menu
Partilhar

Como é o mosquito da febre amarela

 
Por Julia Latorre, Editora. Atualizado: 3 maio 2021
Como é o mosquito da febre amarela

A febre amarela é transmitida através da picada do mosquito fêmea infectado, que na maioria dos casos urbanos é o Aedes Aegypti, mesmo transmissor da dengue. Em zonas rurais e amazônicas os transmissores da conhecida febre amarela silvestre também podem ser os mosquitos da espécie Haemagogus e Sabethes. Os macacos não transmitem febre amarela, eles, assim como os humanos, podem ser hospedeiros do vírus e serem infectados por ele. Para que você possa tirar as dúvidas sobre picadas e mosquitos suspeitos, o umCOMO preparou um guia sobre como é o mosquito da febre amarela e como identificá-lo.

Como é o mosquito de febre amarela urbana: Aedes aegypti

É importante saber que a febre amarela urbana e e a silvestre são a mesma doença, causada pelo mesmo vírus. O que as difere é o mosquito que passa esse vírus. No caso da febre amarela urbana, quem transmite o vírus é o mosquito fêmea do Aedes aegypti.

Características físicas do mosquito Aedes aegypti

  • Tamanho: pode medir entre 0,5 cm e 1 cm:
  • Preto;
  • Listas brancas: cabeça, tronco e pernas;
  • 2 asas translúcidas;
  • 3 pares de patas.

Como é o comportamento do Aedes aegypti

  • Preferem atacar (picar) no começo da manhã ou no final da tarde, mas também podem picar à noite;
  • Ruído praticamente inaudível ao ouvido humano;
  • Picada indolor devido a uma substância anestésica presente na sua saliva;
  • Prefere picar pernas, pés e tornozelo;
  • Não voa mais alto do que a 1 metro de distância do chão;
  • Macho se alimenta de frutas e a fêmea de frutas e sangue;
  • Tempo médio de vida do Aedes aegypti é de 30 dias;
  • Vive em regiões tropicais e subtropicais;
  • Não sobrevive a baixa temperaturas;
  • A fêmea quando é infectada transmitirá o vírus pelo resto da vida e parte dos seus ovos já estará infectada;
  • Ovos costumam ser colocados em superfícies próximas a água limpa, mas não sobre a água.

Ovos de Aedes aegypti

  • São colocados de 150 a 200 ovos por vez;
  • Minúsculos;
  • Assim que são colocados têm o aspecto branco e com o passar do tempo ficam escuros e mais brilhantes.
  • É importante ressaltar que os ovos não ficam na água, e sim sobre poucos milímetros da superfície;
  • Recipientes vazios como latas, garrafas e caixas d'água ou qualquer lugar que possa acumular água pode ser foco.
Como é o mosquito da febre amarela - Como é o mosquito de febre amarela urbana: Aedes aegypti

Como é o mosquito da febre amarela silvestre: Haemagogus e Sabethes

Haemagogus e Sabethes são os gêneros de mosquitos que transmitem a febre amarela silvestre, mais comum em zonas amazônicas ou rurais, sendo que diferente espécies dentro destes gêneros podem transmitir a febre amarela ,mas no Brasil as mais frequentes são Haemagogus janthinomys, Haemagogus leucocelaenus e Sabethes chloropterus e Sabethes albiprivus.

Neste caso, a principal vítima desses mosquitos são os macacos, considerados hospedeiros. Os humanos que são infectados pelo mosquito da febre amarela silvestre são picados pelo mosquitos que vivem na mata. Os macaco não podem transmitir febre amarela para uma pessoa, apenas para outros mosquitos da febre amarela.

Características físicas do mosquito da febre amarela silvestre: Haemagogus e Sabethes

  • Tórax com escamas brilhantes com reflexos roxos, verdes e prateados (quando observados por uma lupa);
  • Quase imperceptível visualmente quando está voando.

Como é o comportamento do mosquito da febre amarela silvestre (Haemagogus e Sabethes)

  • Vivem em copas de árvores e zonas florestais, onde geralmente também vivem macacos;
  • Picam mais macacos do que humanos;
  • Apenas a fêmea se alimenta de sangue
  • Costumam descer da copa das árvores entre às 9h e 16h;
  • Costuma picar entre às 11h e 15h, quando faz mais calor;
  • Consegue furar e picar através de roupas muito finas e justas;
  • Tempo médio de vida dos Haemagogus e Sabethes pode variar entre 20 a 40 dias.

