, pois nesse período é preciso evitar os movimentos sobre o útero. Existe a drenagem manual (feita com as mãos) e com ultrassom, sendo que no segundo tipo ocorre uma micro massagem entre os tecidos para facilitar a drenagem. Após o parto, o recomendado é ter de uma a duas sessões por semana.

8

Outras técnicas: existem muitos aparelhos que prometem reduzir o desinchaço depois do parto e até mesmo eliminar gordura, como é o caso da endermologia, feita com um aparelho que realiza uma massagem a vácuo, a fim de ajudar no funcionamento dos sistemas linfático e venoso. Com isso, o sangue circula melhor, combatendo a retenção de líquido, e endurecendo os tecidos para tornar a pele mais firme. Com objetivos semelhantes, existe a plataforma vibratória, que atua através da vibração mecânica, realizada em um aparelho que se assemelha a uma balança.

9

Cremes: há no mercado uma ampla variedade de produtos que prometem reduzir medidas após a gestação. No entanto, é preciso optar por aqueles que são próprios para o período pós-parto, caso contrário, por meio da amamentação, as suas substâncias podem chegar até o bebê depois que forem aplicados na pele, prejudicando a sua saúde. Por isso, é de extrema importância adquirir produtos seguros, que normalmente possuem em sua fórmula glicerina, manteiga de karité, bisabolol e/ou extrato de clorofícea.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como desinchar após o parto, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como desinchar após o parto

O que lhe pareceu o artigo?

Como desinchar após o parto
1 de 4
Como desinchar após o parto

Voltar ao topo da página