Partilhar
Partilhar em:

Como fazer compressa de gelo

Como fazer compressa de gelo

As compressas de gelo podem ser indicadas para aliviar sintomas em diferentes tipos de situação e costumam funcionar. O mais importante é saber quando usá-las e como aplicar da forma correta. Caso contrário, podem causar um incômodo desnecessário e até queimaduras de frio na pele. Para te ajudar a aliviar desconfortos e aproveitar todos os benefícios desse tipo de compressa, o umCOMO reuniu informações sobre como fazer compressa de gelo.

Vai precisar de:

Quando fazer compressa de gelo

Existem diferentes tipos de compressas e elas podem ser divididas em duas grandes categorias: compressas frias e compressas quentes. Isso explica a confusão sobre ter que fazer uma compressa com gelo ou com água quente.

As compressas de gelo têm um efeito analgésico que alivia dores e ajuda a desinchar hematomas. Esse efeito acontece porque o gelo quando em contato com a área afetada diminui o fluxo sanguíneo na região e, consequentemente, ameniza as dores. Dessa forma, você pode fazer compressa de gelo para aliviar dores nas seguintes situações:

  • Dor de dente;
  • Pancadas;
  • Até 48 horas após injeções;
  • Após exercício físico intenso;
  • Tendinite.

Tipos de compressas de gelo e como aplicar

Existem diferentes maneiras de fazer uma compressa de gelo, mas, no geral, todas agem da mesma maneira: diminuem o diâmetro dos vasos sanguíneos (vasoconstrição) e, consequentemente, minimizam o processo inflamatório.

O procedimento básico para qualquer compressa de gelo consiste em aplicar sobre o local afetado por cerca de 20 minutos com uma pressão leve e constante. Mais vale fazer compressas de 20 minutos várias vezes ao dia (pelo menos três vezes) do que compressas que vão além desse tempo. Para isso, o ideal é prender a compressa para que ela mantenha a pressão e não mude de lugar.

Recomenda-se sempre envolver a bolsa ou saco plástico com um pano ou toalha. Isso evita queimaduras e possíveis alergias com estampas do plástico. Listamos agora as possibilidades de compressas de gelo e o que se deve prestar atenção na hora de fazer cada uma delas:

  • Compressa de gelo com saco plástico: pode-se usar uma bolsa de plástico convencional ou uma bolsa com fecho hermético. O importante é fechar bem para que a água não escape.
  • Compressa fria com álcool isopropílico: misture em uma bolsa de gelo duas partes de água, para uma parte de álcool e deixe um pouco no congelador. O álcool não deixará a água congelar. Esse tipo de compressa é ideal para partes do corpo que são mais difíceis de aplicar a compressa, já que o conteúdo da bolsa é mais flexível e adere a diferentes formatos de superfície.
  • Compressa fria com detergente: essa é uma alternativa à solução anterior para quem não tem álcool em casa. Preencha um saco com fecho hermético com a quantidade de detergente que você quiser e deixe no congelador por pelo menos 6 horas. Assim como a compressa com álcool, o detergente não endurecerá e ficará flexível para ser utilizado em diferentes áreas do corpo.
  • Compressa de gelo com bolsa: se você está sob algum tratamento que exige compressas de gelo frequentemente, vale a pena investir em uma bolsa de gelo. Existem as que são de gel e aquelas que você preenche com o gelo. No caso da primeira, não se esqueça de voltá-la para o congelador após usar. Já com a convencional, é importante manter o estoque de pedras de gelo sempre em dia. Lave as duas sempre após utilizar.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como fazer compressa de gelo, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como fazer compressa de gelo

O que lhe pareceu o artigo?

Como fazer compressa de gelo
1 de 2
Como fazer compressa de gelo