Ovos dos Haemagogus e Sabethes

  • São depositados em buracos de árvores e bambus;
  • Locais com água limpa e possivelmente restos de matéria orgânica (folhas);
  • Os ovos costumam ser colocados em paredes laterais a essas superfícies com água;
  • Tempo de maturação dos ovos: 2 dias;
  • Com o ovo maturado, após o contato com a água a larva leva cerca de 10 minutos para se desenvolver;
  • Ovos podem sobreviver por até 1 ano em local seco.

Principais diferenças entre os mosquitos Haemagogus e Sabethes

Como é o mosquito da febre amarela - Haemagogus

  • Cores mais escuras;
  • Mais insistente;
  • Pode alcançar mais de 1 quilômetro de voo;

Como é o mosquito da febre amarela - Sabethes

  • Aparência mais 'colorida';
  • Foge quando é espantado;
  • Voa até 100 metros de alcance.
Como é o mosquito da febre amarela - Como é o mosquito da febre amarela silvestre: Haemagogus e Sabethes
Imagem: ultimosrefugios.org/PortalDoSal

Qual a relação entre a febre amarela e os macacos?

Os macacos não podem transmitir febre amarela aos humanos, eles também são hospedeiros do vírus do mosquito da febre amarela e costumam morrer quando são infectados. Eles costumam ser vítimas dos mosquitos que transmitem a febre amarela silvestre pois frequentam as mesmas árvores altas que são o habitat dos mosquitos Haemagogus e Sabethes. Entretanto, uma vez infectados, podem transmitir o vírus para outro mosquito, que pode picar o homem.

Porque não se deve matar os macacos

Os macacos não devem ser exterminados em uma tentativa de conter, isso é considerado crime ambiental. Quando eles são encontrados mortos em zonas de matas pode ser um sinal que eles foram mortos ou morreram infectados pelo vírus da febre amarela. Até o momento da conclusão deste artigo também não houve nenhuma evidência ou conclusão de que gatos, cachorros e outros animais, sejam contagiados pelo vírus da febre amarela.

Sintomas da febre amarela

No primeiro momento os sintomas da febre amarela podem ser confundidos com sinais de outras doenças como a dengue, por exemplo. Eles se manifestam entre três e quatro dias após a picada do mosquito. O ideal é procurar um médico sob qualquer desconfiança, se você tem suspeitas de febre amarela, atente-se aos principais sintomas:

  • Calafrios;
  • Dor no corpo;
  • Enjoos;
  • Falta de apetite;
  • Febre alta;
  • Mal estar generalizado;
  • Sensibilidade à luz;
  • Tontura;
  • Vômito.

Sintomas da febre amarela na fase aguda

Quando tratados os sintomas na fase inicial podem desaparecer em até dois dias, mas se eles evoluem para a fase aguda, as complicações podem levar a óbito:

  • Convulsões;
  • Delírios;
  • Diminuição do ritmo cardíaco;
  • Dores abdominais;
  • Hemorragia interna;
  • Vômito com sangue;
  • Sangramento pelos olhos, gengivas e nariz.

Possíveis complicações da febre amarela

Acesse esse artigo para conhecer a lista completa de doenças transmitidas pelo aedes aegypti.

Febre amarela tem cura?

Não existe um tratamento específico para a febre amarela. No entanto, é possível tratar os sintomas de maneira que o próprio organismo elimine o vírus. Dependendo da gravidade da situação é preciso realizar transfusões de sangue e diálise para insuficiência renal.

Tratamento para febre amarela

Sob nenhuma circunstância é recomendado tomar Aspirina para febre amarela, já que o medicamento pode agravar os sangramentos. Os remédios que costumam ser receitados por médicos são paracetamol e ibuprofeno para aliviar as dores, omeprazol e cimetidina para proteger o estômago de gastrites e úlceras e metoclopramida na contenção das náuseas e enjoos.

A ingestão de água constante é um ponto essencial no tratamento da febre amarela, quando o paciente não consegue tomar água por conta dos vômitos, é recomendável tomar soro por solução intravenosa.

Apesar de não ter tratamento, a febre amarela tem uma vacina que protege por até 10 anos. Para entender, consulte o artigo sobre febre amarela e os efeitos colaterais da sua vacina.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como é o mosquito da febre amarela, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Bibliografia
  • http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-49742010000200003
  • http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-01/febre-amarela-conheca-sintomas-transmissao-e-detalhes-da-vacina-fracionada

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como é o mosquito da febre amarela
Imagem: ultimosrefugios.org/PortalDoSal
1 de 3
Como é o mosquito da febre amarela

Voltar ao topo da página